A saber, o Big Wave Awards, patrocinado pela Red Bull, premia aqueles surfistas que tenham surfado a maior e mais incrível onda.

Assim, durante a premiação existem quatro categorias:

  • Surfista do ano no estilo Tow ou Paddle: Este prêmio é um reconhecimento para aquele surfista que se destacar com o maior nível técnica e comprometimento de ondas grandes.
  • Performance do ano: Em seguida, dessa vez o prêmio vai para aquele surfista que conseguir surfar o maior número de ondas durante a janela de submissão.
  • Maior onda no estilo Tow: Sendo auto explicativo, dessa vez aquele surfista que conseguir pegar a maior onda, vence. Nesse sentido, o critério de avaliação gira em torno das imagens e vídeos disponíveis para análise. Em suma, o estilo “Tow” é aquele em que o atleta vai para a onda por meios como helicópteros ou o mais comum, jet-ski.
  • Maior onda no estilo Paddle: Similar ao supracitado, o que difere esta categoria para a anterior é que o surfista vai para a onda remando.

Além disso, todas as premiações são para a categoria feminina e masculina.

Vencedores do prêmio de surfistas do ano

Com grandes competidores como Kai Lenny, um dos melhores surfistas de big wave atualmente, Grant Baker e Connor Maguire, o vencedor foi o americano Peter Mel. Então, nascido em um dos berços do surf californiano, em Santa Cruz, Peter venceu o prêmio ao surfar a lendária Mavericks. Em 8 de janeiro de 2021.

Foto destaque: Divulgação/ Making Waves

Além dele, a surfista do ano foi a francesa Justine Duport, que conquistou o título ao surfar no lugar em um dos lugares em que as maiores ondas do mundo são encontradas, em Jaws, no Havaí. Por fim, derrotou verdadeiras competidoras como Paige Alms, Maya Gabeira, Keala Kennely e Michelle de Bouillons.

Foto destaque: Divulgação/ Surfline

Vencedores de performance do ano

Bem como é supracitado, a francesa Justine Dupont venceu na categoria de surfista do ano feminina. Nesse sentido, também foi nomeada com a melhor performance do ano, pela atuação na janela de submissão em Jaws. Por outro lado, quem venceu dessa vez o prêmio do lado masculino do confronto foi Kai Lenny, onde também se destacou na mesma localidade que Justine, no Havaí.

Vencedores na categoria maior onda no estilo tow

Antes de mais nada, o estilo tow como é supracitado, é aquele que os surfistas utilizam meios de locomoção para chegar à onda, como jet-ski. Então, o vencedor na categoria masculina foi Sebastian Steudtner. O alemão surfou no local em que as maiores ondas são vistas, em Nazaré, Portugal, em 29 de outubro de 2020.

Foto destaque: Divulgação/ Word Surf League

Dominando todas as categorias até então, a surfista que venceu o prêmio de maior tow foi Justine Duport, com esta soma três vitórias na premiação.

Vencedores da maior onda no estilo Paddle

Em suma, o último vencedor da noite foi Kai Lenny. O mesmo venceu o prêmio de performance do ano. Assim o atleta venceu pela sua atuação no spot do Havaí, nomeado Jaws. Por outro lado, dessa vez a francesa não foi a vencedora, já que quem levou a melhor foi Paige Almes, em uma localidade atípica comparado aos outros locais. No dia 11 de janeiro de 2021, a havaina surfou em Todos Santos, no México.

Foto destaque: Divulgação/ Surfline

Enfim, o replay do Red Bull Big Wave Awards está disponível no site da World Surf Lague.

Foto em destaque: Divulgação/ City Life Org