Italo Ferreira começou o dia com um dos melhores somatórios do terceiro round em Peniche. Parecia que o potiguar seguiria em busca de seu tricampeonato da etapa de Portugal.

No entanto, o campeão mundial de 2019 acabou sendo superado pelo australiano Ethan Ewing, que vem sendo uma pedra no sapato dos brasileiros.

Italo Ferreira erra com a prioridade e termina eliminado

Italo Ferreira faz a melhor nota da bateria, mas cai diante de Jordy Smith
WSL/Brent Bielmann

Um começo forte fez com que Italo Ferreira disparasse na liderança por boa parte do confronto. O brasileiro abusou dos aéreos para emplacar suas notas.

No entanto, Ethan Ewing mostrou seu surf de borda e conseguiu uma ótima onda mostrando muito estilo e também força. Foram quatro manobras que renderam um 8.17.

Depois disso, Italo seguiu insistindo em ondas para a esquerda e tentando aéreos. Já no fim, o brasileiro ainda liderava com um 13.40 (7.07 + 6.33) e tinha a prioridade até cometer um erro e entrar em uma onda ruim.

Com a oportunidade perfeita, Ethan Ewing não desperdiçou e fez um surf muito seguro para arrancar 6.17 e desbancar o brasileiro de forma justa ainda na fase oitavas de final.

Esse resultado mantém Italo Ferreira na metade do ranking da WSL. Sua melhor etapa foi em Sunset, quando acabou superado por Jack Robinson na fase de quartas de final.

Continue no mundo do surf! Confira também nossos outros conteúdos: