Legal se fosse, mas garantimos que não serão as melhores raquetes de squash que farão de você um melhor jogador. É preciso treino, dedicação e um grande conhecimento das regras.

Ainda assim, esteja você aprendendo como jogar ou já dominando a prática, vale muito procurar por equipamentos de qualidade e que principalmente se encaixem ao seu estilo de jogo.

Por isso que no texto abaixo entramos em detalhes técnicos, falamos dos diferentes tipos, selecionamos os melhores modelos e reunimos o que mais você precisa saber para entender como escolher as melhores raquetes de squash.

Os tipos de raquete no squash

Os tipos de raquete de squash
(Sven Mieke/Unsplash)

Por mais variada que seja a oferta de marcas e modelos, existem, basicamente, apenas dois tipos de raquetes de squash. Eles são definidos a partir do formato da chamada cabeça, a parte redonda que delimita a área das cordas e, por consequência, onde a bola deve ser golpeada.

Existem, assim, as raquetes:

  • Clássica: tipo de raquete com o formato mais próximo de um círculo. Pode ser identificada por uma “perna” na parte inferior que fecha a cabeça e a liga ao cabo;
  • Gota: também chamada de teardrop, esta raquete tem uma cabeça de formato muito semelhante a uma lágrima de ponta cabeça, isto é, com a base “pontiaguda” e o topo arredondado. Ao contrário da clássica, pode ser identificada pela ausência de um fechamento da área da corda.

A existência dessa dualidade não é um mero capricho estético. Cada um desses tipos de raquete se relaciona com um aspecto essencial do esporte: potência e controle. Mas qual é qual?

A potência das raquetes gota

Os modelos de cabeça em formato de gota são os que produzem maior energia nas batidas. O segredo está na maior área disponível para as cordas. Mais estendidas, estas tem a sua elasticidade melhor aproveitada, produzindo uma espécie de efeito catapulta na rebatida, que atira a bola em maior força e velocidade.

Esse maior espaço possibilita que o jogador encontre mais facilmente o sweetspot, o centro da trama da corda em que a bola retorna na exata mesma direção em que entrou em contato com a raquete. Um local de rebatidas quase perfeitas, digamos.

Ao mesmo tempo, nos locais fora desse ponto ideal a raquete de gota perde precisão, já que, mais estendidas, as cordas podem não voltar ao mesmo lugar e assim mudar a direção da bola na rebatida.

O controle das raquetes clássicas

As raquetes clássicas tem uma dinâmica que vai na contramão daquelas com formato de gota. Tudo porque sua área de contato com a bola é menor.

A elasticidade das cordas, portanto, também é menor, o que as fazem ter um retorno mais previsível após o contato com a bola nas rebatidas. O custo, claro, é a menor energia imposta nos movimentos.

Outro ponto determinante é o fechamento do círculo da cabeça. Esse pequeno pedaço impede uma maior vibração da raquete (que acontece nos modelos gota, por exemplo). As batidas, assim, ficam mais controláveis, já que a raquete fica mais estável nas mãos.

Vá além do squash! Confira outros conteúdos Esportelândia:

Como escolher as melhores raquetes de squash?

Melhores raquetes de squash
(Cristina Anne Costello/Unsplash)

Depois de conhecer os tipos, fica a pergunta: como escolher as melhores raquetes de squash? A resposta, bom, é simples: depende. Não existe a melhor raquete, mas a de qualidade que seja ideal para o seu jogo

Por exemplo, se seu jogo é de maior imposição física, de bolas para o fundo e velocidade, certamente uma raquete em formato de gota é a melhor pedida. Agora, se você se diferencia pelos seus voleios, drops e boasts, o encaixe é com os modelos clássicos.

O padrão de equilíbrio e das cordas também é importante para essa escolha. Se a raquete tem um peso maior na cabeça, o seu jogo fica mais potente porém um pouco mais lento. O inverso acontece quando a cabeça é leve. Um peso mais central, assim, permite um jogo mais equilibrado.

Quanto às cordas, a lógica é semelhante ao formato das raquetes. Padrões mais abertos permitem maior energia nas rebatidas, enquanto redes mais fechadas tornam a bola mais controlável e os movimentos mais precisos.

Agora, para identificar uma raquete de squash de qualidade, é necessário responder algumas perguntas:

Qual o material da raquete de squash?

A base das raquetes de squash é metálica. Existem, assim, modelos de alumínio, titânio, grafite, fibra de carbono e até, em alguns casos, de kevlar, uma fibra sintética.

O ideal é que o equipamento equilibre leveza, resistência e durabilidade. Estamos falando, afinal, de um jogo dinâmico e de modelos acima dos cem reais de custo.

Assim, procure dar preferência aos modelos de titânio, grafite e fibra de carbono, se possível. São quase tão resistentes quanto os de alumínio, mas infinitamente mais leves.

Qual o peso da raquete de squash?

O peso de uma raquete de squash é bem variado. Existem modelos que vão de 90g a 160g. Buscando o mesmo equilíbrio do material, o ideal é encontrar aqueles numa faixa intermediária, entre 120g e 130g.

Qual o preço da raquete de squash?

O preço da raquete de squash é também bastante variado. Depende até da alta do dólar. Assim, você encontra modelos de entrada por R$ 150 ou R$ 200 e profissionais que podem passar dos R$ 2000.

O mais comum, porém, é encontrar raquetes na faixa de preço entre os R$300 e R$800.

As melhores raquetes de squash

Claro que, depois de destrinchar os tipos e aspectos, não íamos deixar de listar as melhores raquetes de squash, né? Confira abaixo a nossa seleção do mercado online:

Raquete de squash Dunlop

https://m.media-amazon.com/images/I/41kpPbU7H9L._SL250_.jpg

Feito de grafite e em formato clássico, o modelo da Dunlop é o encaixe perfeito para um jogo de maior velocidade, com um peso equilibrado na cabeça e grande resistência.

Raquete de squash Head

https://m.media-amazon.com/images/I/41mC+M-2aLL._SL250_.jpg

O modelo da Head é a melhor raquete de squash para iniciantes. Em formato de gota com peso equilibrado e um preço razoável, é ideal para quem está nas suas primeiras rebatidas.

A melhor raquete de squash profissional

https://m.media-amazon.com/images/I/413TEbv0sdL._SL250_.jpg

Se você está buscando uma raquete de squash para acompanhar sua evolução no esporte, olhe com carinho para este modelo da Prince. Feito em grafite reforçado com titânio, possui as tecnologias PowerFan e Extender, que possibilitam um jogo forte e equilibrado.

Agora que você sabe como escolher as melhores raquetes de squash, que tal dar uma olhada nas regras e nos fundamentos deste e de outros esportes?

*Última atualização em 24 de março de 2021