Depois de uma temporada decepcionante em 2023, Tatiana Weston-Webb está pronta para retomar o caminho das vitórias em 2024.

As primeiras etapas foram de resultados medianos para Tatiana. No entanto, sua ótima campanha no ISA Games, terminando com a medalha de prata, elevou a confiança da brasileira.

Tatiana Weston-Webb tem histórico positivo em Portugal

Tatiana Weston-Webb
WSL/Thiago Diz

Por mais que 2023 não tenha sido um grande ano no circuito mundial da WSL, um dos melhores resultados de Tatiana Weston-Webb foi em Portugal, quando chegou até a semifinal e perdeu para Courtney Conlogue.

De fato, a etapa em Peniche sempre foi uma das favoritas da brasileira. Tati tem um histórico invejável no evento. São quatro participações e em todas a surfista conseguiu chegar na fase de semifinais.

O maior destaque fica por conta da vitória de Weston-Webb na temporada de 2022. Na ocasião, a surfista superou a norte-americana Lakey Peterson na grande decisão da etapa.

A surfista falou rapidamente sobre sua confiança nas redes sociais da WSL:

Eu já fui campeã aqui (Peniche, Portugal) uma vez é isso me dá muita confiança. Eu sei que posso surfar bem nessa onda”, afirmou a surfista brasileira.

Para vencer pela segunda vez a etapa de Peniche, Tati vai precisar superar uma dura oponente nas semifinais, a bicampeã mundial Tyler Wright da Austrália.

Continue no mundo do surf! Confira também nossos outros conteúdos: