O Campeonato Sul-Americano de Vôlei Feminino 2023 está ocorrendo em Recife até 23 de agosto. A saber, o torneio funciona em um formato de turno único.

Tradicionalíssima na modalidade tanto pela categoria feminina quanto na masculina, a Seleção Brasileira de voleibol feminina contêm 22 ouros e 11 pratas nesta competição.

Só para ilustrar, a equipe brasileira não perde essa competição desde 1993. Dentro disso, esta é uma forma importante de se preparar para Pré-Olímpico que acontece em setembro.

Confira onde assistir de graça ao Sul-Americano de Vôlei Feminino 2023 a seguir.

+ Gustavo Borges: biografia, medalhas, recordes e Olimpíadas

Equipes no Sul-Americano de Vôlei Feminino 2023

Em suma, o Campeonato Sul-Americano de Vôlei Feminino começou no último sábado (19).

De fato, está em pleno andamento em Recife, Brasil. O torneio, que iniciou no último dia 19, acontece até a próxima quarta-feira (23).

O conhecido ginásio Geraldão está recebendo os jogos desta edição e as duas primeiras rodadas já aconteceram, com vitória brasileira em ambas as partidas.

A Seleção Brasileira participa do torneio com Chile, Colômbia, Argentina e Peru. Torneio de tiro curto, de turno único.

Todas as equipes competem entre si em uma série de jogos nessas cinco rodadas.

A saber, não há mata-mata. O time com o maior número de pontos vence o Sul-Americano de Vôlei Feminino 2023.

Tradição da Seleção Brasileira de voleibol feminina no Campeonato Sul-Americano

(Divulgação/CBV) Brasil não perde no Sul-Americano de Vôlei Feminino desde 1993
(Divulgação/CBV) Brasil não perde no Sul-Americano de Vôlei Feminino desde 1993

A equipe brasileira é a maior vencedora da competição, com impressionantes 22 medalhas de ouro e 11 de prata.

Como dito, o Brasil não sabe o que é perder este torneio desde 1993, sendo superada pela Seleção Peruana na época.

+ Elisângela Adriano: a brasileira com mais participações no Mundial de Atletismo

Onde assistir todos os jogos do Sul-Americano de Vôlei Feminino 2023 de graça?

Apesar da soberania da Seleção Brasileira no torneio, este representa uma importante parte da preparação após derrota na Liga das Nações.

Afinal, a equipe precisa trabalhar pensando também no Pré-Olímpico que acontece em setembro.

A seguir, confira as partidas em cada uma das cinco rodadas disputadas nesse Sul-Americano de Vôlei Feminino 2023 no horário de Brasília.

Colocação Jogos Pontos Vitórias | Derrotas
1. Brasil 2 6 2 | 0
2. Colômbia 1 3 1 | 0
3. Argentina 2 3 1 | 1
4. Peru 1 0 0 | 1
5. Chile 2 0 0 | 2

1ª Rodada (19/08)

  • Argentina 3 x 1 Peru (25/16, 24/26, 25/23 e 25/19)
  • Brasil 3 x 0 Chile (25/13, 25/11 e 25/21)

2ª Rodada (20/08)

  • Chile 0 x 3 Colômbia (10/25, 24/26 e 13/25)
  • Brasil 3 x 0 Argentina (25/17, 25/16 e 25/17)

3ª Rodada (21/08)

  • Colômbia x Peru às 18h
  • Chile x Argentina às 20h30

4ª Rodada (22/08)

  • Argentina x Colômbia às 18h
  • Brasil x Peru às 20h30

5ª Rodada (23/08)

  • Peru x Chile às 18h
  • Brasil x Colômbia às 20h30

Por fim, para acompanhar o Sul-Americano de Vôlei Feminino 2023 e torcer pelo Brasil, a transmissão gratuita está acontecendo via canal de YouTube da Confederación Sudamericana de Voleibol.

Além disso, é possível ficar atualizado sobre a torneio pelo site e redes sociais da Esportelândia.

+ Sistemas Táticos do Voleibol: Guia com imagens e vídeos