A Superliga Feminina de Vôlei 2023/24 começou nesta terça-feira (7). Ao todo, são 12 equipes brigando pelo título ao final da temporada.

O estado com mais equipes representantes é São Paulo, com cinco: Osasco São Cristóvão, Barueri Vôlei, EC Pinheiros, Sesi Bauru e AA São Caetano. Em seguida, vem o Rio de Janeiro, com duas equipes: Fluminense e Sesc Flamengo.

Minas Gerais também conta com duas equipes: Dentil Praia Clube e Gerdau Minas. E três estados têm um representante cada. Brasília Vôle é do Distrito Federal, enquanto Unilife Maringá é do Paraná e Bluvôlei FURB SME, de Santa Catarina. Veja todas elas.

Brasília Vôlei

  • De Brasília, a equipe manda seus jogos no Sesi Taguatinga.
  • O Brasília Vôlei terminou em 10º lugar na temporada anterior da Superliga Feminina de Vôlei.
Brasília Vôlei
Brasília Vôlei

Dentil Praia Clube

  • O Dentil Praia Clube atua na Arena Dentil.
  • Na temporada anterior, o Praia Clube conquistou seu segundo título na Superliga Feminina de Vôlei.
Conheça as equipes da Superliga Feminina 2023/24
Dentil Praia Clube

Gerdau Minas

  • De minas Gerais, a equipe manda suas partidas na Arena UniBH.
  • Disputou a final da Superliga Feminina de Vôlei na temporada passada, mas perdeu para o Dentil Praia Clube.
Gerdau Minas
Gerdau Minas

Unilife Maringá

  • Seu Ginásio é o Chico Neto, no estado do Paraná.
  • Na última temporada da Superliga Feminina, não fez boa campanha e terminou na nona posição da competição.
Unilife Maringá
Unilife Maringá

Fluminense

  • A equipe atua no ginásio Hebraica, no Rio de Janeiro.
  • Chegou às quartas de final da Superliga Feminina na última temporada, mas perdeu para o Sesc Flamengo.
Fluminense
Fluminense

Sesc Flamengo

  • Manda seus jogos no Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro.
  • Após eliminar o Fluminense nas quartas de final, perdeu para o Dentil Praia Clube e foi eliminado.
Flamengo
Flamengo

Bluvôlei FURB SME

  • A equipe de Santa Catarina manda seus jogos no ginásio Galegão.
  • Foi promovida à Série A da Superliga Feminina de Vôlei.
Bluvôlei
Bluvôlei

Barueri Vôlei

  • A equipe é de Barueri e seu ginásio é o José Corrêa.
  • Na última temporada, foi até as quartas de final na Superliga Feminina de Vôlei.
Barueri Vôlei
Barueri Vôlei

AA São Caetano

  • Seu ginásio, em São Paulo, é conhecido como Milton Feijão.
  • A equipe também foi promovida à Série A da Superliga Feminina de Vôlei.
São Caetano
São Caetano

EC Pinheiros

  • O EC Pinheiros atua no ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo.
  • Caiu nas quartas de final na temporada passada, após derrota para o Osasco.
Pinheiros
Pinheiros

Osasco São Cristóvão

  • De São Paulo, o Osasco São Cristóvão manda seus jogos no ginásio José Liberati.
  • Após passar pelo EC Pinheiros nas quartas, perdeu para o Gerdau Minas na semifinal.
Osasco
Osasco

Sesi Bauru

  • Por fim, o Sesi Bauru atua na Arena Paulo Skaf, em São Paulo.
  • Foi até as quartas de final na última temporada da Superliga Feminina de Vôlei.
Sesi
Sesi