Na noite desta segunda-feira (18), Itambé/Minas x Dentil/Praia Clube duelaram pela decisão da Supercopa. A saber, a partida aconteceu na Arena Multiuso, em Brusque, Santa Catarina. Com 40% de público no ginásio, o Dentil/Praia Clube venceu o clássico por 3 x 0. Assim, levando o título do torneio, o seu segundo da temporada.

Assista aos melhores momentos de Itambé/Minas x Dentil/Praia Clube

1° Set: Carol e Jineiry Martinez afiadas nos bloqueios

De antemão, os nomes da 1ª parcial do jogo foram de Carol e Jineiry Martinez. As centrais do Dentil/Praia Clube foram os nomes da primeira etapa nos bloqueios. Juntas, foram 5 pontos no quesito dificultando o ataque da equipe de Belo Horizonte. Além disso, o Itambé/Minas não fez um bom 1º set e cometeu muitos erros. Com o placar em 10 x 6 para as Aurinegras, o técnico Nicola Negro fez a primeira parada. Ao retornar, os problemas se repetiam. Com isso, sem dificuldades, o time de Uberlândia ampliou a vantagem e fecharam o primeiro set em 25 x 16.

2° Set: Itambé/Minas melhorou mas o Dentil/Praia Clube venceu mais um set

Ao contrário do 1º set, o time de Belo Horizonte começou melhor equilibrando o jogo na segunda etapa. Desse modo, houve muitas disputas e nenhuma das equipes conseguia abrir larga vantagem. Assim, quando a partida ficou 12 x 10 para as Aurinegras, o comandante mineiro pediu o primeiro tempo técnico da segunda etapa. Ao retornar, o Itambé/Minas voltou a igualdade nas parciais.

Com 18 x 16 para a equipe de Uberlândia, Nicola Negro parou o jogo mais uma vez. Ao contrário de antes, depois do segundo tempo técnico, as mineiras não voltaram bem e viram o Dentil/Praia Clube abrir no marcador. Em busca de encostar no placar, entraram Pri Heldes e Dani Cuttino, na inversão do 5 x 1, mas sem sucesso. As praianas conseguiram segurar a reação adversária impondo seu jogo. Desse modo, o 2° set foi finalizado por 25 x 18.

3° Set: equilíbrio em quadra, mas vitória praiana

A princípio, a terceira etapa começou brigada com um rali de 26 segundos terminando com o ponto do time de Belo Horizonte. O 3º set estava equilibrado e as duas equipes afiadas no ataque chegando a ficar 4 x 4 no marcador. Depois, as Aurinegras começaram a impor seu jogo e abrindo vantagem chegando a ficar 14 x 10 para as praianas. Atrás no placar, Nicola Negro pediu sua primeira parada técnica.

Ao retornar, os problemas se repetiam. Com 18 x 12 para o Dentil/Praia Clube, o comandante mineiro parou mais uma vez o jogo. Ao contrário de antes, o Itambé/Minas voltou melhor conseguindo diminuir a vantagem da equipe de Uberlândia, chegando a ficar 22 x 19 no marcador. Por sua vez, o Dentil/Praia Clube manteve seu ritmo até o fim.

Desse modo, a constante série de ataques, bloqueios e defesas, o final do 3° set foi acirrado. Entretanto, as Aurinegras garantiram a vitória por 25 x 20 e, assim, fechando o jogo em 3 x 0. Com isso, conquistou seu quarto título da Supercopa 2021.

Itambé/Minas x Dentil/Praia Clube – E agora?

A saber, o Dentil/Praia Clube volta a quadra nesta quinta-feira (21), às 21h no duelo com o Club Olímpia (URU) pela 1ª rodada do Campeonato Sul-Americano. Por outro lado, o Itambé/Minas jogará no mesmo dia, às 19h com o Brasília (ambos em horários de Brasília). As partidas acontecerão no ginásio do SESI de Taguatinga Norte, em Brasília. Você acompanha tudo sobre o vôlei brasileiro, aqui na Esportelândia.

Foto Destaque: Reprodução/Melhor do volei