A Ferrari conseguiu um ótimo resultado no Canadá após largar na parte de trás do pelotão com Charles Leclerc em P10 e Carlos Sainz em P11; o time de Maranello cruzou a linha de chegada em quarto e quinto respectivamente.

Um ponto alto da corrida foi a estratégia acertada. Quando George Russell bateu na volta 12 e o safety car entrou na pista, ambos os pilotos da Ferrari não foram aos boxes, permanecendo com os pneus médios que ainda estavam novos.

“Foi o melhor que poderíamos ter feito”, afirma Leclerc
Icon sport

A equipe conseguiu abrir vantagem e quando realizou os pit stops, na volta 39 e 40, tanto Leclerc quanto Sainz não perderam as posições. “Eu estava em um trem de DRS com Lando logo na frente. Senti que era mais rápido, mas ele tinha o DRS e eu não conseguia ultrapassar. A escolha certa foi fazer o oposto de Lando na parada”, afirmou Leclerc à Sky Sports.

“Considerando de onde estávamos largando, foi o melhor que poderíamos ter feito hoje. Fizemos um bom trabalho. Muito feliz que a boa sensação que tive na sexta-feira nas simulações de corrida foi confirmada hoje. Em qualquer um dos compostos, estávamos competitivos e a sensação era boa. Alguns pontos positivos para tirar deste fim de semana de corrida”, continuou Leclerc.

Em relação ao desempenho geral, no início da temporada, era muito difícil entender a consistência, passávamos dos médios, que estavam bem, para os macios e o carro desmoronava. Parece que seguimos uma direção diferente em termos de configuração e me senti mais à vontade”, concluiu Leclerc.

“Foi o melhor que poderíamos ter feito”, afirma Leclerc
Icon sport

Confira a classificação da temporada 2023 de Fórmula 1 após a 8ª etapa, o GP do Canadá:

Mundial de Pilotos

1) Max Verstappen, 195 pontos
2) Sergio Pérez, 126
3) Fernando Alonso, 117
4) Lewis Hamilton, 102
5) Carlos Sainz Jr., 68
6) George Russell, 65
7) Charles Leclerc, 54
8) Lance Stroll, 37
9) Esteban Ocon, 29
10) Pierre Gasly, 15
11) Lando Norris, 12
12) Alexander Albon, 7
13) Nico Hülkenberg, 6
14) Oscar Piastri, 5
15) Valtteri Bottas, 5
16) Zhou Guanyu, 4
17) Yuki Tsunoda, 2
18) Kevin Magnussen, 2
19) Nyck de Vries, 0
20) Logan Sargeant, 0

Mundial de Construtores

1) Red Bull/Honda RBPT, 321 pontos
2) Mercedes, 167
3) Aston Martin/Mercedes, 154
4) Ferrari, 122
5) Alpine/Renault, 44
6) McLaren/Mercedes, 17
7) Alfa Romeo/Ferrari, 9
8) Haas/Ferrari, 8
9) Williams/Mercedes, 7
10) AlphaTauri/Honda RBPT, 2