Confira nossa análise de Tom Brady no Tampa Bay Buccaneers: o elenco, o salário e as chances de título e de vaga nos playoffs

A história de Tom Brady no Tampa Bay Buccaneers tem tudo para ser uma das grandes da nova década da NFL, para o bem ou para o mal.

A saída do quarterback do New England Patriots, time pelo qual venceu seis dos nove Super Bowls que participou, já atraiu por si só bastante atenção. Sua ida, então, para uma uma equipe cujas últimas conquistas e participações de playoffs foram há mais de dez anos deixou tudo ainda mais interessante.

Passado o choque inicial da transferência, alguns encaixes entre Brady e o Buccaneers começaram a ser melhor enxergados. Campanhas competitivas, então, passaram a habitar o mundo das possibilidades.

Simultaneamente, algumas questões começaram a aparecer. Afinal, depois de 20 anos, quem elevou quem entre Tom Brady e Patriots? De qualquer maneira, parece inegável a contribuição que o jogador terá na franquia da Flórida. Mas será o suficiente para resultar em temporadas vitoriosas?

Essas e outras dúvidas só serão realmente sanadas rodada a rodada. Ainda assim, não faltam pontos para se atentar e se discutir — nem para animar os torcedores do Tampa “Brady” Buccaneers.

A ida de Tom Brady para o Tampa Bay Buccaneers

Afinal de contas, o que fez Tom Brady, discutivelmente o maior jogador de todos os tempos da NFL, ir para Flórida?

A busca pela glória? Um jogador do seu tamanho sempre irá em busca de conquistas. Acontece que os títulos e participações do Tampa Bay Buccaneers no Super Bowl são escassos — na verdade, só aconteceram uma vez, em 2002.

Assim, a autoafirmação — até porque quem vence seis Super Bowls não precisa provar mais nada a ninguém — parece ser algo bastante motivador para Brady. E há uma narrativa muito atrativa em levar uma franquia “adormecida” ao panteão dos campeões.

O fato é que, independente da razão das mudanças de ares, é difícil de imaginar que o quarteback escolhesse um lugar em que não tivesse a convicção, ou ao menos a confiança, de ter sucesso.

Tom Brady e a conexão com o Tampa Bay Buccaneers

No Tampa Bay Buccaneers, Tom Brady parece ter encontrado um lugar onde isso é possível. Na franquia da Flórida, ele terá um ótimo elenco de apoio, capaz de aproveitar suas qualidades e mais: uma organização que certamente valoriza a sua contribuição.

A melhor prova desse compromisso talvez seja a contratação de Rob Gronkowski pelo Buccs.

O tigh end saiu da aposentadoria anunciada ao fim do Super Bowl LII, em 2019, para reeditar com TB 12 uma das duplas de maior sucesso da história da NFL, com direito a três títulos conquistados e um absurdo aproveitamento de jogadas.

Óbvio que Gronk é uma adição útil ao time, até melhor aproveitado como uma “jogada de segurança” no ataque, mas não de se descartar que o veterano também tenha sido trazido para melhor ambientar a nova estrela dos passes.

Os companheiros de Tom Brady no Tampa Bay Buccaneers

Mais do que a companhia de um velho parceiro, todo o elenco do Tampa Bay Buccaneers deve facilitar a vida de Tom Brady. O corpo de recebedores e corredores é considerado um dos melhores da NFL, se não o melhor, individualmente falando.

Chris Goodwin e Mike Evans, que em 2019 completaram, respectivamente, 86 e 67 recepções, estão entre os 10 melhores wide receivers da Liga, segundo a central de estatísticas Football Outsiders. Julius Edelman, a estrela da função nos Patriots, figura na 55ª posição desse ranking.

As opções de tight end também são bastante valiosas, e para além de Rob Gronkowski. São nomes como Cameron Brate, que recebeu 36 passes em 2019 e Leonard Fournette, que foi a quarta escolha geral do Jacksonville Jaguars no Draft de 2017.

Tanto são boas alternativas que o técnico Bruce Arians passou a usar a formação com dois TEs no ataque, o que só favorece o jogo de Tom Brady, conhecido pelos passes nas laterais que tanto consagraram Gronkowski.

A defesa promissora do Tampa Bay Buccaneers

A defesa do Buccs também não é de se jogar fora. Apesar de ficar entre os piores desempenhos em pontos cedidos nas últimas temporadas, em 2019 foi a quinta melhor no jogo corrido.

Sob a regência do coordenador Todd Bowles, a retaguarda do Buccaneers tem lastro para crescimento independentemente do novo quarterback. Tanto que as cinco primeiras escolhas da equipe no draft de 2019 foram usadas em jogadores defensivos.

Ainda assim, o melhor aproveitamento dos ataques comandados por Brady devem aliviar um pouco a pressão na defesa. Fora que para a NFL 2020 a franquia parece ter se acertado numa posição que ainda era defasada com o safety Antoine Winfield Jr.

Vá além do Futebol Americano:

As armas de Tom Brady no Tampa Bay Buccaneers

O salário de Tom Brady no Tampa Bay Buccaneers será de US$ 15 milhões por ano, mais um bônus de US$ 10 milhões por temporada, totalizando US$ 50 milhões por dois anos de contrato.

Patrick Mahomes, o atleta mais bem pago da NFL, receberá um pouco menos que o dobro (US$ 90 milhões) pelo mesmo período, com um pouco mais que a metade (24 anos) da idade de Brady.

Sob esse ponto de vista relativo, é um salário alto, o maior da franquia da Flórida. Mas o retorno técnico pode ser ainda maior que o investimento.

Precisão e vitórias: as contribuições de Tom Brady

Não que o expectativa para o volume da produção ofensiva de Brady seja tão grande assim. Na temporada de 2019 ele foi inclusive menor em aproveitamento e em jardas do que Jameis Winston, o antigo passador.

Mas, se formos falar de estatísticas, a mais relevante, de longe, é a de passes interceptados. Winston teve 30; Brady, somando os últimos 4 anos de Patriots, teve 29. Foram apenas quatro em 2019.

O número deve impactar não somente no ótimo desempenho ofensivo recente do Buccaneers como deve influenciar a defesa, que pode entrar menos em campo e jogar com maior intensidade nos ataques corridos, onde foram tão bem.

Em outras palavras, os simples acertos do quarterback podem decidir partidas. Fora que, se a frieza dos números se mostrar de fato influente, o Buccs pode ficar tranquilo quanto à vagas nos playoffs. Com o aproveitamento de Brady na temporada regular acima dos 76% , sólidas campanhas de 12-4 aguardam.

A liderança de Tom Brady no Tampa Bay Buccaneers

Agora, algo que as stats jamais serão capazes de mensurar é a contribuição anímica de Tom Brady ao Tampa Bay Buccaneers como um todo. O veterano é um líder e um campeão, uma figura capaz de concentrar positivamente a esperança de uma torcida e as boas expectativas de elenco e comissão técnica.

Já no período de treinos antes da NFL 2020 seus companheiros já o exaltavam como um colega e um capitão. Sua tradicional camisa 12, por exemplo, foi cedida pelo wide receiver Chris Goodwin por puro respeito.

O técnico do Tampa Bay Buccaneers, Bruce Arians, não se disse preocupado em nenhum momento com a adaptação e com o tratamento do jogador dentro do grupo. Não à toa, havia toda uma atmosfera vibrante na pré-temporada de 2020 na Flórida.

Brady, claro, não fez por menos. Na sua chegada à franquia, foi apurado que ele não exigiu absolutamente nenhuma regalia. O único pedido foi pelos números de celulares dos jogadores do elenco.

Tom Brady durante treino do Tampa Bay Buccaneers
(Mark J. Rebilas/USA TODAY Sports)

A experiência que Tom Brady leva ao Tampa Bay Buccaneers

Fora que, dentro de campo, Tom Brady tem a experiência de uma infinidade de Super Bowls e playoffs para compartilhar. Como falaram seus colegas de time, é um cara que já armou todo e qualquer tipo de jogada e em variadas de situações.

Brady é também um líder que sabe exatamente o que é preciso  para ser campeão em termos de postura, concentração e determinação. Mais do que isso, parece ter a capacidade de imputar essa mentalidade nos seus companheiros.

Se de fato essa sabedoria será efetivamente repassada, assim como se os números vão realmente impactar da maneira que se planeja, ou mesmo se Brady vai jogar to que o que se espera, tudo, enfim, só será de fato respondido quando a bola oval voar na NFL.

Tom Brady campeão do Super Bowl
Tom Brady é o jogador com mais participações e títulos do Super Bowl

E você, o que acha da ida de Tom Brady no Tampa Bay Buccaneers? Enquanto pensa, aproveite para ler mais conteúdos sobre futebol americano:

*Última atualização em 8 setembro de 2020

Comentários

Salvar
Compartilhar
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin