O tiro esportivo é uma modalidade que desperta muita curiosidade dos fãs de esportes do mundo todo, já que se trata de algo não muito acompanhado por muitas pessoas.

A modalidade é disputada desde a primeira edição dos jogos olímpicos, em Atenas 1896, ficando apenas duas vezes de fora das olimpíadas, em 1904 e 1928.

História do tiro esportivo

As primeiras competições de tiro nos Estados Unidos começaram no século XVII, com festivais onde caçadores disputavam prêmios em dinheiro. A Inglaterra e os Estados Unidos fundaram suas “National Rifle Association” em 1859 e 1871, respectivamente, enquanto a Itália criou a “Associação Piemontesa de Tiro” no mesmo período.

Com a contribuição da metodologia sueca, esses esforços resultaram na criação da Federação Internacional de Esportes de Tiro, responsável por padronizar regras e organizar competições internacionais.

Inicialmente, as competições de tiro eram mistas, sem distinção entre homens e mulheres. Em 1937, Catherine Woodring se tornou a primeira mulher a competir internacionalmente, ganhando uma medalha de ouro por equipes no campeonato mundial.

Nos Jogos Olímpicos de 1968, Nuria Ortiz, do México, foi a primeira mulher a competir e terminou em 13º lugar na prova de skeet. Margaret Murdock foi a primeira mulher a ganhar uma medalha no tiro em 1976, na carabina de três posições. Em 1984, foram incluídas provas exclusivamente femininas e as provas masculinas foram retomadas.

Brasil no tiro esportivo

O tenente do exército brasileiro Guilherme Paraense foi o primeiro atleta do país a conquistar uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos, alcançando este feito nos Jogos de Antuérpia em 1920, na modalidade de “tiro rápido”.

Durval Guimarães representou o Brasil em cinco Olimpíadas consecutivas. Noventa e seis anos após a conquista de 1920, onde o Brasil ganhou três medalhas, o tiro esportivo brasileiro obteve uma medalha de prata nas Olimpíadas do Rio 2016 com Felipe Wu, o que despertou um grande interesse dos fãs de esporte brasileiro.

Quantidade de eventos do tiro esportivo por olimpíadas

O tiro esportivo está presente desde as primeiras olimpíadas em 1896 em Atenas, onde teve cinco eventos dentro da modalidade.

Porém, ao logo dos anos, o número de eventos mudou constantemente, ficando sempre entre dois a 21 eventos. Veja a seguir a quantidade de eventos no tiro esportivo por olimpíadas.

Ano Nº de Eventos Melhor país
1896 5 Grécia
1900 9 Suíça
1908 15 Grã-Bretanha
1912 18 Suécia
1920 21 Estados Unidos
1924 10 Estados Unidos
1932 2 Itália
1936 3 Alemanha
1948 4 Estados Unidos
1952 7 Noruega
1956 7 União Soviética
1960 6 União Soviética
1964 6 Estados Unidos
1968 7 União Soviética
1972 8 Estados Unidos
1976 7 Alemanha Oriental
1980 7 União Soviética
1984 11 Estados Unidos
1988 13 União Soviética
1992 13 Equipe Unificada*
1996 15 Rússia
2000 17 China
2004 17 China
2008 15 China
2012 15 Coreia do Sul
2016 15 Itália
2020 15 China

Quadro de medalhas geral no tiro esportivo

Posição País Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha
de Bronze
Total
1 Estados Unidos 57 31 28 116
2 China 26 16 25 67
3 União Soviética 17 15 17 49
4 Itália 16 16 11 43
5 Suécia 15 24 18 57
6 Grã-Bretanha 13 15 19 47
7 Noruega 13 8 11 32
8 França 10 14 10 34
9 Alemanha 10 9 5 24
10 Rússia 7 14 12 33
11 Coreia do Sul 7 9 1 17
12 Suíça 7 6 10 23
13 Hungria 7 3 7 17
14 Romênia 6 4 5 15
15 Equipe Unificada* 5 2 1 8
16 Austrália 5 1 5 11
17 Finlândia 4 7 10 21
18 Bulgária 4 7 6 17
19 Grécia 4 4 5 13
20 Alemanha Ocidental 4 4 3 11
21 Polônia 4 3 5 12
22 Canadá 4 3 2 9
22 Checoslováquia 4 3 2 9
24 Ucrânia 4 2 3 9
25 Dinamarca 3 11 5 19
26 Alemanha Oriental 3 8 5 16
27 República Checa 3 4 4 11
28 Iugoslávia 3 1 2 6
29 Comitê olímpico russo (ROC)*** 2 4 2 8
30 Croácia 2 0 1 3
31 Bélgica 1 4 3 8
32 Áustria 1 2 5 8
33 Bielorrússia 1 2 4 7
34 Eslováquia 1 2 3 6
34 Japão 1 2 3 6
36 Brasil 1 2 1 4
36 Espanha 1 2 1 4
36 Índia 1 2 1 4
39 Peru 1 2 0 3
40 Cuba 1 1 3 5
41 Vietnã 1 1 0 2
42 Azerbaijão 1 0 2 3
42 Coreia do Norte 1 0 2 3
42 Eslovênia 1 0 2 3
45 Atletas Olímpicos Independentes ** 1 0 1 2
45 Equipe Alemã Unida 1 0 1 2
47 Emirados Árabes Unidos 1 0 0 1
47 Irã 1 0 0 1
47 Lituânia 1 0 0 1
50 Sérvia 0 2 2 4
51 Cazaquistão 0 2 1 3
52 Colômbia 0 2 0 2
53 Participantes Olímpicos Independentes ** 0 1 2 3
54 Mongólia 0 1 1 2
54 Nova Zelândia 0 1 1 2
54 Países Baixos 0 1 1 2
54 San Marino 0 1 1 2
58 África do Sul 0 1 0 1
58 Argentina 0 1 0 1
58 Chile 0 1 0 1
58 Letônia 0 1 0 1
58 México 0 1 0 1
58 Moldávia 0 1 0 1
58 Portugal 0 1 0 1
58 Sérvia e Montenegro 0 1 0 1
66 Kuwait 0 0 3 3
67 Catar 0 0 1 1
67 Geórgia 0 0 1 1
67 Haiti 0 0 1 1
67 Venezuela 0 0 1 1

Maiores vencedores de medalhas no tiro esportivo

Atleta País Ouro Prata Bronze Total
Carlos Osburn Estados Unidos 5 4 2 11
Willis Lee Estados Unidos 5 1 1 7
Ole Lilloe-Olsen Noruega 5 1 0 6
Al Lane Estados Unidos 5 0 1 6
Bud Fisher Estados Unidos 5 0 0 5
Otto Olsen Noruega 4 3 1 8
Einar Liberg Noruega 4 2 1 7
Jin Jong-O Coreia do Sul 4 2 0 6
Lloyd Spooner Estados Unidos 4 1 2 7
Wilhelm Carlberg Suécia 3 4 0 7

Você ama outros esportes além do tiro esportivo? Aqui na Esportelândia também falamos sobre:

Medalhistas de tiro esportivo masculino

Pistola de ar 10 m no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de
Prata
Medalha de
Bronze
Seul 1988 Tanyu Kiryakov (Bulgária) Erich Buljung (Estados Unidos) Xu Haifeng (China)
Barcelona 1992 Wang Yifu (China) Sergei Pyzhianov (Equipe Unificada)* Sorin Babii (Romênia)
Atlanta 1996 Roberto Di Donna (Itália) Wang Yifu (China) Tanyu Kiryakov (Bulgária)
Sydney 2000 Franck Dumoulin (França) Wang Yifu (China) Igor Basinski (Bielorrússia)
Atenas 2004 Wang Yifu (China) Mikhail Nestruyev (Rússia) Vladimir Isakov (Rússia)
Pequim 2008 Pang Wei (China) Jin Jong-oh (Coreia do Sul) Jason Turner (Estados Unidos)
Londres 2012 Jin Jong-oh (Coreia do Sul) Luca Tesconi (Itália) Andrija Zlatić (Sérvia)
Rio 2016 Hoàng Xuân Vinh (Vietnã) Felipe Wu (Brasil) Pang Wei (China)
Tóquio 2020 Javad Foroughi (Irã) Damir Mikec (Sérvia) Pang Wei (China)

Tiro rápido 25 m no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Atenas 1896 Ioannis Frangoudis (Grécia) Georgios Orfanidis (Grécia) Holger Nielsen (Dinamarca)
Paris 1900 Maurice Larrouy (França) Léon Moreaux (França) Eugène Balme (França)
Estocolmo 1912 Alfred Lane (Estados Unidos) Paul Palén (Suécia) Johan Hübner von Holst (Suécia)
Antuérpia 1920 Guilherme Paraense (Brasil) Raymond Bracken (Estados Unidos) Fritz Zulauf (Suíça)
Paris 1924 Henry Bailey (Estados Unidos) Vilhelm Carlberg (Suécia) Lennart Hannelius (Finlândia)
Los Angeles 1932 Renzo Morigi (Itália) Heinz Hax (Alemanha) Domenico Matteucci (Itália)
Berlim 1936 Cornelius van Oyen (Alemanha) Heinz Hax (Alemanha) Torsten Ullman (Suécia)
Londres 1948 Károly Takács (Hungria) Carlos Diaz Sáenz (Argentina) Sven Lundquist (Suécia)
Helsinque 1952 Károly Takács (Hungria) Szilárd Kun (Hungria) Gheorghe Lichiardopol (Romênia)
Melbourne 1956 Stefan Petrescu (Romênia) Yevgeni Cherkasov (União Soviética) Gheorghe Lichiardopol (Romênia)
Roma 1960 William McMillan (Estados Unidos) Pentti Linnosvuo (Finlândia) Aleksandr Zabelin (União Soviética)
Tóquio 1964 Pentti Linnosvuo (Finlândia) Ion Tripsa (Romênia) Lubomír Nácovský (Checoslováquia)
Cidade do México 1968 Józef Zapedzki (Polônia) Marcel Rosca (Romênia) Renart Suleimanov (União Soviética)
Munique 1972 Józef Zapedzki (Polônia) Ladislav Falta (Checoslováquia) Viktor Torshin (União Soviética)
Montreal 1976 Norbert Klaar (Alemanha Oriental) Jürgen Wiefel (Alemanha Oriental) Roberto Ferraris (Itália)
Moscou 1980 Corneliu Ion (Romênia) Jürgen Wiefel (Alemanha Oriental) Gerhard Petritsch (Áustria)
Los Angeles 1984 Takeo Kamachi (Japão) Corneliu Ion (Romênia) Rauno Bies (Finlândia)
Seul 1988 Afanasijs Kuzmins (União Soviética) Ralf Schumann (Alemanha Oriental) Zoltán Kovács (Hungria)
Barcelona 1992 Ralf Schumann (Alemanha) Afanasijs Kuzmins (Letônia) Vladimir Vokhmyanin (Equipe Unificada)*
Atlanta 1996 Ralf Schumann (Alemanha) Emil Milev (Bulgária) Vladimir Vokhmyanin (Cazaquistão)
Sydney 2000 Sergei Alifirenko (Rússia) Michel Ansermet (Suíça) Iulian Raicea (Romênia)
Atenas 2004 Ralf Schumann (Alemanha) Sergei Polyakov (Rússia) Sergei Alifirenko (Rússia)
Pequim 2008 Oleksandr Petriv (Ucrânia) Ralf Schumann (Alemanha) Christian Reitz (Alemanha)
Londres 2012 Leuris Pupo (Cuba) Vijay Kumar (Índia) Ding Feng (China)
Rio 2016 Christian Reitz (Alemanha) Jean Quiquampoix (França) Li Yuehong (China)
Tóquio 2020 Jean Quiquampoix (França) Leuris Pupo (Cuba) Li Yuehong (China)

Carabina de ar 10 m no tiro esportivo

Competição Medalha de
Ouro
Medalha de
Prata
Medalha de
Bronze
Los Angeles 1984 Philippe Heberlé (França) Andreas Kronthaler (Áustria) Barry Dagger (Grã-Bretanha)
Seul 1988 Goran Maksimović (Iugoslávia) Nicolas Berthelot (França) Johann Riederer (Alemanha Ocidental)
Barcelona 1992 Yuri Fedkin (Equipe Unificada)* Franck Badiou (França) Johann Riederer (Alemanha)
Atlanta 1996 Artem Khadjibekov (Rússia) Wolfram Waibel Jr. (Áustria) Jean-Pierre Amat (França)
Sydney 2000 Cai Yalin (China) Artem Khadjibekov (Rússia) Yevgeni Aleinikov (Rússia)
Atenas 2004 Zhu Qinan (China) Li Jie (China) Jozef Gönci (Eslováquia)
Pequim 2008 Abhinav Bindra (Índia) Zhu Qinan (China) Henri Häkkinen (Finlândia)
Londres 2012 Alin Moldoveanu (Romênia) Niccolò Campriani (Itália) Gagan Narang (Índia)
Rio 2016 Niccolò Campriani (Itália) Serhiy Kulish (Ucrânia) Vladimir Maslennikov (Rússia)
Tóquio 2020 William Shaner (Estados Unidos) Sheng Lihao (China) Yang Haoran (China)

Carabina três posições 50 m no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Helsinque 1952 Erling Kongshaug (Noruega) Vilho Ylönen (Finlândia) Boris Andreyev (União Soviética)
Melbourne 1956 Anatoli Bogdanov (União Soviética) Otakar Horínek (Checoslováquia) John Sundberg (Suécia)
Roma 1960 Viktor Shamburkin (União Soviética) Marat Nijasov (União Soviética) Klaus Zähringer (Equipe Alemã Unida)
Tóquio 1964 Lones Wigger (Estados Unidos) Velichko Velichkov (Bulgária) László Hammerl (Hungria)
Cidade do México 1968 Bernd Klingner (Alemanha Ocidental) John Writer (Estados Unidos) Vitali Parkhimovich (União Soviética)
Munique 1972 John Writer (Estados Unidos) Lanny Bassham (Estados Unidos) Werner Lippoldt (Alemanha Oriental)
Montreal 1976 Lanny Bassham (Estados Unidos) Margaret Murdock (Estados Unidos) Werner Seibold (Alemanha Ocidental)
Moscou 1980 Viktor Vlassov (União Soviética) Bernd Hartstein (Alemanha Oriental) Sven Johansson (Suécia)
Los Angeles 1984 Malcolm Cooper (Grã-Bretanha) Daniel Nipkov (Suíça) Alister Allan (Grã-Bretanha)
Seul 1988 Malcolm Cooper (Grã-Bretanha) Alister Allan (Grã-Bretanha) Kirill Ivanov (União Soviética)
Barcelona 1992 Hrachya Petikyan (Equipe Unificada)* Robert Foth (Estados Unidos) Ryohei Koba (Japão)
Atlanta 1996 Jean-Pierre Amat (França) Sergey Belyayev (Cazaquistão) Wolfram Waibel Jr. (Áustria)
Sydney 2000 Rajmond Debevec (Eslovênia) Juha Hirvi (Finlândia) Harald Stenvaag (Noruega)
Atenas 2004 Jia Zhanbo (China) Michael Anti (Estados Unidos) Christian Planer (Áustria)
Pequim 2008 Qiu Jian (China) Jury Sukhorukov (Ucrânia) Rajmond Debevec (Eslovênia)
Londres 2012 Niccolò Campriani (Itália) Kim Jong-hyun (Coreia do Sul) Matthew Emmons (Estados Unidos)
Rio 2016 Niccolò Campriani (Itália) Sergey Kamenskiy (Rússia) Alexis Raynaud (França)
Tóquio 2020 Zhang Changhong (China) Sergey Kamenskiy (ROC)*** Milenko Sebić (Sérvia)

Fossa olímpica no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Paris 1900 Roger de Barbarin (França) René Guyot (França) Justinien de Clary (França)
Londres 1908 Walter Ewing (Canadá) George Beattie (Canadá) Alexander Maunder (Grã-Bretanha) <br> Anastasios Metaxas (Grécia)
Estocolmo 1912 James Graham (Estados Unidos) Alfred Goeldel (Alemanha) Harry Blau (Rússia)
Antuérpia 1920 Mark Arie (Estados Unidos) Frank Troeh (Estados Unidos) Frank Wright (Estados Unidos)
Paris 1924 Gyula Halasy (Hungria) Konrad Huber (Finlândia) Frank Hughes (Estados Unidos)
Helsinque 1952 George Genereux (Canadá) Knut Holmqvist (Suécia) Hans Liljedahl (Suécia)
Melbourne 1956 Galliano Rossini (Itália) Adam Smelczyński (Polônia) Alessandro Ciceri (Itália)
Roma 1960 Ion Dumitrescu (Romênia) Galliano Rossini (Itália) Sergei Kalinin (União Soviética)
Tóquio 1964 Ennio Mattarelli (Itália) Pavel Senichev (União Soviética) William Morris (Estados Unidos)
Cidade do México 1968 John Braithwaite (Grã-Bretanha) Thomas Garrigus (Estados Unidos) Kurt Czekalla (Alemanha Oriental)
Munique 1972 Angelo Scalzone (Itália) Michel Carrega (França) Silvano Basagni (Itália)
Montreal 1976 Donald Haldeman (Estados Unidos) Armando Silva (Portugal) Ubaldesco Baldi (Itália)
Moscou 1980 Luciano Giovannetti (Itália) Rustam Yambulatov (União Soviética) Jörg Damme (Alemanha Oriental)
Los Angeles 1984 Luciano Giovannetti (Itália) Francisco Boza (Peru) Daniel Carlisle (Estados Unidos)
Seul 1988 Dmitry Monakov (União Soviética) Miloslav Bednarík (Checoslováquia) Frans Peeters (Bélgica)
Barcelona 1992 Petr Hrdlička (Checoslováquia) Kazumi Watanabe (Japão) Marco Venturini (Itália)
Atlanta 1996 Michael Diamond (Austrália) Josh Lakatos (Estados Unidos) Lance Bade (Estados Unidos)
Sydney 2000 Michael Diamond (Austrália) Ian Peel (Grã-Bretanha) Giovanni Pellielo (Itália)
Atenas 2004 Aleksei Alipov (Rússia) Giovanni Pellielo (Itália) Adam Vella (Austrália)
Pequim 2008 David Kostelecký (República Checa) Giovanni Pellielo (Itália) Aleksei Alipov (Rússia)
Londres 2012 Giovanni Cernogoraz (Croácia) Massimo Fabbrizi (Itália) Fehaid Al-Deehani (Kuwait)
Rio 2016 Josip Glasnović (Croácia) Giovanni Pellielo (Itália) Edward Ling (Grã-Bretanha)
Tóquio 2020 Jiří Lipták (República Checa) David Kostelecký (República Checa) Matthew Coward-Holley (Grã-Bretanha)

Skeet no tiro esportivo

Competição Medalha de
Ouro
Medalha de
Prata
Medalha de
Bronze
Cidade do México 1968 Yevgeni Petrov (União Soviética) Romano Garagnani (Itália) Konrad Wirnhier (Alemanha Ocidental)
Munique 1972 Konrad Wirnhier (Alemanha Ocidental) Evgeni Petrov (União Soviética) Michael Buchheim (Alemanha Oriental)
Montreal 1976 Josef Panácek (Checoslováquia) Eric Swinkels (Países Baixos) Wiesław Gawlikowski (Polônia)
Moscou 1980 Hans Kjeld Rasmussen (Dinamarca) Lars-Göran Carlsson (Suécia) Roberto Castrillo (Cuba)
Los Angeles 1984 Matthew Dryke (Estados Unidos) Ole Riber Rasmussen (Dinamarca) Luca Scribani Rossi (Itália)
Seul 1988 Axel Wegner (Alemanha Oriental) Alfonso de Iruarrizaga (Chile) Jorge Guardiola (Espanha)
Barcelona 1992 Zhang Shan (China) Juan Giha (Peru) Bruno Rossetti (Itália)
Atlanta 1996 Ennio Falco (Itália) Mirosław Rzepkowski (Polônia) Andrea Benelli (Itália)
Sydney 2000 Mykola Milchev (Ucrânia) Petr Málek (República Checa) James Graves (Estados Unidos)
Atenas 2004 Andrea Benelli (Itália) Marko Kemppainen (Finlândia) Juan Miguel Rodríguez (Cuba)
Pequim 2008 Vincent Hancock (Estados Unidos) Tore Brovold (Noruega) Anthony Terras (França)
Londres 2012 Vincent Hancock (Estados Unidos) Anders Golding (Dinamarca) Nasser Al-Attiyah (Catar)
Rio 2016 Gabriele Rossetti (Itália) Marcus Svensson (Suécia) Abdullah Al-Rashidi (Atletas Olímpicos Independentes)**
Tóquio 2020 Vincent Hancock (Estados Unidos) Jesper Hansen (Dinamarca) Abdullah Al-Rashidi (Kuwait)

Medalhistas de tiro esportivo feminino

Pistola de ar 10 m no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Seul 1988 Jasna Šekarić (Iugoslávia) Nino Salukvadze (União Soviética) Marina Dobrancheva (União Soviética)
Barcelona 1992 Marina Logvinenko (Equipa Unificada) Jasna Šekarić (Participantes Olímpicos Independentes)** Mariya Grozdeva (Bulgária)
Atlanta 1996 Olga Kuznetsova (Rússia) Marina Logvinenko (Rússia) Mariya Grozdeva (Bulgária)
Sydney 2000 Tao Luna (China) Jasna Šekarić (Iugoslávia) Annemarie Forder (Austrália)
Atenas 2004 Olena Kostevych (Ucrânia) Jasna Šekarić (Sérvia e Montenegro) Mariya Grozdeva (Bulgária)
Pequim 2008 Guo Wenjun (China) Natalia Paderina (Rússia) Nino Salukvadze (Geórgia)
Londres 2012 Guo Wenjun (China) Céline Goberville (França) Olena Kostevych (Ucrânia)
Rio 2016 Zhang Mengxue (China) Vitalina Batsarashkina (Rússia) Anna Korakaki (Grécia)
Tóquio 2020 Vitalina Batsarashkina (ROC)*** Antoaneta Kostadinova (Bulgária) Jiang Ranxin (China)

Pistola livre 25 m no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Los Angeles 1984 Linda Thom (Canadá) Ruby Fox (Estados Unidos) Patricia Dench (Austrália)
Seul 1988 Nino Salukvadze (União Soviética) Tomoko Hasegawa (Japão) Jasna Šekarić (Iugoslávia)
Barcelona 1992 Marina Logvinenko (Equipa Unificada) Li Duihong (China) Dorjsürengiin Mönkhbayar (Mongólia)
Atlanta 1996 Li Duihong (China) Diana Yorgova (Bulgária) Marina Logvinenko (Rússia)
Sydney 2000 Mariya Grozdeva (Bulgária) Tao Luna (China) Lalita Yauhleuskaya (Bielorrússia)
Atenas 2004 Mariya Grozdeva (Bulgária) Lenka Hyková (República Checa) Irada Ashumova (Azerbaijão)
Pequim 2008 Chen Ying (China) Otryadyn Gündegmaa (Mongólia) Munkhbayar Dorjsuren (Alemanha)
Londres 2012 Kim Jang-mi (Coreia do Sul) Chen Ying (China) Olena Kostevych (Ucrânia)
Rio 2016 Anna Korakaki (Grécia) Monika Karsch (Alemanha) Heidi Diethelm Gerber (Suíça)
Tóquio 2020 Vitalina Batsarashkina (ROC)*** Kim Min-jung (Coreia do Sul) Xiao Jiaruixuan (China)

Carabina de ar 10 m no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Los Angeles 1984 Pat Spurgin (EUA) Edith Gufler (Itália) Wu Xiaoxuan (China)
Seul 1988 Irina Shilova (URSS) Silvia Sperber (Alemanha Ocidental) Anna Malukhina (URSS)
Barcelona 1992 Yeo Kab-soon (Coreia do Sul) Vesela Letcheva (Bulgária) Aranka Binder (Participantes Olímpicos Independentes)**
Atlanta 1996 Renata Mauer (Polônia) Petra Horneber (Alemanha) Aleksandra Ivošev (Iugoslávia)
Sydney 2000 Nancy Johnson (EUA) Kang Cho-hyun (Coreia do Sul) Gao Jing (China)
Atenas 2004 Du Li (China) Lioubov Galkina (Rússia) Katerina Kurková (República Checa)
Pequim 2008 Katerina Emmons (República Checa) Lioubov Galkina (Rússia) Snježana Pejčić (Croácia)
Londres 2012 Yi Siling (China) Sylwia Bogacka (Polônia) Yu Dan (China)
Rio 2016 Virginia Thrasher (EUA) Du Li (China) Yi Siling (China)
Tóquio 2020 Yang Qian (China) Anastasiia Galashina (ROC)*** Nina Christen (Suíça)

Carabina três posições 50 m no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Los Angeles 1984 Wu Xiaoxuan (China) Ulrike Holmer (Alemanha Ocidental) Wanda Jewell (Estados Unidos)
Seul 1988 Silvia Sperber (Alemanha Ocidental) Vesela Letcheva (Bulgária) Valentina Cherkasova (União Soviética)
Barcelona 1992 Launi Meili (Estados Unidos) Nonka Matova (Bulgária) Małgorzata Książkiewicz (Polônia)
Atlanta 1996 Aleksandra Ivošev (Iugoslávia) Irina Gerasimenok (Rússia) Renata Mauer (Polônia)
Sydney 2000 Renata Mauer (Polônia) Tatiana Goldobina (Rússia) Maria Feklistova (Rússia)
Atenas 2004 Lioubov Galkina (Rússia) Valentina Turisini (Itália) Wang Chengyi (China)
Pequim 2008 Du Li (China) Katerina Emmons (República Checa) Eglis Yaima Cruz (Cuba)
Londres 2012 Jamie Lynn Gray (Estados Unidos) Ivana Maksimović (Sérvia) Adéla Sýkorová (República Checa)
Rio 2016 Barbara Engleder (Alemanha) Zhang Binbin (China) Du Li (China)
Tóquio 2020 Nina Christen (Suíça) Yulia Zykova (ROC)*** Yulia Karimova (ROC)***

Fossa olímpica no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Sydney 2000 Daina Gudzinevičiūtė (Lituânia) Delphine Racinet (França) Gao E (China)
Atenas 2004 Suzanne Balogh (Austrália) María Quintanal (Espanha) Lee Bo-na (Coreia do Sul)
Pequim 2008 Satu Mäkelä-Nummela (Finlândia) Zuzana Štefečeková (Eslováquia) Corey Cogdell (Estados Unidos)
Londres 2012 Jessica Rossi (Itália) Zuzana Štefečeková (Eslováquia) Delphine Réau (França)
Rio 2016 Catherine Skinner (Austrália) Natalie Rooney (Nova Zelândia) Corey Cogdell (Estados Unidos)
Tóquio 2020 Zuzana Rehák-Štefečeková (Eslováquia) Kayle Browning (Estados Unidos) Alessandra Perilli (San Marino)

Skeet no tiro olimpico

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Sydney 2000 Zemfira Meftakhetdinova (Azerbaijão) Svetlana Demina (Rússia) Diána Igaly (Hungria)
Atenas 2004 Diána Igaly (Hungria) Wei Ning (China) Zemfira Meftakhetdinova (Azerbaijão)
Pequim 2008 Chiara Cainero (Itália) Kim Rhode (Estados Unidos) Christine Brinker (Alemanha)
Londres 2012 Kim Rhode (Estados Unidos) Wei Ning (China) Danka Barteková (Eslováquia)
Rio 2016 Diana Bacosi (Itália) Chiara Cainero (Itália) Kim Rhode (Estados Unidos)
Tóquio 2020 Amber English (Estados Unidos) Diana Bacosi (Itália) Wei Meng (China)

Medalhistas de tiro esportivo misto

Pistola de ar 10 m no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Tóquio 2020 Jiang Ranxin e Pang Wei (China) Vitalina Batsarashkina e Artem Chernousov (ROC)*** Olena Kostevych e Oleh Omelchuk (Ucrânia)

Carabina de ar 10 m no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Tóquio 2020 Yang Qian e Yang Haoran (China) Mary Tucker e Lucas Kozeniesky (Estados Unidos) Yulia Karimova e Sergey Kamenskiy (ROC)***

Fossa olímpica no tiro esportivo

Competição Medalha de Ouro Medalha de Prata Medalha de Bronze
Tóquio 2020 Fátima Gálvez e Alberto Fernández (Espanha) Alessandra Perilli e Gian Marco Berti (San Marino) Madelynn Bernau e Brian Burrows (Estados Unidos)

* A equipe Unificada era a união de todos os atletas de países que faziam parte da União Soviética.

** Atletas que participaram de competições olímpicas de forma independente, não estando ligados a algum país por algum motivo, seja politico, sanções, entre outras coisas.

*** Devido a problemas envolvendo antidopping, todos os atletas russos tiveram que se inscrever nas olimpiadas como ROC, sendo independente do país, que estave penalizado por quatro anos sem poder competir.

Agora que você sabe tudo sobre o tiro esportivo nas olimpíadas, aproveite para se aprofundar ainda mais no tema com nossos outros conteúdos: