Tudo sobre a trajetória de Zé Roberto Guimarães no voleibol, suas conquistas nas seleções masculina e feminina e em clubes

Você sabe qual é o único treinador brasileiro tricampeão olímpico? Se respondeu José Roberto Guimarães, acertou em cheio!

Responsável por comandar a seleção masculina em seu primeiro ouro em Jogos Olímpicos, Zé Roberto levou a equipe feminina ao lugar mais alto do pódio por duas vezes.

A história do treinador mais vitorioso do esporte brasileiro em Olimpíadas merece destaque especial. 

Fique com a gente para conhecê-la!

Quem é José Roberto Guimarães?

José Roberto Guimarães técnico da seleção feminina de vôlei
Zé Roberto foi bicampeão olímpico com seleção feminina, depois de já ter conquistado ouro no masculino

José Roberto Guimarães é um treinador de vôlei, que já comandou tanto a Seleção Brasileira masculina quanto a feminina. À frente das equipes nacionais, ele conquistou três medalhas de ouro em Olimpíadas. É o único tricampeão olímpico do esporte brasileiro.

O técnico brasileiro é também o único a já ter sido campeão dos Jogos Olímpicos com equipes de ambos os gêneros. 

Por clubes, Zé Roberto tem também um título da Liga Nacional Feminina, pelo Colgate/São Caetano, três títulos da Superliga Feminina, como treinador de Osasco, além de títulos turco, europeu e mundial como comandante do Fenerbahçe, da Turquia.

Saiba mais detalhes da história de José Roberto Guimarães logo abaixo!

Biografia de José Roberto Guimarães

José Roberto Guimarães jogador
Nos tempos de jogador, Zé Roberto foi levantador da Seleção Brasileira

José Roberto Guimarães nasceu em 31 de julho de 1954, em Quintana, no interior de São Paulo. O início de sua carreira no voleibol foi na década de 1970, como jogador.

Ele foi levantador de diversos clubes brasileiros e ainda jogou no voleibol italiano. Em 1976, ele defendeu a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Montreal. Naquela edição, o Brasil ficou em sétimo lugar.

Times em que Zé Roberto Guimarães jogou

  • Randi 
  • Pirelli 
  • Olímpico Blumenau 
  • Atlético Mineiro 
  • Paulistano
  • Banespa 
  • Transbrasil 
  • ABASC de São Carlos
  • Marcolin-ITA

A carreira de Zé Roberto como atleta chegou ao fim 1988, quando ele começou a ser assistente-técnico de Bebeto de Freitas. Antes mesmo de deixar de ser jogador, ele se graduou em educação física.

Após a experiência ao lado de Bebeto, não demorou para que Zé Roberto iniciasse sua trajetória como treinador, à frente de equipes masculinas e femininas. 

Em 1991, José Roberto Guimarães foi campeão da Liga Nacional Feminina à frente do Colgate/São Caetano. 

Um ano depois, ele assumiu o comando da Seleção Brasileira de vôlei masculino. Sua missão era comandar a equipe nacional nos Jogos Olímpicos de Barcelona.

Trajetória de José Roberto Guimarães na Seleção Masculina de Vôlei

Brasil campeão olímpico de vôlei em Barcelona, em 1992
Seleção Brasileira de voleibol masculina foi campeã olímpica pela primeira vez em 1992, em Barcelona

Em Barcelona’1992, o time comandado por José Roberto Guimarães contava com atletas bastante promissores, como Giovane, Marcelo Negrão, Tande, Maurício, Paulão e Carlão.

Depois de vencer todos os 5 jogos da primeira fase, o Brasil bateu o Japão nas quartas de final e os Estados Unidos nas semifinais.

Na decisão, a Seleção Brasileira enfrentou a Holanda e venceu por 3 a 0, chegando ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez.

À frente da Seleção masculina, Zé Roberto ganhou ainda uma Liga Mundial, um Sul-Americano e uma Copa do Mundo de Vôlei. 

Na Olimpíada de Atlanta, em 1996, o Brasil não foi tão bem e caiu nas quartas de final, diante da Iugoslávia, encerrando sua participação na quinta colocação.

Depois de 1996, José Roberto Guimarães teve uma experiência como dirigente de futebol.

Passagem de José Roberto Guimarães pelo futebol

No dia 31 de maio de 1999, Zé Roberto foi apresentado como diretor de futebol da Corinthians Licenciamento Ltda., empresa formada em conjunto pelo clube paulista e sua então parceira, a Hicks, Muse, Tate & Furst Incorporated.

Mais conhecido pela sigla HMTF, o fundo de investimentos investiu no futebol brasileiro em Corinthians e Cruzeiro.

José Roberto Guimarães foi contratado para acompanhar o dia a dia dos dois clubes. Passou dois anos no Corinthians, juntamente com um ano no Cruzeiro.

Nesse período, ajudou o Corinthians a ser campeão brasileiro de 1999 e do Mundial de Clubes da Fifa em 2000, e o Cruzeiro a conquistar o título da Copa do Brasil em 2000.

Depois de desentendimento com os dirigentes da HMTF, ele deixou o futebol e logo voltou ao voleibol. Em maio de 2001, foi confirmado como técnico do Osasco, clube pelo qual foi tricampeão da Superliga Feminina.

Trajetória de José Roberto Guimarães na Seleção Brasileira de Vôlei Feminino

Brasil campeão olímpico no vôlei feminino em Pequim
Seleção Brasileira de vôlei feminino conquistou sua primeira medalha de ouro em Pequim

José Roberto Guimarães foi anunciado como treinador da Seleção Brasileira de Vôlei Feminino em 29 de julho de 2003. Ele substituiu Marco Aurélio Motta, que havia sucedido Bernardinho no comando da equipe nacional.

Na Olimpíada de Atenas, em 2004, o Brasil viveu um dos momentos mais frustrantes de sua história no voleibol.

Depois de abrir 2 a 0 nas semifinais, o time brasileiro levou uma surpreendente virada da Rússia. No tie-break, a derrota veio com um dramático 16 a 14.

Na disputa pelo bronze, a Seleção Brasileira acabou derrotada por Cuba, por 3 a 1.

Se a derrota para a Rússia em Atenas deixou uma imagem negativa, as jogadoras da Seleção Brasileira entraram com vontade de calar os críticos nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Após vencer todos os 5 jogos da fase inicial, a equipe comandada por José Roberto Guimarães fez 3 a 0 sobre Japão e China, nas quartas de final e nas semifinais, respectivamente.

Na disputa pelo ouro, o Brasil derrotou os Estados Unidos, por 3 a 1, coroando a geração de Fofão, Fabi, Sheilla, Mari, Paula Pequeno, Fabiana, Jaqueline, Carol, Thaísa, Walewska, Valeska e Sassá.

Bicampeonato olímpico de Zé Roberto no vôlei feminino

Brasil bicampeão olímpico no vôlei feminino
Em Londres, Seleção Brasileira de vôlei feminino foi bicampeão olímpica

Nos Jogos Olímpicos de Londres, a Seleção Brasileira de vôlei feminino defendia o posto de atual campeã olímpica e foi novamente vitoriosa.

O time comandado por José Roberto Guimarães até passou aperto na primeira fase, classificando-se na quarta colocação, com 3 vitórias em 5 jogos.

Nas quartas de final, em duelo emocionante, o Brasil derrotou a Rússia por 3 a 2. Já nas semifinais, a classificação foi mais tranquila, com triunfo por 3 a 0 sobre o Japão.

O segundo ouro olímpico do vôlei feminino brasileiro veio com vitória sobre os Estados Unidos, por 3 a 1.

Fabi, Fabiana, Sheilla, Paula Pequeno, Jaqueline e Thaísa comemoraram seu bicampeonato olímpico, enquanto Dani Lins, Adenízia, Natália, Fê Garay, Tandara e Fernanda subiram ao pódio pela primeira vez.

Derrota frustrante na Olimpíada do Rio

José Roberto Guimarães e neto após derrota do vôlei feminino na Olimpíada do Rio
Derrota na Olimpíada do Rio se tornou mais dolorosa para Zé Roberto com o choro do neto

Com o bicampeonato olímpico em Pequim e Londres, a Seleção Brasileira de vôlei feminino era uma das grandes esperanças de medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio.

O início do time de José Roberto Guimarães foi bastante animador, com vitórias nos 5 jogos da primeira fase. Porém, uma frustrante derrota para a China, por 3 a 2, nas quartas de final, adiou o sonho do tricampeonato no vôlei feminino.

Foi a primeira vez que a Seleção Brasileira feminina não chegou à disputa por medalhas desde o sexto lugar em 1988.

Despedida de Zé Roberto Guimarães em Tóquio

A Olimpíada de Tóquio, em 2020, marca a despedida de José Roberto Guimarães da Seleção Brasileira de vôlei feminino. O treinador anunciou que deixará o comando da equipe nacional depois de 16 anos.

Ao torcedor brasileiro resta a expectativa de que ele encerre sua trajetória com a quarta medalha de ouro em Jogos Olímpicos.

Confira agora os títulos de José Roberto Guimarães como treinador!

Medalhas olímpicas de José Roberto Guimarães

  • Ouro em Atlanta 1996, como técnico da Seleção Brasileira de vôlei masculino
  • Ouro em Pequim 2008, como técnico da Seleção Brasileira de vôlei feminino
  • Ouro em Londres 2012, como técnico da Seleção Brasileira de vôlei feminino

Lista de títulos de José Roberto Guimarães na seleção masculina de vôlei

  • Campeão dos Jogos Olímpicos de Barcelona 1992
  • Campeão do World Top Four 1992
  • Campeão da Liga Mundial 1993
  • Bicampeão Sul-americano (1993 e 1995)
  • Medalha de Bronze na Liga Mundial 1994
  • Medalha de Prata na Liga Mundial 1995
  • Medalha de Bronze na Copa do Mundo de Vôlei 1995
  • Medalha de Bronze na Liga Mundial 1996

Lista de títulos de José Roberto Guimarães na seleção feminina de vôlei

  • Vice-campeão da Copa do Mundo de Voleibol Feminino 2003
  • Medalha de Bronze no Montreux Volley Masters 2003
  • Octocampeão do Campeonato Sul-americano de Voleibol (2003, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013, 2015 e 2017)
  • Eneacampeão do Grand Prix (2004, 2005, 2006, 2008, 2009, 2013, 2014, 2016 e 2017)
  • Tetracampeão do Montreux Volley Masters (2005, 2006, 2009, 2013 e 2017)
  • Bicampeão da Copa dos Campeões de Voleibol Feminino (2005 e 2013)
  • Tricampeão da Copa Pan-Americana de Voleibol (2006, 2009 e 2011)
  • Vice campeão do Campeonato Mundial de Voleibol Feminino de 2006
  • Vice-campeão da Copa do Mundo de Vôlei 2007
  • Vice-campeão dos Jogos Pan-americanos 2007
  • Medalha de Ouro Jogos Olímpicos de Pequim 2008
  • Campeão do Torneio de Voleibol Feminino Final Four
  • Vice-campeão da Copa dos Campeões de Vôlei 2009 e 2017
  • Vice-campeão do Grand Prix 2010, 2011, e 2012
  • Vice-campeão do Campeonato Mundial de Voleibol Feminino de 2010
  • Campeão dos Jogos Pan-americanos 2011
  • Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012
  • Medalha de Bronze no Campeonato Mundial de Voleibol Feminino de 2014

Trajetória de José Roberto Guimarães por clubes

José Roberto Guimarães campeão paulista com o São Paulo/Barueri 2019
Em 2019, Zé Roberto surpreendeu favoritos e foi campeão paulista com o São Paulo-Barueri

Depois de ser assistente de Bebeto de Freitas na Seleção Brasileira masculina em 1988, José Roberto Guimarães iniciou sua trajetória como treinador e não demorou para alcançar conquistas importantes.

Em 1991, à frente do Colgate/São Bernardo, ele conquistou a Liga Nacional Feminina, competição que antecedeu a Superliga.

Logo depois, Zé Roberto iniciou sua trajetória na Seleção Masculina. O retorno ao voleibol feminino aconteceu em 1997, no comando do Dayvit, com direito a título do Campeonato Paulista.

Novas conquistas estaduais e nacionais vieram quando ele assumiu o comando do Osasco. Além de ser bicampeão paulista, José Roberto Guimarães conquistou três títulos consecutivos da Superliga Feminina, em 2002/2003, 2003/2004 e 2004/2005.

Zé Roberto foi vitorioso também quando esteve no voleibol turco. De 2010 a 2012, ele comandou o Fenerbahçe, um dos clubes mais populares da Turquia no futebol.

Como técnico do Fenerbahçe, ele foi campeão turno, conquistou a Liga das Campeãs da Europa e o Mundial de Clubes.

Na volta ao Brasil, José Roberto Guimarães iniciou um novo projeto em Barueri. Em 2016, ele levou a equipe ao título da Taça de Prata, a terceira divisão do vôlei nacional feminino. No ano seguinte, foi campeão da Superliga B, assegurando a chegada de seu time à elite.

O projeto em Barueri não se restringe à equipe profissional. Ele passa por todas as categorias de base e que tem como objetivo transformar a cidade em pólo da modalidade no Brasil.

Em julho de 2019, José Roberto Guimarães anunciou a parceria entre Barueri e São Paulo. Quatro meses depois, a equipe superou as favoritas Sesi Bauru e Vôlei Osasco-Audax e conquistou o Campeonato Paulista.

Títulos de José Roberto Guimarães por clubes

  • Campeão da Liga Nacional pelo Colgate/São Caetano (1991/1992)
  • Campeão Paulista pelo Dayvit (1997)
  • Bicampeão Estadual pelo Finasa/Osasco (2001 e 2002)
  • Tricampeão da Superliga pelo Finasa/Osasco (2002/2003, 2003/2004 e 2004/2005)
  • Campeão do Mundial de Clubes 2010 pelo Fenerbahçe, da Turquia
  • Campeão da Liga das Campeãs da Europa 2012 pelo Fenerbahçe, da Turquia
  • Campeão Paulista 2019 pelo São Paulo/Barueri

Frases famosas de José Roberto Guimarães

José Roberto Guimarães frases de vôlei

  • “O pulo do gato desse time, fora os estudos e os treinamentos, foi o amor. O amor que nós sentimos uns pelos outros, o respeito, o carinho que nós precisávamos naquele momento angustiante”
  • “Não penso no individual. Trabalho pensando no grupo e no melhor para a seleção”
  • “Quando acabou aquele jogo, eu dei três peixinhos na quadra, porque era a vida nos dando outra chance”
  • “Sou um cara de diálogo. Quem trabalha comigo vai entender. Se o atleta tem algum problema, basta me procurar. Simples”

José Roberto Guimarães não comandará a Seleção Brasileira depois da Olimpíada de Tóquio e já manifestou que não sabe por quanto tempo seguirá à frente do projeto de Barueri. Certamente, quando deixar o voleibol definitivamente, ele deixará saudades.

Agora que você já sabe tudo sobre a história de Zé Roberto, aproveite para conferir mais detalhes da trajetória de outros ídolos do esporte nacional:

*Última atualização em 22 de janeiro de 2020

Comentários

Salvar
15 Compart.
Compartilhar4
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin11