Não há como negar, a transferência de Lewis Hamilton para a Ferrari é uma das maiores movimentações da história do esporte mundial. Afinal, todos os veículos de comunicação estão repercutindo o acordo entre os nomes mais vitoriosos da história da Fórmula 1.

Apesar das diversas informações divulgadas sobre o caso, ninguém conseguiu revelar exatamente o motivo que levou o piloto britânico a fazer essa mudança tão drástica em sua carreira. Por esse motivo, reunimos os pontos que podem explicar melhor a situação.

Lewis Hamilton vai para a Ferrari em transferência histórica na Fórmula 1

Você ama outros esportes além de automobilismo? Aqui no Esportelândia também falamos sobre:

O motivo que tirou Lewis Hamilton da Mercedes

Heptacampeão mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton possui status de vencedor dentro da equipe praticamente desde o momento em que pisou na sede da escuderia alemã. Confiando em projeto bastante ousado, o piloto fez história dentro das pistas.

11 anos depois, Hamilton deixa a escuderia após conquistar o título da principal categoria do automobilismo mundial por seis vezes com as suas cores. De fato, uma história que vai ficar marcada para a eternidade.

Mas como nem tudo são flores, uma hora esse belo casamento chegaria ao fim e, de acordo com informações dos principais portais pelo mundo e confirmação do portal brasileiro Lewis Hamilton News, houve um motivo que foi considerado o estopim da separação.

Lewis Hamilton
Lewis Hamilton queria ser embaixador da Mercedes até 2035 – Icon Sport

Na tentativa de extensão do contrato com a Mercedes, Lewis Hamilton ficou decepcionado com um ponto bastante específico. O astro britânico recebeu um ‘não' do conselho administrativo da escuderia alemã sobre o pedido para ser embaixador da marca Mercedes até o ano de 2035.

Ferrari entrou no jogo

O interesse da Ferrari em Lewis Hamilton não é recente. A primeira proposta do chefão da Ferrari John Elkann aconteceu ainda no início de 2023 e incluía duas temporadas no carro vermelho e 92 milhões de euros.

Lewis Hamilton recusou de prontidão, uma vez que pretendia garantir não só o seu futuro, mas também o da sua fundação, a Mission 44.

Em agosto de 2023 surgiram novos boatos acerca de uma possível transferência do piloto nesta janela de início de temporada. Contudo, na mesma época a Mercedes se impôs e anunciou a renovação do atleta até 2025.

Acontece que os gestores da equipe italiana são conhecidos por sua insistência e seguiram atrás do seu objetivo, que era o de trazer novamente um nome de peso para o seu elenco.

Após optar pela renovação de contrato com o monegasco Charles Leclerc, o presidente da Ferrari percebeu uma rusga entre Mercedes e Lewis e tomou a decisão de não estender o vínculo de Carlos Sainz para tentar seduzir Hamilton.

Ferrari Vasseur Hamilton
Ferrari ofereceu o Império Lewis Hamilton ao piloto – Icon Sport

Foi então que o mandatário dos Tifosi apresentou a proposta de desenvolver o Império Lewis Hamilton, em um acordo que pode chegar a um valor estratosférico.

Em suma, Elkann propôs a Lewis a criação de um fundo de investimento conjunto com um montante de 250 milhões de euros, por meio do negócio familiar Exor, uma holding constituída na Holanda.

A ideia do mandatário da Ferrari é investir no projeto de Lewis Hamilton e o transformar em um embaixador da sua própria marca. Exatamente o que o piloto desejava, tornando esta uma proposta irrecusável.

Aproveite para se aprofundar ainda mais no esporte com nossos outros conteúdos: