Em suma, o fisiculturismo tem o poder de apresentar histórias incríveis como a de Elias Rocha.

Também conhecido como Super Choque, o jovem enfrentou grandes desafios para tornar o seu sonho uma realidade.

Assim, o atleta de fisiculturismo concedeu entrevista exclusiva contando como foi toda sua jornada até o seu primeiro evento.

A mudança de cidade mostrou uma nova realidade

Em suma, não é incomum encontrar pessoas que buscam uma vida melhor em cidades grandes como São Paulo. Inclusive, Elias Rocha passou por isso.

Natural de Sabará, Minas Gerais, o jovem não via muito futuro no interior e decidiu começar uma vida nova, sozinho, na capital paulista.

Antes de mais nada, vale dizer que, além de buscar mais chances profissionais, sua visão já estava voltada para o culturismo.

O esporte em Sabará é bem fraco, não tem nada.  Eu tinha que ficar viajando para outros lugares. Aí eu decidi me mudar porque é isso que eu amo.

Chegando em São Paulo, Elias se viu diante de uma situação complicada. Sem dinheiro e emprego, ele teve que procurar algo para se sustentar.

Me falaram que quando eu chegasse em São Paulo eu ia arranjar trabalho né, mas não foi assim.  Quando o dinheiro estava acabando eu fui comprar umas balas para vender no farol.

Diante disso, Elias teve que esquecer um pouco o esporte para focar em um jeito de conseguir sobreviver na cidade grande.

Elias Rocha não imaginava o que a venda de balas poderia lhe proporcionar

Logo depois de iniciar suas vendas em faróis espalhados pela capital, Elias viu uma oportunidade de ser reconhecido.

Teve um dia que o Med (influenciador da marca 3VS) lançou uma oportunidade no Instagram junto com Cyro. Eu mandei mensagem e conversei com o Med, e ele queria me conhecer melhor.

Assim, em agosto de 2021, Cyro Bokermann foi até o farol onde Elias costumava realizar suas vendas e, segundo o atleta, eles o consideraram como um grande potencial.

A preparação para o Novice Open 2022

Tendo em vista a proximidade do Cyro com a federação SPFF, o campeonato Novice Open 2022 foi o escolhido para sua competição.

Assim, tanto o atleta quanto seu coach, Cyro, entraram em uma preparação para irem o melhor possível no show.

A preparação foi bem corrida, mas foi boa, gostei e sofri bastante, ainda mais no final. Ficar sem água e sem comer foi bem difícil.

Por fim, após uma batalha pelo top 2 no show, o competidor afirmou estar empolgado para o seu próximo evento.

Fotos: Bendet / supershock_nk