Tudo sobre a Série B do Campeonato Brasileiro: todos os campeões, a lista completa dos artilheiros e os clubes grandes que já caíram

A Série B do Campeonato Brasileiro é uma competição única. Só ela, afinal, é capaz de por frente a frente clubes grandes que caíram, pequenos emergentes e tradicionais em busca de uma renovação.

Se não é tão democrática quanto a Série D ou tão diversa quanto a Série C, é possivelmente o mais transformador campeonato nacional. Estamos falando de um torneio que dá vagas à Série A, afinal de contas.

Essa luta por um lugar no topo do futebol brasileiro já ocasionou momentos inesquecíveis, motivou batalhas épicas e fez nascer equipes campeãs. No texto a seguir, resgatamos a história da Série B, assim como seus campeões, seus artilheiros, seus recordes e muito mais.

História da Série B do Campeonato Brasileiro

Imagem do Vila Nova, primeiro campeão da Série B
O Villa Nova-MG foi o campeão da primeira Série B do Campeonato Brasileiro (Reprodução/Almanaque do Villa)

A história da Série B é intimamente ligada à formação do Campeonato Brasileiro como conhecemos hoje. A primeira edição da segundona, por exemplo, se dá justamente no ano do primeiro esboço de um torneio nacional unificado.

Fato curioso: o nome do torneio era Campeonato Brasileiro da Primeira Divisão. A Série A, para você que deve estar se perguntando, era o Campeonato Brasileiro da Divisão Extra.

No ano seguinte, novo nome. Enquanto a elite era o Campeonato Nacional de Clubes, a segundona era o Campeonato Nacional de Clubes da Segunda Divisão.

Em 1973, a competição nem nome teve. Foi extinta para supostamente tornar o CNC mais democrático e fazer de um único torneio nacional. Só voltaria a acontecer sete anos depois. Ou quase isso.

A era Taça de Prata da Série B do Campeonato Brasileiro

Em 1980, estreia a milionésima versão Brasileirão, a Taça de Ouro um torneio extenso e meio maluco, pelo menos se comparado aos disputados hoje em dia. Isso porque suas vagas eram definidas pelos Estaduais… do ano anterior.

Assim, para as equipes bem classificadas regionalmente mas não tão bem ao ponto de irem à Taça de Ouro, passa-se a jogar, junto dela, a Taça de Prata. Junto não, antes: a Taça de Prata era, ao mesmo tempo, uma segunda divisão e uma qualificatória para a Taça de Ouro do mesmo ano.

Houve ainda o período, entre 1986 e 1987, que a Segunda Divisão foi restrita ao reles “Torneio Paralelo”, que oficialmente fazia parte da Primeira Divisão, como uma espécie de qualificatório.

Somente em 1988, com o advento do sistema de divisões do futebol brasileiro, que a Série B passou a ser um torneio regular. Dentro do parâmetro brasileiro, pelo menos. Dali até 2006, foram diversos regulamentos, diferentes números de rebaixados, de times que sobem, enfim.

A era dos pontos corridos da Série B do Campeonato Brasileiro

Então, em 2006, a CBF anuncia a última mudança na estrutura da Série B do Campeonato Brasileiro: 20 times, pontos corridos em dois turnos, quatro acessos, quatro rebaixamentos. Em outras palavras, competição com a qual estamos acostumados hoje em dia.

Quais times grandes já caíram para a Série B?

  • Grêmio (1991, 2004)
  • Fluminense (1997)
  • Palmeiras (2002, 2012)
  • Botafogo (2002, 2014)
  • Atlético Mineiro (2005)
  • Corinthians (2007)
  • Vasco da Gama (2008, 2013, 2015)
  • Internacional (2016)
  • Cruzeiro (2019)

Quem é o maior campeão da Série B?

Imagem da comemoração do Bragantino na Série B de 2019
(Lucas Figueiredo/CBF)

No posto de maior campeão da história da Série B, temos um empate sétuplo. América-MG, Bragantino, Coritiba, Goiás, Palmeiras, Paraná e Paysandu tem dois títulos cada.

Se houvesse um ranking de vencedores da Segundona, Coritiba e Goiás, com dois títulos e um vice-campeonato cada, estariam na liderança.

Regulamento da Série B

Desde 2006, a Série B do Campeonato Brasileiro tem a fórmula de disputa similar ao da Série A. São 20 times na disputa por pontos corridos e todos se enfrentam em duas oportunidades, turno e returno.

Os quatro primeiro colocados conquistam o acesso à Série A; os quatro últimos são rebaixados para a Série B.4

Qual a maior pontuação de um campeão da Série B?

Imagem da comemoração do Corinthians no título da Série B de 2008
(Rodrigo Coca / Futura Press)

Foi o Corinthians, em 2008, quem fez a maior pontuação de um campeão da Série B. O Timão liderou aquela edição de ponta a ponta e terminou a 38ª rodada com 85 pontos, um recorde até hoje.

Quem chegou mais perto da marca corintiana foi a Portuguesa. Em 2011 a equipe — que então recebeu o apelido de “BarceLusa” pelo estilo de jogo ofensivo — somou 81 pontos na Segundona.

Qual a menor pontuação para subir para a Série A?

Se baseada unicamente no histórico da Série B, a menor pontuação para subir para a Série A é de 59 pontos. O Vitória, em 2007, conquistou o acesso com esse número.

Agora, se considerarmos a média da última década, a pontuação mais “segura” para subir para a Série A é de 63 pontos.

Onde assistir à Série B?

Você pode assistir à Série B nos canais do Grupo Globo. Os jogos de destaque da rodada são transmitidos no SporTV, geralmente às terças e sextas. A rodada completa é transmitida no Premiere, o pay-per-view da emissora.

Vá além do Futebol:

Lista de todos os campeões da Série B

  • 1971 – Villa Nova-MG
  • 1972 – Sampaio Corrêa
  • 1980 – Londrina
  • 1981 -Guarani
  • 1982 – Campo Grande
  • 1983 – Juventus-SP
  • 1984 – Uberlândia
  • 1985 – Tuna Luso
  • 1988 – Inter de Limeira
  • 1989 – Bragantino-SP
  • 1990 – Sport
  • 1991 – Paysandu
  • 1992 – Paraná
  • 1994 – Juventude
  • 1995 – Atlético Paranaense
  • 1996 – União São João-SP
  • 1997 – América-MG
  • 1998 – Gama
  • 1999 – Goiás
  • 2000 – Paraná*
  • 2001 – Paysandu
  • 2002 – Criciúma
  • 2003 – Palmeiras
  • 2004 – Brasiliense
  • 2005 – Grêmio
  • 2006 – Atlético Mineiro
  • 2007 – Coritiba
  • 2008 – Corinthians
  • 2009 – Vasco da Gama
  • 2010 – Coritiba
  • 2011 – Portuguesa
  • 2012 – Goiás
  • 2013 – Palmeiras
  • 2014 – Joinville
  • 2015 – Botafogo
  • 2016 – Atlético Goianiense
  • 2017 – América-MG
  • 2018 – Fortaleza
  • 2019 – Bragantino-SP
  • 2020 – Chapecoense

*Campeão do Módulo Amarelo da Copa Havelange. Não reconhecido pela CBF

Artilheiros da Série B do Campeonato Brasileiro

Ano Jogador Gols Time
1971 Rubilota 4 Remo
1972 Pelezinho 8 Sampaio Corrêa
1980 Osmarzinho 12 Botafogo-SP
1981 Jorge Mendonça 11 Guarani
1982 Luisinho 10 Campo Grande
1983 Lima 9 Operário-MS
1984 Dadinho 6 Remo
1985 Paulo César
Guilherm
6 Tuna Luso
Figueirense
1991 Cacaio 14 Paysandu
1992 Saulo 12 Paraná
1994 Baltazar
Mário
11 Goiás
Juventude
1995 Oséas 14 Atlhetico Paranaense
1996 Maurício 13 Santa Cruz
1997 Tupãzinho 13 América-MG
1998 Gauchinho 13 XV de Piracicaba
1999 Uéslei 25 Bahia
2000 Adhemar 16 São Caetano
2001 Sérgio Alves 21 Ceará
2002 Vinícius 22 Fortaleza
2003 Vágner Love 19 Palmeiras
2004 Rinaldo 14 Fortaleza
2005 Reinaldo 16 Santa Cruz
2006 Vanderlei 21 Gama
2007 Alessandro 25 Ipatinga
2008 Túlio Maravilha 24 Vila Nova-GO
2009 Elton
Marcelo Nicácio
Rafael Coelho
17 Vasco da Gama
Fortaleza
Figueirense
2010 Alessandro 21 Ipatinga
2011 Kieza 21 Náutico
2012 Zé Carlos 27 Criciúma
2013 Bruno Rangel 31 Chapecoense
2014 Magno Alves 18 Ceará
2015 Zé Carlos 19 CRB
2016 Bill 15 Ceará
2017 Bérgson
Mazinho
16 Paysandu
Oeste
2018 Dagoberto 17 Londrina
2019 Guilherme 17 Sport
2020 Caio Dantas 17 Sampaio Corrêa

Qual o maior artilheiro da história da Série B?

Imagem de Zé Carlos, maior artilheiro da Série B, em atuação pelo Criciúma
(Divulgação/Criciúma)

O atacante Zé Carlos é o maior artilheiro da Série B que se tem registro. Atuando principalmente por Criciúma e CRB, o “Zé do Gol” alcançou a marca dos 92 gols em 2018.

Já o centroavante Bruno Rangel é o maior goleador de uma única edição da Série B. Foram 31 gols marcados pela Chapecoense, em 2013.

Recordes da Série B

  • A melhor campanha da história da Série B do Campeonato Brasileiro foi a do Corinthians, em 2008, que somou 85 pontos.
  • O recorde de gols em uma única edição da Série B pertence a Bruno Rangel, que marcou 31 em 2013.
  • A maior goleada da história da Série B aplicada pelo Paulista de Jundiaí. O time fez 9 a 0 no Paysandu em 2006.
  • O maior público registrado na Série B foi o da partida entre Vasco e Juventude, em 2009. 81.904 pessoas foram ao Maracanã.
  • Os times com mais participações na Série B do Campeonato Brasileiro são Ceará e CRB. Cada um esteve em 30 edições da competição.
  • A cidade de São Paulo é aquela com mais times vencedores da Série B. São cinco títulos paulistanos.

Depois de conhecer tudo sobre a Série B do Campeonato Brasileiro, aproveite para conferir outros conteúdos sobre futebol:

* Última atualização em 29 de janeiro de 2021

Salvar