Viradas épicas e finais emocionantes! A lista dos melhores Super Bowls de todos os tempos com vídeos dos melhores momentos

Qual o melhor Super Bowl de todos os tempos?

Remessa Online

Com mais de 50 edições do grande jogo que decide o campeão da NFL, é difícil apontar uma partida que seja definitivamente a melhor da história. 

Os duelos entre Giants e Patriots, no Super Bowl XLII, entre Seahawks e Patriots, na edição XLIX, e entre Patriots e Falcons, no Super Bowl LI, figuram em quase todas as listas como os melhores jogos decisivos de todos os tempos. Mas nossa relação vai muito além!

Listamos os 15 melhores Super Bowls da história. É o momento de você relembrar todas as emoções que envolveram as disputas pelo troféu Vince Lombardi.

Não perca mais tempo e confira a lista!

Melhores Super Bowls da história

  • Super Bowl III (1969) – New York Jets 16 x 7 Baltimore Colts
  • Super Bowl XIII (1979) – Pittsburgh Steelers 35 x 31 Dallas Cowboys
  • Super Bowl XXIII (1989) – San Francisco 49ers 20 x 16 Cincinnati Bengals
  • Super Bowl XXV (1991) –  New York Giants 20 x 19 Buffalo Bills
  • Super Bowl XXXII (1998) – Denver Broncos 31 x 24 Green Bay Packers
  • Super Bowl XXXIV (2000) – Saint Louis Rams 23 x 16 Tennessee Titans
  • Super Bowl XXXVI (2002) – New England Patriots 20 x 17 Saint Louis Rams
  • Super Bowl XLII (2008) – New York Giants 17 x 14 New England Patriots
  • Super Bowl XLIII (2009) – Pittsburgh Steelers 27 x 23 Arizona Cardinals
  • Super Bowl XLIX (2015) – New England Patriots 28 x 24 Seattle Seahawks
  • Super Bowl LI (2017) – New England Patriots 34 x 28 Atlanta Falcons
  • Super Bowl LII (2018) – Philadelphia Eagles 41 x 33 New England Patriots
  • Super Bowl LIV (2020) – Kansas City Chiefs 31 x 20 San Francisco 49ers

Super Bowl III (1969) – New York Jets 16 x 7 Baltimore Colts


Depois de o
Green Bay Packers ser campeão das duas primeiras edições do Super Bowl, Jets e Colts se enfrentaram no SB III.


Os Colts, da NFL, eram amplamente favoritos, mas o quarterback Joe Namath prometeu dar o título para os Jets e cumpriu.

A defesa da equipe de NY conseguiu quatro interceptações e os Jets chegaram a abrir 16 a 0, em um placar construído com um TD e três field goals.

O Baltimore Colts conseguiu seu único touchdown depois que o quarterback Earl Morrall foi substituído por Johnny Unitas, que se tornaria um dos maiores da história na posição.

Remessa Online

Super Bowl XIII (1979) – Pittsburgh Steelers 35 x 31 Dallas Cowboys


Quando chegaram ao Super Bowl XIII, Pittsburgh Steelers e
Dallas Cowboys tinham dos títulos cada. Assim, a partida definir o maior campeão até aquele momento.


Havia ainda o confronto entre os quarterbacks Terry Bradshaw e Roger Staubach. 

Naquela edição, Bradshaw quebrou alguns recordes do Super Bowl. Ele atingiu 318 jardas em passes e quatro passes para touchdown. Além disso, o passe para TD de 75 jardas no segundo período igualou a marca que Johnny Unitas havia estabelecido no Super Bowl V.

Por outro lado, Staubach anotou três TDs, uma interceptação e 228 jardas.

O jogo foi marcado pelo equilíbrio, até que os Steelers marcaram dois touchdowns num intervalo de 19 segundos (sim, foram apenas 19 segundos) e abriram 35 a 17, restando pouco mais de 6 minutos para o fim da partida.

Os Cowboys marcaram outros dois touchdowns, mas não conseguiram alcançar o empate. Assim, a franquia de Pittsburgh se sagrou a primeira tricampeã.

Super Bowl XXIII (1989) – San Francisco 49ers 20 x 16 Cincinnati Bengals

 

Em um jogo marcado por muito equilíbrio, os Bengals abriram 16 a 13 restando pouco mais de três minutos. Mas, sob o comando de Joe Montana, os 49ers fizeram a campanha que ficou conhecida como “The Drive” e conquistaram o título.

A campanha para a vitória teve 11 jogadas e um avanço de 92 jardas. No fim, Montana lançou para o wide receiver John Taylor marcar o TD a 34 segundos do fim.

Remessa Online

O prêmio de MVP ficou com Jerry Rice, o melhor wide receiver da NFL em todos os tempos, que alcançou 11 recepções e incríveis 215 jardas, um recorde da história do Super Bowl. 

A partida ainda marcou o fim da carreira de Bill Walsh, um dos maiores técnicos de futebol americano da história.

Super Bowl XXV (1991) –  New York Giants 20 x 19 Buffalo Bills


Você já imaginou ver seu time chegar a quatro finais consecutivas e não ser campeão? Foi isso que aconteceu com o Buffalo Bills. A primeira derrota no Super Bowl foi na edição XXV, diante do New York Giants.

A frustração ficou ainda maior com um field goal perdido nos segundos finais.

O Buffalo Bills chegou a ter 12 a 3 no placar, mas New York virou no terceiro período.

Mais duas viradas aconteceram no jogo, até que os Giants estabelecessem a diferença mínima para conseguir o título. Nos segundos finais, Scott Norwood’s, teve a chance de mais uma virada, mas errou o field goal.

Aquele foi o único Super Bowl encerrado com diferença de apenas um ponto.

Super Bowl XXXII (1998) – Denver Broncos 31 x 24 Green Bay Packers


O Super Bowl XXXII marcou o confronto entre dois dos
melhores quarterbacks da história da NFL em momentos distintos. 


Depois de perder três disputas pelo troféu
Vince Lombardi, John Elway buscava o seu primeiro título aos 37 anos. Já Brett Favre tentava o bicampeonato consecutivo.

O jogo foi bastante equilibrado, com nenhuma equipe abrindo vantagem superior a 10 pontos.

No início do último quarto, com passe de Brett Favre, Antonio Freeman marcou o touchdown que deixou o placar em 24 a 24.

Os Broncos fizeram outro TD a um minuto e 45 segundos do fim, com Terrell Davis, ficando muito perto da conquista. Já os Packers não conseguiram evoluir na última campanha, e Elway pôde, enfim, comemorar seu primeiro título.

Super Bowl XXXIV (2000) – Saint Louis Rams 23 x 16 Tennessee Titans


Uma jarda pode separar um time da glória ou da frustração. Foi assim no Super Bowl XXXIV.

O Saint Louis Rams abriu 16 a 0, mas viu o Tennessee Titans conseguir o empate faltando 2 minutos e 12 segundos para o fim da partida.

Com menos de dois minutos para o encerramento do Super Bowl, Isaac Bruce marcou um touchdown de 73 jardas em passe de Kurt Warner e recolocou os Rams em vantagem.

Na sua última esperança de ser campeões, os Titans conseguiram conduzir a campanha até a linha de 10 jardas restando apenas 6 segundos. 

Porém, na jogada final, o linebacker Mike Jones fez o tackle no wide receiver Kevin Dyson a uma jarda da end zone, evitando o touchdown da franquia de Tennessee e garantindo o título dos Rams.

Aquela jogada ficou conhecida como “One Yard Shot” ou simplesmente “The Tackle”.

Vá além do Futebol Americano! Confira também:

Super Bowl XXXVI (2002) – New England Patriots 20 x 17 Saint Louis Rams


O Super Bowl XXXVI marcou o primeiro título de
Tom Brady, em sua segunda temporada na NFL. Na decisão, ele encontrou um Saint Louis Rams vindo de uma campanha com 14 vitórias e somente duas derrotas na temporada regular.


Os Patriots abriram 17 a 3 e caminhavam para a vitória quando os Rams iniciaram a reação no último período. Dois touchdowns, convertidos por Kurt Warner e Ricky Proehl, levaram ao empate por 17 a 17, restando apenas um minuto e meio.

Sem tempos para pedir, Tom Brady comandou a última campanha e deixou a missão de garantir a vitória para Adam Vinatieri. 

Um dos melhores kickers da NFL em todos os tempos, ele não decepcionou, fez o field goal de 48 jardas no estouro do cronômetro e deu o primeiro título de Super Bowl para os Patriots.

Super Bowl XLII (2008) – New York Giants 17 x 14 New England Patriots


O Super Bowl da recepção com o capacete. Assim, é lembrada a sensacional edição XLII. Sem dúvidas, um dos melhores Super Bowls de todos os tempos.


Os Patriots chegaram à partida decisiva com 18 vitórias e nenhuma derrota, muito perto de igualar o título invicto do
Miami Dolphins na década de 1970. Porém, havia um Eli Manning no caminho.

Com 2 minutos e 32 segundos para o fim, Randy Moss anotou o touchdown que deixou a equipe de New England com o placar favorável de 14 a 10.

No entanto, numa terceira para cinco, Eli Manning superou a pressão da defesa dos Patriots, se manteve em pé e lançou um “arranha-céus”. No meio dos safeties, David Tyree fez a recepção apoiando a bola em seu capacete. Absolutamente incrível!

Eli Manning ainda lançou para Plaxico Burress na end zone marcar o touchdown do título do New York Giants a 35 segundos do fim.

Super Bowl XLIII (2009) – Pittsburgh Steelers 27 x 23 Arizona Cardinals


No intervalo da edição XLIII, o
Pittsburgh Steelers vencia por 17 a 7, depois de uma interceptação de James Harrison, retornada para um touchdown de 100 jardas estabelecer um novo recorde no Super Bowl.


No terceiro quarto, os Steelers ainda ampliaram a vantagem 20 a 7, com um field goal de Jeff Reed.

Com um placar totalmente favorável ao adversário, o Arizona Cardinals conseguiu uma recuperação espectacular no último período. Foram 16 pontos seguidos, que deixaram o placar em 23 a 20, restando somente 2 minutos e 37 segundos.

Porém, numa campanha de 78 jardas comandada por Ben Roethlisberger, os Steelers conseguiram o título. A 35 segundos do fim, o MVP do Super Bowl Santonio Holmes fez a recepção na end zone para confirmar a conquista do troféu Vince Lombardi.

Super Bowl XLIX (2015) – New England Patriots 28 x 24 Seattle Seahawks


No Super Bowl XLIX, o Seattle Seahawks esteve muito perto da vitória. Com 26 segundos para acabar a partida, a uma jarda da end zone,
Russell Wilson tentou um passe em vez de tentar a corrida com Marshawn Lynch. O passe foi interceptado pelo calouro Malcolm Butler, e os Patriots conquistaram mais um troféu Vince Lombardi.


No terceiro quarto, os
Seahawks estiveram em vantagem por 24 a 14. Sob o comando de Tom Brady, os Patriots viraram para 28 a 24 faltando 4 minutos e 50 segundos para o fim da partida. 

Na campanha derradeira, Russell Wilson avançou por todo o campo, e a franquia de Seattle teve a chance clara de conquistar o segundo título consecutivo. Porém, a polêmica decisão de passe gerou a interceptação e a derrota.

Super Bowl LI (2017) – New England Patriots 34 x 28 Atlanta Falcons


O Super Bowl LI foi o primeiro a ser decidido na prorrogação e teve a maior virada da história.


A 2 minutos e 12 segundos para o fim do terceiro quarto, o
Atlanta Falcons vencia por 28 a 3.

A partir de então, os Patriots marcaram 25 pontos para levar o jogo para o tempo extra. A equipe de Tom Brady venceu o cara e coroa, marcou um touchdown na sua primeira posse de bola e concretizou uma virada épica.

A edição LI é vista por muitos analistas e torcedores como o melhor Super Bowl da história.

Super Bowl LII (2018) – Philadelphia Eagles 41 x 33 New England Patriots


Nunca na história, um time derrotado marcou tantos pontos no Super Bowl quanto o New England Patriots na edição LII. 


Aquele Super Bowl ficou marcado pelo grande poderio ofensivo das duas equipes e a quebra de vários recordes. Em toda a partida, houve apenas um punt. 

Foram 1.151 jardas totais, sendo 613 dos Patriots e 538 dos Eagles. Houve 41 first downs por meio de passes e 7 touchdowns em passes, a maior marca da história do Super Bowl.

Azarão, o Philadelphia Eagles esteve em vantagem no placar durante os três primeiros quartos. No início do último período, com um touchdown de Rob Gronkowski, os Patriots passaram à frente, com 33 a 32.

Porém, Nick Foles passou para Zach Ertz recolocar os Eagles em vantagem, com 38 a 33. 

Os Patriots tiveram a bola da vitória, mas um fumble forçado por Brandon Graham e um field goal convertido por Jake Elliott deixaram o placar em 41 a 33 para a equipe da Filadélfia.

Assim, foi adiada a conquista de mais um Super Bowl pela dupla formada por Tom Brady e Bill Belichick.

Super Bowl LIV (2020) – Kansas City Chiefs 31 x 20 San Francisco 49ers


O Super Bowl LIV foi marcado por muitas viradas e uma atuação espetacular de
Patrick Mahomes para garantir o título do Kansas City Chiefs depois de 50 anos.


No intervalo, a partida estava empatada por 10 a 10. Já no terceiro quarto, somente os Niners pontuaram. A 2 minutos e 40 segundos do fim do terceiro período, sob o comando do quarterback
Jimmy Garoppolo, eles abriram 20 a 10, obrigando os Chiefs a converterem duas posses de bola para virar a partida.

Com três touchdowns no últimos período, o Kansas City Chiefs virou para 31 a 20 e pôde celebrar mais um título.

Alguns dos melhores Super Bowls da história aconteceram nos últimos anos. A exceção fica por conta da edição LIII, que teve o placar mais baixo da história, com vitória Patriots sobre os Rams por 13 a 3.

Aos fãs de futebol americano, resta a torcida para que a série de excelentes Super Bowls seja mantida na próxima edição. E quem sabe não aconteça também um dos melhores shows do intervalo da história?!

Depois de conferir nossa lista dos melhores Super Bowls de todos os tempos, conte para a gente se sentiu falta de alguma edição por aqui! E aproveite também para ampliar seu conhecimento sobre a NFL:

*Última atualização em 15 de março de 2020

Comentários

Salvar