A etapa de Saquarema começou nesta quarta-feira e a Brazilian Storm estreiou com nove surfistas. Os principais, atletas do país como Italo Ferreira, Gabriel Medina, Yago Dora e Tatiana Weston-Webb avançaram direto ao terceiro round.

No entanto, outros atletas como Tainá Hinckel, Sophia Medina, João Chianca e Samuel Pupo acabaram caindo para a fase de repescagem após derrotas no primeiro round.

Brazilian Storm sofre com primeiras baixas em Saquarema

Tainá Hinckel

A primeira eliminada na etapa de Saquarema foi Tainá Hinckel, a brasileira fez jogo duro em um confronto extremamente difícil diante de Caitlin Simmers, líder do ranking da WSL.

O confronto ficou equilibrado até o fim com Tainá na liderança até Simmers pegar uma onda no último minuto e vencer o confronto.

Sophia Medina

Algum tempo depois, Sophia Medina fez sua segunda bateria representando a Brazilian Storm no circuito mundial. A jovem entrou pelo terceiro embate da repescagem diante de Brisa Hennessy.

No entanto, a brasileira não conseguiu superar Hennessy e em suas melhores ondas conseguiu 6.60 contra 8.50 de Brisa.

João Chianca

Outro membro da Brazilian Storm que deixou o evento logo no início foi o local João Chianca. O jovem de Saquarema não conseguiu barrar o bicampeão mundial John John Florence em grande fase.

Em condições difíceis, John conseguiu uma nota 7.17 como sua melhor e sem precisar de uma segunda onda já superou o somatório total de Chianca, que terminou com 7.13.

Samuel Pupo

O irmão mais novo de Miguel Pupo fechou a participação dos brasileiros no primeiro dia em Saquarema com mais uma derrota.

Samuel começou bem a bateria. Porém, Griffin Colapinto encaixou boas manobras e conseguiu construir um bom somatório e finalmente quebrou sua zica em Saquarema.

Essa é a primeira vez que o norte-americano avançando round de repescagem nesse evento do circuito mundial.

Siga no mundo do surf e confira também mais algumas notícias sobre a modalidade: