A cidade de Saquarema é conhecida por muitos brasileiros como ”Maracanã do Surf” ou então “capital nacional do surfe”. A etapa está no Circuito Mundial desde o ano de 1976, mas com períodos ficando de fora, como em 2020 e 2021 em virtude da pandemia da Covid-19.

Nos últimos anos, os brasileiros vem dominando a etapa, com Filipe Toledo tendo vencido as últimas três edições de maneira consecutiva: 2018, 2019 e 2022. Inclusive, o paulista de Ubatuba é o maior vencedor de Saquarema com quatro títulos.

O primeiro título do brasileiro aconteceu no ano de 2015, mas ainda não era disputado em Saquarema. Na ocasião, o surfista levou a melhor na praia do Pepê, localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Vejamos agora um pouco da história, os vencedores e algumas curiosidades.

História da etapa de Saquarema

O palco principal da etapa de Saquarema do Circuito Mundial de Surfe acontece no point, na praia de Itaúna. Com esquerdas longas e ondas carregadas, o local passou a ser muito desejado.

A cidade apareceu para mundo na década de 70, quando surfistas desbravaram o local em busca das melhores ondas.

Não demorou muito para que houvesse uma competição: o Festival de Surfe de Saquarema no ano de 1976. O evento além de reunir muito surfe, contou também com a participação de grandes artistas da música brasileira, como Rita Lee e Raul Seixas.

Entretanto, a primeira etapa do Circuito Mundial de Surfe só veio a acontecer em 2002, com a vitória do australiano Taj Burrow. Em seguida, a competição voltando para o calendário da WSL em 2017.

Maior vencedor

O brasileiro Filipe Toledo é o surfista que mais vezes foi campeão da etapa brasileira, ao todo, Filipinho é detentor de quatro títulos. O paulista venceu as últimas três edições e pela primeira vez na Barra da Tijuca, quando a competição ainda era disputada por lá.

Saquarema: Tudo sobre a etapa brasileira da WSL
Filipe Toledo conquista pela quarta vez a etapa brasileira do WCT. Foto: WSL 

Curiosidades

  • No primeiro festival de Surfe em Saquarema, em 1976, alguns surfistas ainda não contavam com o leash ou cordinha para disputar a competição.
  • De acordo com o estudioso da linguagem Tupi, Eduardo de Almeida Navarro, o nome Saquarema é oriundo dos vocábulos sakurá (uma variedade de caramujo) e rema (fedorento), ou seja, o nome da cidade significa caramujo fedorentos.
  • Nem só de praia e surfe vive Saquarema, na cidade existe pelo menos duas grandes fazendas de grama, além de ter também gado e criação de cabras.

Tragédia

Em 2019, o surfista brasileiro Leonardo Alves faleceu na realização da etapa final da Tríplice Coroa disputada em Saquarema. O surfista sofreu um mal súbito, chegou a ser atendido ainda na praia, mas infelizmente acabou não resistindo.