Entenda para que serve o grip para raquete de tênis e o que deve ser avaliado na escolha do modelo ideal para cada tenista

Ainda que escolha uma excelente raquete, nem sempre um tenista consegue tirar o melhor proveito dela. É preciso ter atenção a diversos fatores, como o encordoamento e o grip.

Nós já explicamos por aqui como escolher o tipo de corda ideal para sua raquete. Desta vez, é a hora de abordarmos sobre cushion grip e overgrip.

Se você tem alguma dúvida, não perca tempo e saiba tudo o que precisa para selecionar o melhor grip e também como trocá-lo!

Para que serve o grip para raquete de tênis?

Independentemente do tipo de raquete de tênis escolhido, os cabos são cobertos por uma fita fabricada, normalmente, em couro natural. Essa fita, que dá o acabamento à empunhadura da raquete, recebe o nome de cushion grip.

Sobre o cushion grip, é usada uma película sintética que tem a função de absorver o suor, aumentar a aderência e oferecer mais conforto às mãos dos tenistas. O nome dessa película? Overgrip, conhecido também como over ou simplesmente como grip.

O uso do grip não modifica o tamanho da empunhadura se for colocado corretamente, de forma mais esticada. Porém, há tenistas que preferem outras configurações para o cabo da raquete.

Alguns tenistas não usam o cushion grip e preferem aplicar o grip diretamente sobre o cabo de polietileno ou grafite.

Há ainda tenistas que usam vários grips, um sobre o outro. Essa configuração não costuma ser recomendada, pois altera o formato do cabo da raquete e pode prejudicar a empunhadura. 

Quer entender como escolher o grip ideal para a sua raquete? Confira as dicas a seguir e não erre na escolha!

Vá além do mundo do Tênis! Confira também nossos outros conteúdos:

Como escolher o melhor grip para raquete de tênis?

Como escolher grip para raquete de tênis
Há diferentes tipos de overgrips disponíveis no mercado

A escolha do grip para raquete de tênis envolve dois fatores: aderência e absorção de suor.

Normalmente, os materiais disponíveis no mercado se destacam por serem melhores em um desses fatores. Dificilmente, há grips que reúnam as duas características.

Por isso, ao escolher o grip, o tenista deve avaliar qual característica deve ser priorizada.

Aqueles que suam bastante nas mãos devem buscar aqueles que são voltados para absorção, como o Tourna Grip.

Já os que gostam de ter firmeza ao segurar o cabo da raquete devem procurar por grips que “grudam” nas mãos.

Há alguns tipos de grip a serem analisados no momento da compra:

  • Os grips que são usados apenas para evitar o desgaste do cushion têm espessura, absorção e aderência medianas. Essas películas têm preço muito mais barato que o cushion grip.
  • Os grips que oferecem a melhor absorção de suor são, geralmente, em textura similar à do veludo. Eles duram menos que os outros tipos disponíveis no mercado e, por isso, devem ser trocados com maior frequência. Também não oferecem grande conforto.
  • Os overgrips que proporcionam mais aderência são emborrachados e têm aspectos variáveis. Há tanto as películas lisas quanto as que têm ranhuras.
  • Os grips que têm maior durabilidade são os com maior espessura. Eles são boas opções de custo-benefício, mas não devem ser mantidos por muito tempo no cabo da raquete pois perdem vida útil.

Não há um tempo exato para a troca do grip, já que o desgaste da película dependerá da frequência de uso pelo tenista. 

Para saber como trocar o grip de sua raquete, veja o passo a passo logo abaixo!

Como trocar o grip para raquete de tênis?

Como trocar overgrip de raquete de tênis
A troca do overgrip começa da extremidade do cabo indo na direção do coração da raquete

A troca do grip da raquete de tênis é um processo simples, mas demanda cuidado para a aplicação correta da película sobre o cabo.

Siga os passos abaixo para a correta colocação da fita na raquete:

  1. O primeiro passo é retirar o grip desgastado. Lembre-se que colocar um overgrip sobre um cushion danificado reduzirá a vida útil do overgrip;
  2. Caso o modelo de grip utilizado tenha uma gola, ela deve ser posicionada antes do coração da raquete. Porém, muitas fitas não possuem essa característica;
  3. Uma das pontas do grip é larga, enquanto a outra tem uma fita adesiva. É a partir dessa fita que deve ser iniciada a aplicação;
  4. O grip deve ser aplicado com a mão direita pelos destros e com a mão esquerda pelos canhotos; 
  5. A aplicação começa pelo fundo da raquete (extremidade do cabo), dando uma volta completa sobre o cabo da raquete;
  6. A partir da segunda volta, o overgrip deve fazer uma sobreposição de aproximadamente 2 milímetros;
  7. No topo do cabo, deve ser feita uma linha acompanhando a borda superior. Para o acabamento, o excesso deve ser cortado com tesoura no sentido diagonal; 
  8. A fita adesiva deve ser usada para o acabamento final, fixando o grip.

A troca do grip da raquete demora apenas alguns segundos e o uso de uma nova fita permitirá que o tenista ganhe mais aderência e absorção. Caso seja usado um grip além de sua vida útil, o cabo da raquete escorregará das mãos do jogador.

Agora que você já sabe tudo sobre o grip para raquete de tênis, aproveite para alimentar sua paixão pelo tênis com mais conteúdos:

Ficha Técnica
Título
Tudo sobre grip para raquete de tênis e como escolher o ideal
Resumo
Entenda para que serve o grip para raquete de tênis e o que deve ser avaliado na escolha do modelo ideal para cada tenista
Autor

Comentários

Salvar