Conheça a história de Robert Scheidt, campeão mundial e medalhista olímpico brasileiro! Títulos, prêmios e principais curiosidades

Você sabia que Robert Scheidt é o maior medalhista brasileiro da história das Olimpíadas? O velejador paulistano é um dos maiores nomes da história do iatismo!

O veterano se classificou para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 e carimbou presença em sua sétima edição do evento. Nenhum atleta do Brasil conseguiu realizar essa proeza até hoje! Uma verdadeira lenda do esporte.

Ficou curioso para conhecer a carreira de Robert Scheidt? Então continue por aqui! Reunimos as principais informações do paulistano: início na vela, títulos, recordes, biografia e muito mais. Segue o fio!

Quem é Robert Scheidt?

quem é robert scheidt
Robert Scheidt é um velejador brasileiro

Robert Scheidt é um velejador brasileiro profissional. Ele nasceu em São Paulo, capital, no dia 15 de abril de 1973. É especialista nas classes Laser e Star.

O atleta já conquistou dois ouros olímpicos, três ouros pan-americanos e 13 títulos mundiais em sua carreira, se tornando um dos nomes mais vitoriosos do iatismo.

Ao lado de Torben Grael, é o brasileiro que mais faturou medalhas na história dos Jogos Olímpicos (5). Ele também tem duas pratas e um bronze no currículo.

O veterano está confirmado em Tóquio 2020. Essa será a sua sétima Olimpíada da carreira. Nenhum outro esportista brasileiro conseguiu realizar este feito até o momento.

Ao todo, Scheidt tem 181 títulos na carreira: 89 internacionais e 92 nacionais. Seu principal parceiro no esporte foi Bruno Prada, com quem conquistou duas medalhas olímpicas.

Biografia de Robert Scheidt

iatismo brasileiro
Paulistano começou a velejar com nove anos de idade

Robert é filho de Fritz e Karin Kreuger Scheidt. É casado com a velejadora lituana Gintarė Volungevičiūtė, prata em Pequim e campeã mundial em 2012. O casal têm dois filhos.

O velejador tem 1.87m de altura e pesa 79kg. Ele estudou no Colégio Porto Seguro e graduou-se em Administração pela Universidade Mackenzie em 1996.

Scheidt tem um irmão mais velho chamado Thomas, que também foi atleta profissional no iatismo. “Macarrão”, como é conhecido no universo das regatas, foi campeão mundial na classe Pinguim, mas já se aposentou das competições.

Como Robert Scheidt começou na vela?

olimpíadas robert scheidt
Scheidt atuou pelas classes Laser e Star

O iatismo está no sangue da família Scheidt. O pai e o avô de Robert eram velejadores no passado. Por isso, já era de se esperar que o até então garoto despertasse interesse pelo esporte aquático naturalmente. E isso não tardou a acontecer.

O paulistano ganhou o primeiro barco com nove anos de idade. Os primeiros treinamentos foram realizados no Yacht Club de Santo Amaro, localizado na Represa de Guarapiranga. Tudo foi supervisado por Dudu Melchert, seu primeiro técnico na carreira.

Os primeiros títulos relevantes de Robert Scheidt foram conquistados com apenas 11 anos. Na classe Optimist, o velejador foi três vezes campeão sul-americano.

Em 1986, ainda dividido entre vela e tênis – as quadras também lhe chamavam certa atenção – o atleta decidiu se dedicar exclusivamente às regatas.

História de Robert Scheidt

brasil ouro vela
Esportista é um dos mais vitoriosos da história do Brasil

Robert Scheidt foi treinar na Europa e se tornou um grande velejador. Ele chegou a competir na classe Snipe por um curto período de tempo, mas foi na categoria Laser, a partir dos anos 90, que o paulistano se destacou internacionalmente.

Em 1991, o iatista simplesmente venceu 10 das 11 provas que disputou no Campeonato Mundial de Juniores na Escócia. Nascia ali uma verdadeira lenda dos esportes náuticos.

Algum tempo depois, em 1995, Scheidt faturou as suas primeiras medalhas expressivas na carreira sênior: o Mundial da Espanha e o Pan-Americano da Argentina.

No ano seguinte, faturou o primeiro lugar nos Jogos Olímpicos de Atlanta derrotando o britânico Ben Ainslie.

A partir daí, o atleta acumulou cinco medalhas olímpicas (dois ouros, duas pratas e um bronze), 16 medalhas mundiais (12 ouros, três pratas e um bronze) e cinco medalhas pan-americanas (três ouros e duas pratas).

Entre 2005 e 2015, Scheidt decidiu trocar de classe e foi disputar torneios na categoria Star, formando dupla bem-sucedida com o parceiro Bruno Prada. Em 2016, retornou à Laser.

Amplie seu conhecimento sobre esportes olímpicos:

Participações de Robert Scheidt em Olimpíadas

iatismo londres 2012
Velejador conquistou cinco medalhas em Olimpíadas

Robert Scheidt disputou quatro Olimpíadas na classe Laser: Atlanta (1996), Sydney (2000), Atenas (2004) e Rio (2016). Ele faturou dois ouros (Estados Unidos e Grécia) e uma prata (Austrália). O paulistano só passou em branco em solo brasileiro.

Já na classe Star, junto de Bruno Prada, o velejador colecionou mais duas medalhas: prata em Pequim 2008 e bronze em Londres 2012.

O esportista é o brasileiro mais vitorioso da história dos Jogos Olímpicos com cinco medalhas acumuladas. Ele divide esse feito com o também iatista Torben Grael.

Ele se tornou o primeiro atleta tupiniquim a faturar medalhas em quatro edições seguidas de Olimpíadas: 1996, 2000, 2004 e 2008. Um mito do esporte!

Medalhas de Robert Scheidt em Olimpíadas

  • Ouro – Atlanta 1996 (Laser)
  • Prata – Sydney 2000 (Laser)
  • Ouro – Atenas 2004 (Laser)
  • Prata – Pequim 2008 (Star)
  • Bronze – Londres 2012 (Star)

Medalhas de Robert Scheidt em Pan-Americanos

  • Ouro – Mar del Plata 1995 (Laser)
  • Ouro – Winnipeg 1999 (Laser)
  • Ouro – Santo Domingo 2003 (Laser)
  • Prata – Rio de Janeiro 2007 (Laser)
  • Prata – Toronto 2015 (Lazer)

Títulos de Robert Scheidt em Mundiais

  • 1991 – Escócia (Laser)
  • 1995 – Espanha (Laser)
  • 1996 – África do Sul (Laser)
  • 1997 – Chile (Laser)
  • 2000 – México (Laser)
  • 2001 – Irlanda (Laser)
  • 2002 – Estados Unidos (Laser)
  • 2004 – Turquia (Laser)
  • 2005 – Brasil (Laser)
  • 2007 – Portugal (Star)
  • 2011 – Austrália (Star)
  • 2012 – França (Star)
  • 2013 – Oman (Laser)

Curiosidades sobre Robert Scheidt

curiosidades robert scheidt
Veja as principais curiosidades de Robert Scheidt
  • Já competiu em cinco classes: Laser, Star, Optimist, Snipe e 49er
  • Praticava tênis e atletismo quando era mais jovem
  • Seu principal parceiro de vela foi Bruno Prada
  • É o caçula de três filhos na família Scheidt
  • Seus ídolos no esporte são Alex Welter, Reinaldo Conrad e Cláudio Biekarck
  • Se aposentou em 2017 e ficou 14 meses sem competir, mas voltou em 2019
  • Velejou 16 anos somente na classe Laser

Agora que você sabe tudo sobre Robert Scheidt, que tal conferir outras publicações da Esportelândia? Também falamos de futebol, basquete, vôlei e muito mais.

*Última atualização em 16 de março de 2020

Comentários

Salvar
Compartilhar
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin