Apesar de ter ainda uma história curta no voleibol brasileiro, o Sesi-SP já se estabelece como uma das principais potências do esporte no país. A equipe masculina já soma um título de Superliga masculina e feminina.

O time paulista ainda pode se orgulhar de ser campeão sul-americano tanto no torneio masculino quanto no feminino. Um feito assim é para poucos!

Confira a história do Sesi-SP.

Quando foi criado o Sesi-SP?

Em 2009, Serviço Social da Indústria de São Paulo, conhecido pela sigla Sesi-SP, passou a organizar equipes profissionais de vôlei. Não demorou para o time masculino se tornar uma das principais potências do esporte brasileiro. E, um pouco depois, ser criado também um time feminino.

História do Sesi-SP no vôlei masculino

Quem acompanha o voleibol masculino sabe que o Sada Cruzeiro tem dominado o esporte no Brasil nos últimos anos. Mas o Sesi-SP também merece um destaque especial.

Em 2011, o Sesi-SP se sagrou campeão da Superliga Masculina. Com o campeão olímpico Giovane como treinador, a equipe, que contava com Murilo, Serginho e Sidão, além da revelação Wallace, foi campeã brasileira ao derrotar o Sada Cruzeiro, no Mineirinho, em Belo Horizonte.

Na decisão, o time paulista fez 3 sets a 1 (25/19, 19/25, 27/25 e 25/17). Esse é apenas um dos motivos para o Sesi-SP ser considerado um dos grandes protagonistas do vôlei no país. Porém, o sucesso do time não se resume apenas ao território nacional.

No mesmo ano da conquista do título da Superliga Masculina, o Sesi-SP levou também o título do Campeonato Sul-Americano de vôlei. O sucesso do time masculino impulsionou a criação também de uma equipe feminina de voleibol pelo Sesi-SP.

Elenco do Sesi Bauru – Superliga Masculina 2023/24

Com o início de mais uma Superliga Masculina de Vôlei, as equipes começam a luta pelo título da competição, que tem grande importância no cenário do vôlei brasileiro. Veja, então, o elenco do Sesi Bauru, que tem em seu comando o técnico Marcos Miranda e busca fazer boa campanha.

Número Nome Posição
1 Juan Pablo Gama Levantador
5 Victor Marcelo Santos Líbero
9 Marcos Junior Oposto
10 Maicon José Leite Costa Meio
11 Thiago Veloso Levantador
13 João Vitor Santos Ponta
17 Luiz Fernando Andrada Daniel Ponta
21 Newton Fernandes Oposto

História do Sesi-SP no vôlei feminino

O título do time masculino na Superliga 2010/11 incentivou a criação da equipe feminina em 2011. O time de mulheres estreou em uma competição oficial no Campeonato Paulista e investiu pesado para a formação de um elenco forte para a disputa da Superliga Feminina em 2011/2012.

Foram contratadas jogadoras acostumadas a defender a Seleção Brasileira, como Dani Lins, Elisângela e Sassá. Os altos investimentos ainda permanecem, mas a equipe ainda não conquistou o tão sonhado título da Superliga Feminina. Atualmente, a equipe feminina atua com o nome de Sesi Vôlei Bauru.

A parceria entre Sesi e Bauru foi iniciada em 2018, ano em que o time de Bauru conquistou seu primeiro título do Campeonato Paulista.

Na temporada 2018/2019, o Sesi/Bauru entrou para a história do voleibol feminino ao eliminar o Sesc-RJ nas quartas de final da Superliga Feminina. Foi a primeira vez desde sua criação que o time de Bernardinho não chegou às semifinais da liga nacional.

Só para ilustrar, antes da queda nas quartas de final diante de Bauru, a equipe carioca havia alcançado uma série de 14 finais consecutivas da Superliga.

Elenco do Sesi Bauru – Superliga Feminina 2023/24

Chegou a hora de conhecer o elenco do Sesi Bauru para a disputa de mais uma Superliga Feminina de Vôlei! A equipe vem em busca de melhor campanha que na temporada anterior, quando caiu diante do Gerdau Minas.

Para isso, terá o técnico Marcos Miranda no comando. O profissional assumiu a equipe após a saída de Marcos Kwiek.

Número Nome Posição
1 Lyara Batista Levantadora
2 Leticia Hage Meia
3 Danielle Lins Levantadora
4 Aline Mossmann Ponta
5 Milena Miranda Ponta
6 Edinara Brancher Oposta
7 Larissa Gongra Meia
8 Franciane Richter Oposta
9 Mayhara Silva Meia
10 Maiara Basso Ponta
11 Karina Barbosa Ponta
12 Gabriela Candido Ponta
14 Juliana Perdigão Líbero
16 Katia Larissa Silva Meia
17 Leia Silva Nicolosi Líbero
18 Mayany Souza Meia

Qual a cidade do Sesi-SP?

O time paulista de voleibol do Sesi se divide entre duas cidades, já que as equipes masculina e feminina não têm a mesma sede. Enquanto o time masculino segue atuando na capital São Paulo, o time feminino joga no interior paulista, em Bauru.

Qual o nome do ginásio do Sesi-SP?

Assim como as cidades são distintas, os times masculino e feminino do Sesi atuam em ginásios diferentes. A casa do Sesi-SP é o Ginásio Marcello de Castro Leite, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo-SP. O local comporta 2 mil espectadores.

Já o Sesi Vôlei Bauru manda duas partidas no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru, também com capacidade para 2 mil pessoas.

Quantos títulos da Superliga de vôlei tem o Sesi-SP?

Em toda a sua história, o Sesi-SP conquistou um título da Superliga Masculina. O troféu foi levantado na temporada 2010/2011. Naquele ano, o time paulista era comandado por Giovane e contava com Murilo, Serginho e Sidão, além da revelação Wallace.

Na decisão, o Sesi-SP derrotou o Sada Cruzeiro, por 3 sets a 1 (25/19, 19/25, 27/25 e 25/17), no Mineirinho, em Belo Horizonte.

Sesi campeão da Superliga Masculina 2010-2011

O time masculino do Sesi-SP já disputou outras finais da Superliga Masculina, mas ainda busca seu bicampeonato.

Já o time feminino do Sesi ainda não tem títulos da Superliga. Sua única participação na final aconteceu em 2013/2014. Naquela temporada, a Unilever (atual Sesc-RJ) assegurou o nono título da Superliga ao vencer o Sesi-SP na grande final por 3 sets a 1, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

Embora jamais tenha sido campeão nacional, o time feminino do Sesi venceu o Campeonato Sul-Americano 2014, ao vencer o Molico/Osasco. Ademais, ganhou a Supercopa 2022, Copa Brasil 2022 e é bicampeão da Copa São Paulo e Campeonato Paulista.

Foto: divulgação/Sávio Pereira/Inovafoto/CBV — Sesi Vôlei Bauru campeão da Copa Brasil 2022
Foto: divulgação/Sávio Pereira/Inovafoto/CBV — Sesi Vôlei Bauru campeão da Copa Brasil 2022

Todos os títulos do Sesi-SP masculino e feminino

  • Masculino
  • Campeonato Sul-Americano: 2011;
  • Superliga: 2010/11;
  • Supercopa: 2018;
  • Campeonato Paulista (4): 2009, 2011, 2012 e 2013;
  • Copa São Paulo (7): 2009, 2010, 2011, 2012, 2016, 2017 e 2018;
  • Feminino
  • Campeonato Sul-Americano: 2014;
  • Supercopa: 2022;
  • Copa Brasil: 2022;
  • Campeonato Paulista: 2018 e 2022;
  • Copa São Paulo: 2012 e 2013;

Quem são os maiores jogadores e técnicos da história do Sesi-SP?

Ao longo da história do Sesi no voleibol, grandes nomes do esporte já vestiram a camisa da equipe paulista. Em 2011, entraram para a história do time os atletas que o levaram ao primeiro título da Superliga Masculina.

O elenco contava com nomes como Murilo, Sidão, Serginho e Wallace.  O treinador do único título nacional do Sesi-SP foi Giovane, campeão olímpico pelo Brasil nos Jogos de Barcelona 1992.

Pela equipe feminina, também já passaram grandes estrelas do vôlei nacional, com destaque especial para a central Fabiana e a levantadora Dani Lins. Em relação a comando técnico, o time campeão sul-americano feminino foi comandado por Talmo Oliveira.