A temporada de ondas gigantes já começou em Nazaré, e os surfistas mais corajosos do mundo desafiam a natureza em busca das maiores e mais incríveis ondas.

No entanto, em um local como Nazaré, é preciso ter muito cuidado e experiência. O brasileiro Willyam Santana passou por um grande susto no perigoso pico.

Nazaré pega pesado e Will Santana quase leva a pior

Nazaré
Ben Harley

Willyam Santana sentiu o peso de Nazaré nessa terça-feira (12), o brasileiro pegou uma onda gigante e quase levou a pior:

Eu fui arrastado, tomei o caldo, não fui pro fundo, fui arrastado em cima d'água por vários, vários, vários metros. Depois fui lançado lá pra baixo.

Tomei um caldo assustador e inflei o colete. Demorou pra caramba pra subir. Quando eu subi, eu só consegui escutar, não estava enxergando nada, só conseguia escutar. Ouvi o Ian falando “cara, eu tô aqui, tô aqui do teu lado, tô aqui do teu lado”.

Ele chegou pra me resgatar e eu não conseguia subir no jetski porque eu estava sem enxergar, eu só estava escutando ele. Quando ele saiu, eu comecei a recuperar a visão, mas já estava vindo outra onda, aí tomei mais uma onda grande na cabeça, fui explodido novamente, cara, foi a parada mais assustadora da minha vida”.

Em seguida, Willyam fez questão de ressaltar o apoio que recebeu em Nazaré, principalmente pela sua dupla Michelle Des Bouillons:

A Michelle chegou com o jet pra fazer o segundo resgate, quando ela me pegou eu já estava quase apagando. Ela perguntou se eu estava bem e eu falei não, aí ela falou, cara e agora, pro queperguntou se eu queria voltar para o outside, e eu disse que não, que queria ir para a areia.

Eu fiquei com bastante medo de apagar. Eu estava tonto pra caramba, não estava enxergando direito, e ela esticou bem rápido o jet pra areia. Quando eu cheguei perto da areia e eu fui ficar em pé, as pernas ficaram fracas, eu comecei a cair”, afirmou Will.

Will refletiu sobre sua vida após incidente em Nazaré

SUSTO EM NAZARÉ! Brasileiro sente a pressão e escapa da morte: “Fiquei atordoado”
Alija Bos Photography

Escapando por pouco do pior nas ondas gigantes de Nazaré, Willyam Santana revelou que foi uma experiência assustadora e que refletiu sobre sua vida:

Foi algo bem assustador, o bombeiro salva-vidas chegou na praia para me ajudar, tentaram colocar um oxigênio ali em mim mas eu falei que não precisava, só precisava me recompor mesmo.

Fiquei muito tempo ali tonto pra caramba, refletindo na vida, passou o filme da minha vida, mas graças a Deus que poderia ter acontecido algo bem pior se eu apagasse, graças a Deus eu não apaguei.

Sei que cheguei bem perto do meu limite, mas eu acho que é nessa hora que todos os treinos que eu venho fazendo, toda a minha dedicação faz uma diferença, e o trabalho e a equipe acabou salvando a minha vida”, encerrou o brasileiro,

Continue no mundo do surf! Confira também nossos outros conteúdos: