Thaisa, Tandara, Dani Lins e mais: confira quais são as 10 melhores jogadoras da Superliga Feminina de Vôlei atualmente

Navegar pela lista das melhores jogadoras da Superliga Feminina é também fazer uma ponte entre a tradição do vôlei brasileiro e o seu promissor futuro.No meio deste “trajeto”, constatamos a força do esporte por aqui.

Até porque só uma liga fortalecida consegue reunir esperanças olímpicas e medalhistas consagradas, destaques nacionais com talentos estrangeiros e até dois dos maiores treinadores da história da categoria.

Fora que todo o caminho em si é um barato. Fazê-lo é lembrar do que já foi feito e se animar com tudo o que pode acontecer no vôlei brasileiro. Então não perca tempo: venha com a gente e confira as melhores jogadoras da Superliga Feminina atualmente.

Melhores jogadoras da Superliga Feminina

  • Ana Cristina
  • Brenda Castillo
  • Camila Brait
  • Dani Lins
  • Fernanda Garay
  • Jaqueline
  • Macris
  • Mari
  • Tandara
  • Thaisa

Ana Cristina

Ana Cristina durante ataque do Flamengo
(Paula Reis/CR Flamengo )

Em poucos anos como profissional, Ana Cristina já é um dos destaques da Superliga Feminina. Impressionando desde o sub-18, a atacante do Sesc/Flamengo foi eleita a melhor oposto do Sul-Americano e a melhor ponteira do Mundial da categoria, ambos em 2018.

Ana venceu também o prêmio de melhor ponteira no Troféu Super Vôlei de 2020. No mesmo ano, desponta como uma das líderes das estatísticas da Superliga, especialmente no ataque, onde mostra grande potência e versatilidade. Nós já mencionamos que ela nasceu em 2004?

Brenda Castillo

Brenda Castillo jogando pela Seleção Dominicana
(FIVB/Getty)

Brenda Castillo é uma das grandes jogadoras da América. Tetracampeã da Copa Pan-Americana e medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2019, a líbero dominicana do Sesi é considerada uma referência mundial em sua posição.

O melhor: já está acostumada com o vôlei brasileiro. Na temporada 2016/2017, ajudou o mesmo time de Bauru a alcançar a quinta colocação da Superliga, sendo eleita a melhor líbero da competição. Em 2020, já lidera o campeonato em passes e recepções.

Camila Brait

Camila Brait em atuação pelo Osasco
(Reprodução)

A líbero Camila Brait não é somente uma das melhores jogadoras da Superliga Feminina. É também a atual  referência da posição no Brasil. Jogadora do Osasco desde 2008, foi bicampeã da principal competição nacional com o time em 2009/2010 e 2011/2012.

Nos últimos anos, tem mantido um espetacular nível de desempenho. Tanto que levou o prêmio de melhor líbero das duas últimas edições da Superliga (2018/2019, 2019/2020), e dos mais recentes Campeonatos Paulistas (2019 e 2020).

Dani Lins

Dani Lins em aquecimento do SESI
(Marcelo Ferrazoli/Sesi)

Seguindo a lista entre as grandes craques do passe da Superliga, temos a levantadora Dani Lins, do Sesi. Vivendo grande momento no time paulista — sendo eleita a melhor levantadora do Campeonato Paulista de 2020 —, Dani é uma lenda da competição.

Afinal, é uma das maiores vencedoras da Superliga. Foi campeã cinco vezes, quatro com o Rio de Janeiro, uma com o Osasco e em três delas levou junto o prêmio de melhor levantadora. Coroa o currículo a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2012.

Fernanda Garay

Fe Garay em atuação pelo Praia Clube
(Divulgação/Dentil)

Fernanda Garay é uma das melhoras jogadoras do vôlei feminino no Brasil. A ponteira é referência não só no Praia Clube, onde joga desde 2017, como da Seleção Brasileira, com quem conquistou três Grand Prix, um Pan e, claro, a medalha de ouro nas Olimpíadas de Londres.

Bastante rodada no vôlei internacional, Fê mira agora entrar para a história Superliga. Vencedora da edição de 2017/2018 e considerada a melhor ponteira da temporada 2019/2020, ela segue com um desempenho de alto nível. O prêmio de MVP do Troféu Super Vôlei de 2020 fala por si só.

Vá além do Vôlei! Confira:

Jaqueline

Jaqueline em atuação pelo Osasco
(João Pires/Fotojump)

Apontar Jaqueline Carvalho como uma das melhores jogadoras da Superliga Feminina é, na verdade, diminuí-la. “Lenda do vôlei brasileiro” é mais adequado. A jogadora, afinal, esteve presente em ambas as campanhas de ouro olímpico da Seleção Brasileira, em 2008 e em 2012.

Nesse período, era facilmente a melhor ponteira do mundo, colecionando premiações individuais enquanto fechava o seu quinto título nacional. De volta ao Osasco — com quem conquistou os quatro primeiros —, Jaque vem retomando o nível de excelência, reconhecida como a melhor ponteira da última Superliga (2019/2020) e dos mais recentes Campeonatos Paulistas (2019, 2020).

Macris

Macris em atuação pelo Minas
(Orlando Bento/MTC))

Macris Carneiro ainda não tem um grande histórico com a Seleção Brasileira, mas isso pode estar prestes a mudar. Em seu auge físico e técnico, a levantadora foi considerada a melhor da posição da Liga das Nações de 2019 e tem ganhado cada vez mais moral com José Roberto Guimarães.

Enquanto isso, nas quadras brasileiras, Macris é simplesmente dominante. Por mais que tenha conquistado apenas um título da Superliga, com o Minas (2018/2019), foi eleita a melhor levantadora de cinco das últimas sete edições que disputou. Foi inclusive a MVP do ano em que foi campeã.

Mari

Mari em atuação na Superliga
(Guilherme Cirino/Divulgação)

Central brasileira na conquista do ouro nas Olimpíadas de Pequim, Mari voltou às quadras depois de um período recuperando-se de lesão e de um flerte com o vôlei de praia. Agora no Fluminense, ela espera pôr em jogo toda a experiência internacional e principalmente nacional, como pentacampeã da Superliga que é.

Ainda que seu último título tenha sido há exatas dez temporadas, Mari tem talento de sobra, físico em dia e, quem sabe, algumas novidades da praia para surpreender e recuperar o posto de uma das melhores do vôlei brasileiro.

Tandara

Saque de vôlei Tandara

Tandara é tanto uma das principais jogadoras da Superliga Feminina como uma das melhores opostos do mundo. Campeã olímpica em 2012, ela empilha títulos com a Seleção Brasileira, entre Grand Prix e Copas Internacionais. Em solo nacional, tem apenas um título da Superliga, o de 2011/2012.

Nada, porém, que impeça Tandara de ser uma das maiores da história da competição. Ela é, afinal, de contas, a maior pontuadora de uma única temporada (2018), a segunda maior de todos os tempos — atrás de Fabiana, que só não consta nesta lista pela sua gravidez e afastamento temporário do vôlei — e a recordista de pontos em uma única partida (2018).

Thaisa

Imagem de Thaisa durante aquecimento na Superliga
(Gaspar Nóbrega/Inovafoto)

Taí outra lenda do vôlei e de todo o esporte brasileiro. Bicampeã olímpica e pentacampeã da Superliga, Thaisa voltou de uma lesão que quase encerrou sua carreira para retomar o posto como uma das principais centrais do Brasil e do mundo.

Jogando pelo Minas, ela simplesmente dominou as estatísticas da Superliga 2019/2020, liderando saques, bloqueios e eficiência de ataque. Ainda que o campeonato tenha sido encerrado sem vencedor por conta da pandemia do novo coronavírus, foi considerada a MVP da temporada.

Depois de conhecer as melhores jogadoras da Superliga atualmente, aproveite para conferir mais conteúdos sobre Vôlei:

*Última atualização em 23 de novembro de 2020

Salvar