Rosamaria fez uma grande mudança em sua vida ao trocar o vôlei da Itália pelo Japão. A craque da Seleção Brasileira retornou ao país onde brilhou nas últimas Olimpíadas.

Após quatro temporadas atuando na Itália, o novo desafio de Rosamaria é no Denso Airybees pela liga japonesa, sendo a principal estrela do elenco.

Rosamaria comenta sobre sua adaptação ao Japão

Rosamaria comenta sobre sua adaptação ao Japão: “As vezes tenho dificuldade no…”
Reprodução/Instagram

É sempre difícil mudar de país, principalmente em locais com culturas tão diferentes. Rosamaria revelou ao Volley News Itália detalhes sobre seu processo de adaptação ao Japão e sua principal dificuldade:

Sinto-me muito confortável em Nishio. É uma cidade pequena, tranquila e bem conectada. Às vezes tenho dificuldade com o idioma porque nem todo mundo fala inglês.

Porém, as pessoas são muito simpáticas e tentam te ajudar de todas as maneiras: a educação delas é algo que te chama a atenção na hora”, afirmou Rosa.

Além disso, a jogadora da Seleção Brasileira comentou sobre como a cidade de Nishio é tranquila para se viver e que tem aproveitado os dias de folga para conhecer pontos turísticos do Japão:

Obviamente ainda estou me acostumando com um modo de vida e hábitos muito diferentes dos do Brasil ou da Itália. É um estilo de vida muito ‘fácil’ e tranquilo, que adoro.

Além disso, gosto de aproveitar os dias de folga para conhecer mais sobre a cultura local e conhecer todos os atrativos turísticos que podem ser encontrados aqui”, encerrou Rosa.

Continue no mundo do vôlei! Confira também nossos outros conteúdos sobre essa modalidade: