Aconteceu nesta sexta-feira (24), o 2º dia de competição da Oi Rio Pro, em Saquarema. Assim, veja aqui os destaques deste dia de competição masculina, que contou com uma onda perfeita do brasileiro Caio Ibelli (que lhe rendeu uma nota 10), eliminação de Gabriel Medina na repescagem e diversos brasileiros na água.

Repescagem masculina da Oi Rio Pro

Assim, após a repescagem feminina, começou a repescagem masculina do Oi Rio Pro. Em suma, as baterias masculinas começaram com Griffin Colapinto x Muguel Tudela. E de forma surpreendente, o peruano eliminou o experiente Griffin Colapinto com um placar de 14.30 x 12.60.

Onda perfeita

Após isso, uma bateria super equilibrada entre os brasileiros Caio Ibelli e Jadson André. Em suma, Caio estava na 2ª posição durante toda a bateria da Oi Rio Pro até os cinco minutos finais. Assim, Jadson André tinha uma pontuação de 8.83 (4.00 + 4.83) e, faltando poucos minutos para a bateria acabar, Caio precisava de uma nota cinco para virar a bateria e avançar. Além disso, o mar estava bastante calmo, então para Ibelli, a onda que viesse poderia ser sua última chance.

Contudo, Caio Ibelli fez o impensável, entrando numa onda prestes a fechar e acelerou forte. Assim, passou a travar uma corrida contra a onda, em que Ibelli levou a melhor. Então, o brasileiro saiu da onda, arrancando aplausos da torcida na areia. Não demorou muito para a nota unânime dos cinco juízes sair: 10.00. A saber, este foi a 1ª nota 10.00 da Oi Rio Pro, além de ser a 2ª nota máxima da temporada 2022.

Matheus Herdy avança, mas João Chianca fica pelo caminho

Na 3ª bateria, mais Brasil na água. Assim, foi a vez de Matheus Herdy, convidado da etapa da Oi Rio Pro, mais uma vez surpreender a todos e se classificar para as oitavas de final. Ele despachou o vice campeão olímpico, o japonês Kanoa Igarashi.

Após Nat Young derrotar Jordy Smith na 4ª bateria, o brasileiro João Chianca foi derrotado por um placar de 13.67 x 13.57 para Ethan Ewing. Portanto, João Chianca está eliminado do Oi Rio Pro.

Samuel Pupo avança e Gabriel Medina se lesiona

Na 6ª bateria, Samuel Pupo travou uma verdadeira batalha contra Kolohe Andino. Contudo, ambos também travaram uma batalha contra o mar, que estava bastante calmo e sem ondas fortes.

Apesar disso, Samuel Pupo levou a melhor sobre Kolohe Andino por um placar de 9.50 x 6.27 e avança para as oitavas de final do Oi Rio Pro. Por outro lado, Gabriel Medina teve uma lesão no joelho direito durante sua bateria, e acabou não conseguindo dar 100% de si. Portanto, o tricampeão mundial foi derrotado pelo americano Callum Robson e disse adeus ao Oi Rio Pro.

Foto Destaque: Thiago Diz/World Surf League