De antemão, o Circuito Internacional de Rua de Sochi (Sochi International Street Circuit) como o nome indica, é um circuito de rua, construído dentro do parque olímpico, às margens do Mar Negro, na cidade de Sochi, na província de Krasnodar, no sudoeste da Rússia. Em suma, veja tudo sobre o Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1.

Assim, após anos de tentativas frustradas de estabelecer uma corrida internacional na Rússia, o presidente russo, Vladimir Putin e o presidente da Formula One Management (FOM), Bernie Ecclestone assinaram o contrato oficial para a realização da competição.

Em resumo, desenhado por Hermann Tilke, o autódromo, que aproveita a estrutura de transportes da Olimpíada, foi terminado depois da realização dos Jogos de Inverno de 2014. Bem como, com 5.853 metros de extensão, a pista é a terceira mais longa da Fórmula 1, atrás apenas de Spa-Francorchamps e Silverstone.

O primeiro Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1

Antes de mais nada, o primeiro Grande Prêmio da Rússia, foi realizado no dia 12 de outubro de 2014. Assim, marcou não só a estreia na Fórmula 1. Mas também o centenário da última corrida de carro disputada no país, no autódromo de São Petersburgo.

Como resultado, com a vitória de Lewis Hamilton e o 2º lugar de Nico Rosberg, a Mercedes garantiu na corrida o título de campeã das construtoras de 2014. Aliás, mesmo faltando três corridas para o encerramento da temporada. Assim, foi a primeira conquista da equipe alemã desde os seus dois primeiros campeonatos, em 1954 e 1955, e da volta à Fórmula 1, em 2010. Em síntese, essa foi a 31ª vitória da carreira e a 9ª da temporada de Hamilton.

Além disso, sete edições da corrida no balneário russo, jamais a Mercedes saiu derrotada. Em quatro oportunidades, Lewis Hamilton saiu com a vitória (2014, 2015, 2018 e 2019). Os outros dois vencedores foram Nico Rosberg, em 2016, e Valtteri Bottas, em 2017 e 2020.

Lewis Hamilton também é o recordista da pista, depois de percorrer os 5.848 metros em 1min35s761 em 2019.

O Brasil possui história apenas discreta no Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1. Felipe Massa disputou a prova em quatro oportunidades entre 2014 e 2017, sempre pela Williams. O melhor resultado do vice-campeão mundial de 2008 foi um 4º lugar em 2015. Além de Massa, Felipe Nasr correu duas vezes em Sóchi, sempre pela Sauber, e teve no 6º lugar de 2015 o melhor resultado.

Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1

Nome Oficial: Formula 1 VTB Russian Grand Prix 2021
Local: Circuito de Sochi, Sochi, Krai de Krasnodar, Rússia
Cobertura total no Esportelândia – https://www.esportelandia.com.br
Voltas: 53
Curvas: 19
Percurso: 5,853 km (3,637 mi)
Total: 309,732 km (192,458 mi)
Volta mais rápida na prova: Lewis Hamilton – Mercedes V6 Turbo Hibrido – 1min, 35s, 761 – 2019
Pole recorde: Lewis Hamilton – Mercedes V6 Turbo Hibrido – 1min, 31s, 304 – 2020
Maior vencedor – Pilotos: Lewis Hamilton (4)
Maior vencedor – Equipe: Mercedes (7)

Em 2020:

  • Pole: Lewis Hamilton – Mercedes V6 Turbo Hibrido – 1min, 31s, 304
  • Volta mais rápida no GP: Valtteri Bottas – Mercedes V6 Turbo Hibrido – 1min, 37s, 030 – Volta 51
  • Vencedor: Valtteri Bottas – Mercedes V6 Turbo Hibrido – 1h, 34min, 00s, 364
  • 2º: Max Verstappen – Red Bull V6 Turbo Híbrido – +7s 729
  • 3º: Lewis Hamilton – Mercedes V6 Turbo Hibrido – +22s, 729

Programação Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1:

Sexta-feira, 24/09

  • Treino Livre 1: 05:30 – 06:30
  • Treino Livre 2: 09:00 – 10:00

Sábado, 25/09

  • Treino Livre 3: 06:00 – 07:00
  • Classificação: 09:00 – 10:00

Domingo, 26/09

  • Corrida – 09:00

Últimos vencedores:

2020: Valtteri Bottas – Mercedes
2019: Lewis Hamilton – Mercedes
2018: Lewis Hamilton – Mercedes
2017: Valtteri Bottas – Mercedes
2016: Nico Rosberg – Mercedes
2015: Lewis Hamilton – Mercedes

Foto: Reprodução/Destaque/The Cahier Archive

Salvar