Antes de mais nada, Casper Ruud é filho de ex-tenista Christian Ruud. Assim, entrou para a elite profissional no ano de 2016. Desse modo, era o número um no mundo na categoria júnior, se transformando no primeiro norueguês a alcançar tal feito. Assim, ainda no ano de 2016 no torneio ATP Challenger, o atleta venceu a etapa em Sevilla derrotando Taro Daniel, se tornando o 4º jogador mais jovem a vencer a prova de estreia.

Em seguida, derrotando o atleta Iñigo Cervantes que na época era o 75° jogador do ranking mundial, conseguiu entrar na etapa de wild card. A saber, é uma espécie de disputa para saber realmente quem irá para as provas futuras da organização. Devido à sua vitória na estreia impactante, recebeu a oportunidade de participar do Open de Chendgu. Contudo, foi derrotado ainda na primeira rodada por Viktor Troicki.

Posteriormente em 2018, conseguiu a classificação para seu primeiro Grand Slam, no Australian Open. Então, foi o primeiro norueguês a conseguir acesso entre os principais da modalidade em 17 anos. Entretanto, no mesmo ano perdeu em duas ocasiões, uma no Braga Open e outra em Francavilla al Mare.

Por outro lado em 2019 conseguiu entrar para o top-100 do ATP, sendo o primeiro de seu país a conseguir tal feito desde seu pai em 1994.

Títulos de Casper Ruud

O norueguês possui 10 troféus na carreira, sendo que nove foram no saibro e uma na quadra rápida (San Diego). Todos da categoria ATP 250, nos Grand Slams suas melhores campanhas são o vice-campeonato de Roland-Garros e do US Open,  ambos em 2022. Confira todos:

2020

  • Buenos Aires

2021

  • San Diego
  • Kitzbuhel
  • Gstaad
  • Bastad
  • Genebra
  • Laver Cup (em grupo)

2022

  • Gstaad
  • Genebra
  • Buenos Aires

2023

  • Estoril

Prêmios de Casper Ruud

A saber, por ser um tenista novo no circuito, o norueguês não possui prêmios em sua carreira. Contudo, além de ser o numero um na categoria júnior em 2016, atingiu o patamar mais alto de um atleta de seu país no esporte. Sendo assim, estando ranqueado em 2º em setembro de 2022, ultrapassou a marca de seu pai, Christian Ruud.

Em suma, é considerado um dos melhores tenistas do mundo para a próxima geração, e um dos mais eficientes em quadras de “terra”, o famoso saibro.

Curiosidades sobre Casper Ruud

Anteriormente quando conquistou a vaga do Rio Open, Casper Ruud era dado pela mídia como a piada do torneio, o que menos tinha chance. Contudo, no torneio o jovem norueguês chegou às semifinais.

Além disso, outro jogador chamado Nick Kyrgios parece ter criado uma rivalidade sem sentido com Ruud. A saber, conquistou a maioria de seus pontos no piso da saibro, o que Kyrgios acha a plataforma e solo ruins e não gosta.

Contudo, parece que não ficou ofendido com os comentários em redes sociais. Ao tuitar perguntando qual o torneio de saibro preferido do australiano, o jovem das ilhas da Oceania respondeu: “Sua mãe”

Assim, no período de retorno às quadras pós pandemia do COVID-19, Casper Ruud se manteve com ótimo desempenho vencendo os ATPs de Genebra, Bastad, Gstaad e Kitzbuhel. Ou seja, aproveitou bem o período olímpico que ele gastaria treinando para uma competição, vencendo outas.

Em suma, mostrou também que sabe jogar em quadras, foi campeão em San Diego e chegou às quartas de final em Viena e Paris. Além disso, chegou às semifinais em Turim e na final de Roland-Garros e US Open 2022.

Por fim, Casper Ruud é um forte competidor para as olimpíadas de Paris em 2024, e estará em uma idade o qual muitos atletas tem seu pico de desempenho físico.

Foto destaque: Divulgação/Twitter