De fato, o Primeiro Campeonato Natural Bodybuilding do Brasil é algo que todos os fãs do esporte estão ansiosos para ver.

Organizado pela federação INBA Brazil, controlada pelo Marcelo Bueno, este evento será um marco para o culturismo nacional.

Além de contar com exames antidoping e um controle total sobre qualquer tipo de ergogênico. Há todo um cuidado com o atleta e com a torcida, sendo assim, fatores que fazem desse um show ainda mais especial.

Assim, vale a pena conhecer um pouco mais sobre o evento e todas as regras presentes para que tudo ocorra da melhor maneira possível.

Conheça mais do Primeiro Campeonato Natural Bodybuilding 

Como o próprio nome já sugere, essa será a primeira edição do Campeonato Natural Bodybuilding no Brasil.

Caso queria conhecer melhor toda a história por trás da criação da federação no país e deste evento, basta clicar aqui.

Entretanto, vale mencionar que após anos competindo em shows para naturais fora do Brasil, trazer um deles para o nosso país foi um dos grandes feitos na carreira de Marcelo Bueno.

Assim, o mesmo afirma que este será um marco para o fisiculturismo.

Este é um evento que vai marcar o nosso esporte, todos estão muito felizes. Os atletas estão radiantes, vai ser uma festa.

Saiba quais são as categorias que estarão presentes no evento

Antes de mais nada, um evento de fisiculturismo não acontece sem as categorias que separam os atletas.

Assim, o Campeonato Natural Bodybuilding terá mais de 10 categorias, incluindo as femininas e as masculinas.

Vale destacar que  além das classes já comuns no culturismo, o evento contará com a “Superação”, para pessoas que venceram obstáculos impostos pela vida, como obesidade e doenças.

Assim, confira abaixo todas as categorias masculinas presentes no show:

  • Bodybuilding;
  • Classic Physique;
  • Men’s Physique;
  • Especial;
  • Especial cadeira de rodas;
  • Superação;
  • Sport Model.

Continuando, conheça quais são as categorias femininas que estarão no evento da INBA Brazil:

  • Bikini Divas;
  • Figure;
  • Wellness
  • Especial;
  • Especial cadeira de rodas;
  • Superação;
  • Sport Model.

Por fim, ainda há a presença da categoria Transição, feita para pessoas que já utilizaram hormônios, porém desejam voltar a ser naturais.

Para poder participar desta última, o atleta precisa estar por dois anos sem nenhum esteroide anabolizante.

Mais de 50 atletas já são esperados no evento, assim como influenciadores do ramo

Marcelo Bueno afirmou que mais de 50 atletas já estão confirmados na competição de naturais.

Inegavelmente, este número pode fazer com que o evento supere até mesmo outros shows que de fisiculturismo. Este fator acaba mostrando a falta que fazia um campeonato desse tipo no Brasil.

Além dessas dezenas de competidores, o Natural Bodybuilding poderá ter a presença de youtubers e influenciadores do meio fitness do Brasil.

Ao passo que o presidente da federação afirmou que esteve conversando com alguns nomes para irem prestigiar o campeonato.

Mecânicas que serão utilizadas para saber se o atleta é natural 

Primeiramente, muitos podem ficar com um pé atrás de competir em um campeonato desse tipo por não saberem se seu adversário é, de fato, natural.

Diante disso, Marcelo afirma não haver riscos, já que o evento disponibilizará diversas ferramentas para tal controle.

Sobretudo, uma das formas de evitar tal ocorrência será pelo teste antidoping. Semelhantemente, em alguns campeonatos, a organização terá um teste de polígrafo, para detectar mentiras.

Nós teremos um termo de responsabilidade que afasta  todos que querem burlar o antidoping. Esse documento vai ser assinado pelo atleta. Nele irá conter uma multa de R$5 mil caso o teste dê positivo para drogas, ele terá o Hall of Shame, que autoriza a imagem do atleta a ser divulgada nas redes sociais. Além disso, há um gancho de dois anos na primeira vez que for pego e, caso isso se repita, ele será expulso da federação.

A arbitragem experiente do Natural Bodybuilding

Da mesma forma como funciona a arbitragem dos campeonatos organizados pela SPFF, Ale Canova será o diretor no caso dos eventos de naturais.

Alex, presidente da SPFF, junto com Marcelo Bueno

Já tendo experiência o suficiente no meio do culturismo, Ale, com sua esposa, certamente deve fazer um ótimo trabalho no show da INBA.

Entretanto, vale dizer que os planos são de ministrar um próprio time de arbitragem da federação natural.

A partir de junho vamos estar formando a própria arbitragem da INBA aqui no Brasil. A partir do sexto mês do ano teremos cursos para pessoas que queiram designar essa profissão.

Outro ponto importante sobre os árbitros do campeonato é que eles, junto com os seguranças, podem expulsar qualquer pessoa que faça alguma brincadeira com os atletas naturais.

O pessoal que tira sarro do fisiculturista natural não entra no nosso evento. Se tiver alguma chacota, qualquer desrespeito, os seguranças vão tirá-lo do local.

Ainda é importante ressaltar que esta federação não terá apenas campeonatos. Assim, ela oferecerá cursos para atletas e coachs. Além de também contar com palestras educacionais.

Nós temos cursos que vão formar atletas e coachs que vão ser certificados pela INBA, ABCD e pela Universidade Ítalo Brasileira. E também personais e fisioterapeutas poderão participar. É um movimento que a gente já faz com palestras em escolas e universidades justamente para jovens que ainda não tiveram contato com anabolizantes.

As grandes expectativas para o evento

Assim, diante de todas as informações sobre o Primeiro Campeonato Natural Bodybuilding do Brasil, vale dizer que as expectativas são grandes.

O evento, que acontecerá no dia 02 de abril, no Teatro Ítalo Brasileiro, em Santo Amaro, poderá receber dezenas de pessoas para compor a torcida dos atletas.

Finalmente, Marcelo Bueno contou um pouco sobre suas expectativas para o primeiro campeonato para fisiculturistas naturais no Brasil.

É lógico que vai ser uma grande festa, todos os atletas estão super ansiosos, bem felizes. Na realidade, é um evento que vai marcar a história do nosso esporte. Vai ser uma festa.