No Arnold Classic Brasil 2024, Rafael Brandão enfrentará uma forte concorrência na busca pelo título da categoria Open.

O brasileiro a considerado o favorito para conquistar o campeonato, por outro lado, terá que superar alguns adversários de peso para alcançar seu objetivo.

Veja também: ALÉM DO FISICULTURISMO! Arnold Classic Brasil 2024 terá mais de 25 esportes

Principais adversários de Rafael Brandão no Arnold Classic Brasil 2024

Confira alguns dos atletas que podem acabar com o favoritismo de Rafael Brandão na disputa da categoria Open no Arnold Classic Brasil 2024.

Tonio Burton

Esses atletas são a pedra no sapato de Rafael Brandão no Arnold Classic Brasil 2024

Tonio Burton, que ficou em 8º lugar no Mr. Olympia 2023, é um dos competidores mais experientes e respeitados que irão competir neste show.

A participação deste atleta americano no Arnold Classic Brasil 2024 coloca uma dose extra de competição para a Open, já que Burton é tido para muitos como o principal rival de Brandão.

GoodVito

Outro nome que vale ser mencionado é GoodVito, um russo que reside no Brasil e fará sua estreia no cenário profissional neste show.

De fato, o físico que ele irá apresentar é uma incógnita, mas seu potencial é evidente, o que o torna uma ameaça real para Rafael Brandão e outros competidores.

Carlos Thomas Jr.

Esses atletas são a pedra no sapato de Rafael Brandão no Arnold Classic Brasil 2024

Carlos Thomas Jr., outro atleta americano, competirá em seu segundo show na carreira no Arnold Classic Brasil, sendo considerável outra pedra no sapato de Brandão.

Seu físico semelhante ao do atleta brasileiro em termos de estrutura pode torná-lo um competidor difícil de ser batido.

William Martins

Esses atletas são a pedra no sapato de Rafael Brandão no Arnold Classic Brasil 2024

Por fim, William Martins, o maior atleta do Brasil em termos de massa muscular, chega com grandes expectativas após trocar de treinador.

Sua preparação para o Arnold Classic Brasil 2024 promete entregar uma versão inédita do seu físico. Possivelmente, o atleta brasileiro chegará com um nível de condicionamento nunca visto e pode bater de frente com Brandão.