Nos próximos dias, o lendário nome de Niki Lauda, tricampeão de Fórmula 1 que nos deixou em 2019, receberá uma homenagem um tanto quanto extraordinária no cenário do Dakar.

Veja também: Ataque de piratas atrapalha brasileiro em campeonato mundial de automobilismo

Seu filho, Lukas Lauda, irá protagonizar uma simples, porém altamente notória, homenagem ao seu pai quando pilotará o volante de um buggy que ostenta a pintura da marcante McLaren que Niki usou na conquista de seu último título na F1, em 1984.

Buggy irá homenager Niki Lauda no Dakar

O buggy irá carregar consigo o legado de Niki Lauda para outro esporte por meio das cores e do legado sanguíneo, representador pelo seu filho.

De pai para filho: a linda homenagem para Niki Lauda no Dakar
Lukas Lauda & Motorsport Images

Lukas também usará um capacete que replica as cores da temporada vitoriosa, incluindo o lendário logo da Marlboro, recriando a atmosfera lendária das pistas nos anos 80.

De pai para filho: a linda homenagem para Niki Lauda no Dakar
Southracing

Para aqueles que não se recordam. A McLaren MP4/2 de 1984 foi muito além do status de mero carro, afinal, ela era uma máquina destinada para as conquistas e controlada pelas mãos de um dos maiores nomes do esporte.

De pai para filho: a linda homenagem para Niki Lauda no Dakar
Motorsport Images

Sob a batuta de Lauda e Alain Prost, a equipe britânica conquistou 12 Grandes Prêmios, assegurando o título. Na mesma temporada, Niki Lauda ainda foi o grande campeão, com cinco vitórias, superando Prost por uma margem mínima de meio ponto.

O feito ficou marcado como um dos duelos mais intensos da história da Fórmula 1, já que Prost acabou conquistando sete vitórias naquela temporada. Essa ainda é a menor diferença já registrada em uma disputa pelo título na categoria.

De pai para filho: a linda homenagem para Niki Lauda no Dakar
Motorsport Images

Niki Lauda no Dakar: o sangue do filho representando um dos maiores da história

Vale dizer que essa será a estreia de Lukas Lauda no Dakar, uma das competições mais emocionantes e complicadas do automobilismo mundial.

Até 2022, o filho de Niki estava concentrado apenas no gerenciamento esportivo. Porém, Lukas decidiu, em 2022, trilhar o caminho do seu pai como piloto.

Seu talento, que com certeza provém de certo nível hereditário, agora terá de ser colocado a prova no colossal desafio das areias do deserto, aonde ele irá carrega a memória e o espírito de um dos maiores ícones da história da F1.

De pai para filho: a linda homenagem para Niki Lauda no Dakar

Veja também: Ferrari supera Red Bull em testes de pré-temporada e acende rivalidade em 2024