Fique por dentro da história de Arthur Nory, ginasta brasileiro medalhista olímpico! Início no esporte, títulos e curiosidades

Arthur Nory vive momento fantástico na carreira. Após conquistar o bronze na Olimpíada do Rio, o ginasta brasileiro faturou o primeiro lugar da barra fixa no Mundial 2019 e, de quebra, ajudou a seleção a carimbar vaga para os jogos de Tóquio.

Ficou curioso para conhecer a história do atleta paulista? Então você veio ao lugar certo! Produzimos uma biografia completa sobre Artur Nory: início na carreira, medalhas, prêmios, polêmicas e principais curiosidades. Tá completíssimo! Venha conosco.

Quem é Arthur Nory?

nory jogos olimpicos rio 2016
Nory foi bronze na Olimpíada do Rio 2016

Arthur Nory Oyakawa Mariano é um ginasta brasileiro especialista nas categorias barra fixa e solo. Ele nasceu em Campinas, São Paulo, no dia 18 de setembro de 1993.

O atleta faz parte da seleção brasileira de ginástica artística e do Clube Pinheiros. É medalhista olímpico, campeão mundial e pan-americano.

Nory já está garantindo nos Jogos Olímpicos de Tóquio. É uma das principais esperanças de medalha para o Brasil em 2021.

Biografia de Arthur Nory

arthur nory ginastica
Atleta paulista é esperança de medalha em Tóquio 2021

Arthur Nory começou a praticar ginástica artística com dez anos de idade, por influência da família. Sua mãe, Nadna Oyakawa, foi nadadora. Já o seu pai, Roberto Mariano, judoca.

O pequeno esportista também era judoca, mas decidiu concentrar esforços na ginástica a partir dos 11 anos. Seu primeiro clube foi o Pelezão, administrado pela prefeitura de São Paulo. Pouco tempo depois, se transferiu para o Pinheiros.

Já focado na vida de ginasta, Nory treinava em todos os aparelhos para melhorar a sua performance na categoria individual geral (solo, salto, barra fixa, paralelas, argolas e cavalo com alças). Sua rotina de treinamento era de sete horas diárias.

Em 2016, tornou-se terceiro-sargento. Integrou o Comando da Aeronáutica (COMAER) e o Programa de Atletas de Alto Rendimento.

História de Arthur Nory

O primeiro resultado expressivo de Arthur Nory na carreira foi um quarto lugar na categoria “salto sobre cavalo” nos Jogos Olímpicos da Juventude 2010.

Três anos depois, já mais acostumado às competições internacionais, faturou o bronze na categoria “solo” da Copa do Mundo 2013 – Etapa de Doha.

Em 2015, bateu na trave ao conquistar a prata na categoria “equipe” do Pan-Americano de Toronto, no Canadá, mas já demonstrando o seu potencial como atleta. Ainda no mesmo ano, levou o ouro na categoria “barra fixa” da Copa do Mundo – Etapa de Osijek

Amplie seu conhecimento sobre ginástica artística:

Arthur Nory em 2016

ginastica artistica brasil
Ginasta em ação nas barras paralelas

Nory se mostrou ao mundo, de fato, em 2016. Um ano que certamente ficará marcado para sempre na memória do paulista de Campinas!

O esportista colecionou três performances bem-sucedidas na Copa do Mundo: prata em “individual geral” na Etapa de Glasgow, bronze em “equipe” na Etapa de Stuttgart e ouro em “salto sobre cavalo” na etapa de São Paulo.

Para coroar a temporada, Nory surpreendeu o mundo ao levar o bronze na categoria “solo” dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Arthur Nory em 2019

O ano de 2019 também foi mágico para o ginasta, que faturou três medalhas no Pan-Americano de Lima, no Peru. Arthur Nory conquistou uma prata no “individual geral”, outra prata na “barra fixa” e o ouro por “equipes”.

Já no Mundial de Ginástica Artística, o atleta subiu ao lugar mais alto do pódio na “barra fixa”, alcançando as primeiras colocações do ranking mundial.

Medalhas de Arthur Nory

  • 2013 – Prata na Copa do Mundo Etapa Doha (solo)
  • 2015 – Prata no Pan-Americano de Toronto (equipe)
  • 2015 – Ouro na Copa do Mundo Etapa Osijek (barra fixa)
  • 2016 – Bronze na Copa do Mundo Etapa Stuttgart (equipe)
  • 2016 – Bronze na Olimpíada do Rio (solo)
  • 2016 – Prata na Copa do Mundo Etapa Glasgow (individual geral)
  • 2016 – Ouro na Copa do Mundo Etapa São Paulo (salto sobre cavalo)
  • 2017 – Bronze na Copa do Mundo Etapa Varna (solo)
  • 2019 – Prata no Pan-Americano de Lima (individual geral)
  • 2019 – Prata no Pan-Americano de Lima (barra fixa)
  • 2019 – Ouro no Pan-Americano de Lima (equipe)
  • 2019 – Ouro no Mundial de Ginástica de Stuttgart (barra fixa)

Polêmicas de Arthur Nory

arthur nory polemica
Ginasta se envolveu em uma polêmica em 2015

Em 2015, os ginastas Arthur Nory, Fellipe Arakawa e Henrique Flores foram protagonistas de um caso de racismo que ganhou repercussão nacional.

Os três esportistas utilizaram o aplicativo Snapchat para realizar uma brincadeira de mau gosto com o companheiro de seleção Ângelo Assumpção.

A Confederação Brasileira de Ginástica suspendeu os atletas por 30 dias. No período, eles não puderam disputar torneios e nem receber incentivos financeiros.

O caso parou na justiça, mas, após audiência e depoimentos dos envolvidos, foi arquivado. Em 2016, Assumpção admitiu que não havia perdoado Nory por completo, pois as atitudes do colega eram recorrentes.

Já Arthur disse que ficou profundamente arrependido. Segundo o ginasta, a situação o perturbou e ainda o perturba atualmente.

Curiosidades sobre Arthur Nory

  • Altura: 1,69m
  • Peso: 70kg
  • Clube: Pinheiros
  • Especialidades: barra fixa e solo
  • Aos seis anos, treinou judô no Palmeiras e alcançou a faixa laranja
  • Treinou judô e ginástica artística ao mesmo tempo até os 11 anos
  • Cultivou o gosto pela ginástica vendo a sua irmã mais velha treinar
  • Se inspira nos atletas Diego Hypólito e Daiane dos Santos
  • Sua principal meta no momento é ser campeão olímpico
  • Vencedor da categoria Melhor Atleta do Ano do Prêmio Brasil Olímpico 2019
  • Vencedor da categoria Melhor Ginasta do Ano do Prêmio Brasil Olímpico 2019

Agora que você sabe tudo sobre Arthur Nory, que tal conferir outros textos da Esportelândia? Falamos sobre tudo que você imaginar!

*Última atualização em 24 de março de 2020

Comentários

Salvar