Gabriel Medina tinha um cenário quase improvável para garantir sua vaga nos Jogos Olímpicos em Teahupo'o. O tricampeão mundial foi o melhor surfista do ISA Games, mas dependia de resultados.

Gabriel era obrigado a ser campeão, o que aconteceu. Essa era até a parte mais fácil para o brasileiro. No entanto, Medina ainda precisava que nenhum dos dois franceses terminasse em segundo na final.

O herói improvável de Gabriel Medina no ISA Games

ISA Games 2024 - Brasil quebra a banca em Porto Rico! Veja a classificação
ISA/Pablo Franco

Era óbvio que Gabriel Medina precisava fazer sua parte e ser campeão do ISA Games. Porém, o surfista dependia de Joan Duru e Kauli Vaast terminarem em terceiro ou quarto; nenhum deles poderia ser segundo.

E para isso, o outro surfista da final, Ramzi Boukhiam do Marrocos era fundamental, já que só terminando em segundo ajudaria Medina. A grande decisão teve um show do brasileiro e do herói africano.

Gabriel novamente teve um grande desempenho e Ramzi ajudou, terminando em segundo com uma ótima atuação, frustrando o sonho dos franceses, que terminaram em terceiro e quarto.

Após o título de Medina, Ramzi postou uma foto nas redes sociais comemorando sua medalha de prata. Os comentários da publicação foram recheados de agradecimentos por parte dos brasileiros.

Um herói totalmente inesperado para a nação brasileira. Ramzi Boukhiam é um antigo adversário de Gabriel Medina, já que foi derrotado na final do Mundial Junior pelo brasileiro e também na decisão do QS em Saquarema.

Continue no mundo do surf! Confira também nossos outros conteúdos: