Antes de tudo, São Paulo x Biguá enfrentam-se na final da BCLA 2022. Com a oportunidade do título inédito para ambas as equipes, elas se encaram na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro. Neste sábado (9), às 19h10 (horário de Brasília), a bola sobe para a decisão desta BCLA.

O que você vai conferir neste post:

São Paulo

De antemão, o São Paulo chega ao confronto decisivo com a oportunidade de conquistar o título de forma invicta. Essa seria mais uma final para o Soberano desde seu retorno à elite do basquetebol nacional, já que o time foi vice-campeão na Copa Super 8 e campeão do Campeonato Paulista, ambos em 2021.

Nesse contexto, o técnico Bruno Mortari afirmou que: “o título consolida um projeto, […] que envolve muitas pessoas dedicadas”, quando questionado durante a coletiva de imprensa pelo repórter Diego sobre a importância do título em um projeto recente como o do SPFC.

Além disso, nos oito jogos disputados, o Tricolor esteve no domínio em todos deles, tanto no ataque quanto na defesa. O elenco lidera múltiplas estatísticas individuais e coletivas na liga, como pontuação geral, atributo no qual o clube alcança os 90 por partida.

No entanto, o sistema defensivo é o destaque da equipe. Logo, durante a mesma coletiva de imprensa, o comandante tricolor explicou: “a gente se propôs a intensificar isso na defesa porque o ataque deles sai naturalmente, eles têm um poder de ataque muito grande”.

Ademais, Mortari complementou: “acho que eu tenho, no elenco, disparados os dois melhores marcadores do NBB, que são o Bennet e o Tyrone”. Vale ressaltar que o plantel ainda é composto pelo ala-pivô Bruno Caboclo, que acumula quatro tocos por jogo na BCLA 2022.

São Paulo x Minas

Contra o Minas, o São Paulo dominou o adversário do início ao fim. O foco esteve em minar as principais peças do clube mineiro, como Alexei Borges e Gui Deodato. Com isso, o Tricolor do Morumbi esteve na liderança pela maior parte do embate e se classificou com um triunfo por 93 x 79

Biguá

A saber, o Biguá é a primeira equipe uruguaia a chegar a uma decisão de BCLA. Nesse ínterim, o clube conta com a elevada produção ofensiva de Donald Sims, que possui uma média de 35,5 pontos no Final 8. Diante do Quimsa, o armador converteu seis arremessos do perímetro em um aproveitamento de 62%.

Somado à ele, o pivô dominicano Luis Santos contribuiu com um duplo-duplo de 24 pontos e 13 rebotes para superar o oponente argentino. Dessa maneira, o Biguá reverteu a diferença no placar durante o último quarto e venceu por 98 x 91.

São Paulo x Biguá

Por fim, a decisão será transmitida oficialmente na ESPN 3. Contudo, informações sobre a BCLA, NBB e o basquete brasileiro são encontradas aqui na Esportelândia.

Foto destaque: Divulgação/BCLA