Antes de mais nada, a classificatória do Tampa Pro para a semifinal aconteceu neste sábado (16). Assim, a final acontece neste domingo (17). Além disso, atletas que já venceram a competição tem vaga direta na semifinal.

Como funcionou o critério de avaliação dos atletas

A saber, cinco juízes avaliam a volta do skatistas e aplicam a nota baseando no grau de dificuldade das manobras, utilização do percurso, estilo de execução, originalidade e consistência. Logo, o atleta tinha duas oportunidades para pontuar.

Além disso, a nota mais alta e a mais baixa eram descartas e as outras três eram utilizadas como média.

Classificatórias para a semifinal do Tampa Pro 2021

Acima de tudo, eram 58 atletas competindo para garantir uma vaga no top 10, onde acontece o corte e quem está dentro da margem, estaria qualificado para a semifinal. Foram cinco baterias com sete em cada.

Ou seja, o atleta que tivesse mais criatividade e fluidez teria a vantagem na disputa. Alguns skatistas  não conseguiram se classificar no top-10, como foi o caso do campeão da etapa da SLS de South Lake City, Gustavo Ribeiro. Porém, conseguiu um lugar na semi-final, já que 42 atletas avançam.

Quem estava nas primeiras baterias quase não conseguiram se manter, já que os que vinham depois podiam bater a pontuação e consequentemente, eliminar. Por outro lado, um dos destaques vai para o japonês Kairi Netsuke, que estava na segunda bateria e mesmo assim permaneceu vivo para a semifinal.

Foto destaque: Divulgação/ Instagram / Skatepark of Tampa

Além dele, Jamie Foy que também estava na bateria dois conseguiu a vaga em 6° lugar, com 78.11 pontos. Nesse sentido, o único dos primeiros 14 atletas que garantiu vaga na semi foi o canadense Micky Papa, permanecendo abaixo de Foy com 77.58.

Enfim, dois brasileiros garantiram sua participação ao ficar com o 1° e 2° lugar, sendo um deles o medalhista olímpico Kelvin Hoefler e o outro, Lucas Rabelo. Em suma, ultrapassaram os 80 pontos.

Algumas menções honrosas ficam com a Pâmela Rosa e Felipe Nunes, ambos por se destacarem em um meio mais limitado. A saber, Pâmela por participar de um campeonato majoritariamente masculino, e Felipe por ser debilitado fisicamente, não possui as pernas.

Classificados entre os 10 primeiro

. 1 Kelvin Hoefler – 82. 50 pontos

. 2 Lucas Rabelo – 81.34 pontos

. 3 Kairi Netsuke – 80.33 pontos

. 4 Chris Joslin – 79.32 pontos

. 5 Robert Neeal – 78.53 pontos

. 6 Jamie Foy – 78.11 pontos

. 7 Micky Papa – 77.58 pontos

. 8 Eli Williams – 75.75 pontos

. 9  JP Souza – 74.38 pontos

. 10 Ryan Decenzo – 74.17 pontos

Foto destaque: Reprodução/ Skate Vale Brasil