Tudo da Copa Brasil de Vôlei: quando surgiu, lista de vencedores, como funciona, onde os jogos são transmitidos e a tabela de 2020

Todos os anos, as principais equipes brasileiras de vôlei feminino brigam pelo título da Superliga. São mais de 25 anos de história na principal competição de voleibol do país. Nas últimas temporadas, um outro importante torneio também tem consagrado um campeão nacional. Estamos falando da Copa Brasil de Vôlei Feminino!

Disputada somente em jogos eliminatórios, a Copa Brasil traz confrontos recheados de emoção. Afinal, quem vacilar está fora da briga pelo título.

Se você quer saber tudo sobre essa competição, está no lugar certo. Vamos contar quando surgiu a Copa Brasil de Vôlei, quem são os maiores campeões, todos os vencedores e o regulamento do torneio.

Fique com a gente e confira também onde os jogos são transmitidos e a tabela com todas as partidas!

História da Copa Brasil de Vôlei Feminino

Minas campeão da Copa Brasil de Vôlei Feminino de 2019
Minas foi campeão da Copa Brasil de Vôlei Feminino de 2019

A Copa Brasil surgiu em 2007. A primeira edição foi disputada na cidade de Brusque, em Santa Catarina, e reuniu quatro participantes: Rio de Janeiro, Osasco, Minas e Brusque. Na final, o Rio venceu as rivais paulistas e se sagrou o primeiro campeão do torneio nacional.

Também com participação de quatro equipes, a segunda edição foi disputada em 2008. Naquele ano, os jogos aconteceram em Curitiba, e o título ficou com Osasco, que venceu a final paulista contra São Caetano.

Depois de 2008, a Copa Brasil de Vôlei foi retirada do calendário do vôlei nacional. A volta da competição aconteceu apenas em 2014. 

Desde então, a Copa Brasil passou a ser disputada por 8 equipes. As participantes são aquelas que fazem as melhores campanhas no turno da Superliga Feminina.

Todos os confrontos (quartas de final, semifinais e final) são disputados em jogo único.

A equipe que é campeã da competição enfrenta quem venceu a Superliga na Supercopa. 

Quer conhecer o regulamento da Copa Brasil de Vôlei Feminino? Basta conferir logo abaixo!

Como funciona a Copa Brasil de Vôlei Feminino

A Copa Brasil reúne as 8 melhores equipes do primeiro turno da Superliga Feminina. Todos os confrontos são eliminatórios, e as campanhas da principal competição nacional são usadas como referência para definição dos duelos.

Na primeira fase, os confrontos da Copa Brasil são realizados da seguinte forma:

  • 1º colocado do turno da Superliga x 8º colocado do turno da Superliga
  • 2º colocado do turno da Superliga x 7º colocado do turno da Superliga
  • 3º colocado do turno da Superliga x 6º colocado do turno da Superliga
  • 4º colocado do turno da Superliga x 5º colocado do turno da Superliga

Nos duelos de quartas de final, as partidas são realizadas na casa da equipe que tem a melhor campanha na Superliga.

Os vencedores desses quatro jogos avançam às semifinais, que são disputadas em sede única. 

Os confrontos das semifinais seguem esta ordem:

  • Vencedor do jogo entre 1º e 8º x Vencedor do jogo entre 4º e 5º
  • Vencedor do jogo entre 2º e 7º x Vencedor do jogo entre 3º e 6º

A final reúne as duas equipes vencedoras das semifinais e acontece em jogo único.

Em 2020, as semifinais e a final da Copa Brasil de Vôlei Feminino aconteceram em Jaraguá do Sul, em Santa Catarina. Já em 2021, os duelos foram disputados em Saquarema, no Rio de Janeiro.

Confira agora quais equipes têm mais títulos da Copa Brasil Feminina!

Quem é o maior vencedor da Copa Brasil de Vôlei Feminino?

Sesc-RJ tetracampeão da Copa Brasil de Vôlei Feminino
Sesc-RJ é tetracampeão da Copa Brasil de Vôlei Feminino

O Sesc-RJ é o maior vencedor da história da Copa Brasil de Vôlei Feminino. A equipe do Rio de Janeiro estabeleceu sua hegemonia ao conquistar o seu quarto título da competição em 2020.

Com o tetracampeonato, o Sesc-RJ superou o Osasco, que tem três títulos do torneio nacional.

Sob o comando de Bernardinho, o Sesc-RJ, entre algumas mudanças de nome, já havia conquistado os títulos de 2007, 2016 e 2017. Já Osasco foi campeão em 2008, 2014 e 2018.

Outros dois times já venceram a competição. O Minas é bicampeão, com títulos em 2019 e 2021. Já o Pinheiros tem um título. As paulistas levaram o troféu em 2015.

Maiores vencedores da Copa Brasil de Vôlei Feminino

  • Sesc-RJ: 4 títulos
  • Osasco: 3 títulos
  • Minas: 2 títulos
  • Pinheiros: 1 título

Todos os campeões da Copa Brasil de Vôlei Feminino

  • 2007 – Rio de Janeiro (vice-campeão: Osasco)
  • 2008 – Osasco (vice-campeão: São Caetano)
  • 2014 – Osasco (vice-campeão: Sesi-SP)
  • 2015 – Pinheiros (vice-campeão: Sesi-SP)
  • 2016 – Rio de Janeiro (vice-campeão: Praia Clube)
  • 2017 – Rio de Janeiro (vice-campeão: Minas)
  • 2018 – Osasco (vice-campeão: Praia Clube)
  • 2019 – Minas (vice-campeão: Praia Clube)
  • 2020 – Sesc-RJ (vice-campeão: Praia Clube)
  • 2021 – Minas (vice-campeão: Praia Clube)

Vá além do Vôlei! Confira também conteúdos de outros esportes:

Onde assistir à Copa Brasil de Vôlei Feminino

Osasco é tricampeão da Copa Brasil de Vôlei Feminino
Osasco é tricampeão da Copa Brasil de Vôlei Feminino

Todos os jogos da Copa Brasil de Vôlei Feminino têm transmissão. As quatro partidas das quartas de final tiveram transmissão do Canal Vôlei Brasil (CVB), o serviço de streaming da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), em parceria com a TVN Sports.

O Canal Vôlei Brasil já transmite os jogos da Superliga. Esse serviço não é gratuito. Quem quiser acompanhar os jogos pelo Canal Vôlei Brasil deve assinar a oferta de pay-per-view. Há três alternativas:

  • Pacote das Superligas Feminina e Masculina
  • Pacote de apenas uma das versões da Superliga, ou Masculina ou Feminina
  • Compra de jogos avulsos

O pacote Superliga Feminina e Masculina tem o preço de R$ 99. 

Já os jogos das semifinais e a grande final da Copa Brasil de Vôlei Feminino são transmitidos pelo SporTV2.

Agora que você já sabe tudo sobre a Copa Brasil, aproveite para alimentar sua paixão pelo vôlei com outros conteúdos:

*Última atualização em 7 de fevereiro de 2021

Salvar