Ayrton Senna recebeu inúmeras homenagens durante a semana do GP de Emilia-Romagna da Fórmula 1. No entanto, uma cena com Max Verstappen e Valtteri Bottas chamou a atenção.

Na quinta-feira (16), o tetracampeão mundial Sebastian Vettel organizou um evento em homenagem a Senna com camisas personalizadas. Porém, os únicos dois pilotos que não usaram o item foram Verstappen e Bottas.

Jornalista revela por que Verstappen e Bottas não usaram a camisa para Senna

Neste sábado (18), durante a cobertura do treino de classificação para o GP de Emilia-Romagna, a repórter da Band, Mariana Becker, descobriu o motivo dos pilotos não terem usado a camisa em homenagem a Ayrton Senna:

Eu estava falando com a Britta, assessora de imprensa do Sebastian Vettel, e ela disse ‘me roubaram' e eu questionei, ai ela explicou que roubaram as balaclavas (com as cores do capacete de Senna) e não tinha para todos os pilotos, assim como aconteceu com as camisetas na corrida (em homenagem a Senna).

É por isso que naquela foto, com todos os pilotos usando a camisa, o Max Verstappen e nem o Valtteri Bottas estavam com a camisa, porque tinham roubado da mão dela. Então não foi por uma escolha, foi porque não tinha mesmo”, contou a repórter.

Verstappen faz novamente a pole e iguala recorde de Senna

Max Verstappen Austrália pole
Icon Sport

Neste sábado (18), Max Verstappen conseguiu novamente a pole e vai largar em primeiro no GP de Emilia-Romagna.

Essa foi a oitava pole consecutiva do holandês. Dessa forma, o tricampeão mundial igualou o recorde de Ayrton Senna, estabelecido entre 1988 e 1989.

Siga no mundo do automobilismo e confira também nossos outros conteúdos: