O torneio de Wimbledon 2023 está a todo vapor nos últimos dias. As chaves principais proporcionaram grandes emoções para os fãs da bolinha amarela. A saber, as finais estão marcadas para os dias 15 e 16 de julho.

Neste sentido, nesta sexta-feira (7), Novak Djokovic venceu mais uma partida e alcançou o recorde de uma lenda do tênis. Desse modo, o sérvio avançou para a oitavas de final de Wimbledon 2023. Confira!

Novak Djokovic domina Wawrinka e avança

Nole busca o seu quinto troféu seguido em Wimbledon. Sendo assim, o seu terceiro desafio na grama sagrada foi Stan Wawrinka, ex-top 3 do ranking da ATP. Após uma partida relativamente tranquila, Djokovic avançou para a quarta rodada depois de ganhar por 3 x 0, com parciais de 6/3, 6/1 e 7/6 (5).

Os dois primeiros sets foram marcados pelo domínio de Novak Djokovic. Na primeira parcial o sérvio criou quatro chances de quebras, mas só aproveitou uma, assim fez 6/3. Já na segunda Nole abriu 4 x 0 e administrou o placar até fechar em 6/1.

Por outro lado, o último set não teve quebras, assim só foi decidido no tie-break. O desempate foi marcado por reviravoltas. Sendo assim, Djokovic abriu 3 x 1, mas Wawrinka reagiu e virou para 5 x 3. Logo depois, o suíço cometeu quatro erros seguidos e perdeu por 7 x 5.

Djokovic iguala marca da Pete Sampras em Wimbledon

O atual segundo colocado do ranking da ATP disputa o torneio de Wimbledon pela 18ª vez na carreira, a sua estreia foi em 2005. Desde então só não jogou em 2020, quando o torneio foi cancelado devido a pandemia do coronavírus.

Com o triunfo de hoje, Novak Djokovic igualou um feito impressionante de Pete Sampras, dono de sete troféus do torneio londrino. O sérvio alcançou a marca de 31 vitórias seguidas em Wimbledon. A saber, Sampras realizou o feito entre 1997 e 2001, quando ganhou quatro torneios seguidos, mas em 2001 foi eliminado nas oitavas de final.

A próxima fase de Novak Djokovic em Wimbledon 2023

Com a vitória, Nole avançou para a fase de oitavas de final de Wimbledon 2023. Desse modo, o próximo rival é Hubert Hurkacz, 17ª cabeça de chave do campeonato. A partida está marcada para o próximo domingo (9), mas ainda não possui horário definido.

O confronto direto está 5 x 0 para Djokovic. O sérvio triunfou em Roland-Garros e Wimbledon, ambos em 2019. Nos Masters 1000 de Paris e Madrid, em 2020 e 2021, respectivamente. Por fim, este ano, ganhou no ATP 500 de Dubai.