Após terminar o GP da Rússia, no último domingo (26) em 14º lugar, o piloto da Alpine, Esteban Ocon, lamentou o desempenho ruim em Sochi. O francês declarou que este foi “um de seus domingos mais difíceis do ano” para ele.

Neste último domingo, aconteceu o Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1. E o desempenho da escuderia francesa Alpine não foi dos melhores. Enquanto o espanhol Fernando Alonso chegou a brigar pelo pódio em certo momento da corrida (apesar de ter terminado em 6º lugar), o francês Esteban Ocon amargou uma 14ª colocação final, longe do top 10.

Por isso, Ocon declarou, após a corrida, que este foi um dos piores domingos do ano:

Não foi uma boa corrida para nós hoje e, no geral, não tivemos ritmo em todo o fim de semana. Claro que é decepcionante não marcar pontos, especialmente quando houve uma oportunidade no fim em razão da chuva.

Entretanto, nem tudo foi ruim neste último domingo (26) para Esteban Ocon. Assim, o francês acredita “que o positivo foi o começo, que foi muito bom.” O dono do carro número 31 falou que conseguiu se manter em uma boa posição nas primeiras voltas, porém “depois disso foi estranho”. Vale lembrar que Ocon largou na 10ª posição.

Além disso, Esteban Ocon também analisou seu desempenho volta a volta:

Em termos de ritmo, perdemos muito tempo por volta em cada curva para o carro da frente, incapaz de me atacar ou me defender.

Por fim, o francês acredita que há muita coisa para corrigir antes do próximo Grande Prêmio, que será em Istambul, na TurquiaAlém de, claro, acreditar que seu desempenho será melhor no próximo domingo de corrida (que será no dia 10 de outubro).

Foto Destaque: Reprodução/Twitter/Alpine F1 Team

Salvar