Inúmeros ex-jogadores de eSports se tornaram excelentes jogadores de pôquer de grande sucesso. Saiba quem são eles!

Os famosos eSports são competições de jogos eletrônicos de nível profissional transmitidas para milhares de fãs ao redor do mundo. Podem ser disputados individualmente ou em equipe via internet e computadores em rede, dentre as modalidades competitivas disputadas destacam-se League of Legends e Counter-Strike.

Modalidades de eSports

Para quem pensa que há somente jogos de tiro e de arena nos eSports está totalmente enganado. O grande destaque desta indústria está na variedade de gêneros que envolve, abrangendo desde os fãs de esportes mais tradicionais até os aficionados por cartas – o que exige um rol de jogadores com as mais diferentes habilidades.

Com o passar dos anos, inúmeros ex-jogadores de eSports acabaram se tornaram excelentes jogadores de pôquer de grande sucesso. Podemos destacar que alguns dos atrativos para mudarem de esporte, foi, sem dúvidas a possibilidade de ganhar Poker Rakeback nas mesas de pôquer online e os altos valores em premiações.

A seguir vamos mostrar um pouco sobre a trajetória de cada um.

6º IVAN DEMIDOV (SOUL)

Nascido em 1981, Ivan Demidov jogou Warcraft III quando era mais jovem antes de partir para o pôquer. Ele jogou competitivamente com o apelido de “SouL”, mas acabou tendo muito mais sucesso no campo de pôquer.

Em 2008 alcançou a mesa final do Main Event WSOP no primeiro ano em que o evento incluiu um “November Nine”. Apesar de nunca ter ganho uma bracelete WSOP, Demidov ganhou milhões de dólares jogando pôquer.

4º PAULI ‘FIILISMIES' ÄYRÄS

Pauli, também conhecido como Fiilismies, começou sua carreira de jogador competitivo jogando Counter-Strike e Starcraft 2. Em SC2 Pauli foi um dos melhores jogadores da Finlândia, jogando no WCG Finland Qualifier Finals de 2011 com o apelido de ‘Namutin’. Porém, quando ele descobriu o pôquer, ele rapidamente percebeu que a oportunidade é muito maior em termos de dinheiro jogando pôquer online do que competindo em eSports.

Além de coisas materiais, ele ganhou um enorme respeito na comunidade de pôquer de apostas altas por ser um dos oponentes mais difíceis de se enfrentar no No-Limit Holdem.

4º LEX VELDHUIS (RASZI)

Vindo de Rotterdam, Holanda, Lex Veldhuis é outro jogador de pôquer cuja carreira começou nos eSports (StarCraft) e deu uma guinada em direção ao mundo do pôquer.

Lex entrou no pôquer por inspiração em outros jogadores e em 2005 ele depositou $ 10 em sua conta PokerStars e começou a jogar pôquer.

A carreira de Lex deu várias voltas e reviravoltas enquanto explorava diversas modalidades de pôquer ao vivo e online, jogos a dinheiro, torneios, etc.

Com o passar do tempo Lex se tornou um jogador de torneios muito forte e se concentrou em torneios de pôquer online.

3º RANDY ‘NANONONO' LEW

Randy Lew começou sua carreira de jogador no ensino médio, jogando jogos de luta como Street Fighter e Tekken. Na universidade, enquanto estava estudando economia gerencial, Randy se familiarizou com o pôquer.

Como membro do Team PokerStars, Randy Lew usou o apelido “Nanonoko” enquanto buscava um dos mais desafiadores recordes mundiais do Guinness associado ao pôquer.

Enquanto outros jogadores lutavam para fazer os movimentos certos em uma única mesa, Lew podia ser encontrado navegando entre duas dúzias de mesas ao mesmo tempo. Em 2012, sua conta “Nanonoko” foi gravada no livro dos recordes depois que Lew terminou 14.548 mãos de pôquer em apenas oito horas – uma extravagância de 24 mesas simultaneamente.

2º DOUGLAS POLK (WCGRIDER)

Nascido em Pasadena, Califórnia, Doug Polk se interessou por jogos de estratégia desde muito novo e competiu no Warcraft III em torneios como o World Cyber ​​Games.

No pôquer, sua dedicação começou a valer a pena depois de 2011 e, em 2013, quando ele seria considerado um dos maiores jogadores de No-Limit Hold’em Heads-Up da época.

Tendo ganhado vários milhões online, Doug se tornou um ídolo para muitos aspirantes a jogadores de pôquer e ele começou a trabalhar em uma forma de retribuir a comunidade de pôquer fundando o Upswing Poker em 2015.

Em 2017, Doug ganhou um torneio WSOP One Drop High Roller, batendo um campo de 130 jogadores e levando para casa o primeiro prêmio de $ 3,6 milhões.

1º BERTRAND ‘ELKY' GROSPELLIER

Elky estava sempre no ranking de melhores jogadores de StarCraft do mundo, com destaque na carreira ao terminar em segundo no World Cyber ​​Games em 2001 contra a lenda SlayerS_`BoxeR e vencer o WCG France em 2003 contra Aspeak.

Quando passou a se interessar pelo pôquer, Elky começou a jogar torneios SNG, nos quais acabou estabelecendo um Recorde Mundial do Guinness por jogar o maior número de jogos em uma única hora.

Hoje, Grospellier conta com mais de $ 13 milhões em ganhos em torneios ao vivo em seu crédito, junto com incontáveis outros ganhos online. Em termos de jogo ao vivo, ele é um dos poucos profissionais que conquistou a TTriple Crown do pôquer, ganhando um bracelete de ouro na WSOP 2011, além de títulos no World Poker Tour (WPT) e no European Poker Tour (EPT) em 2008.

CONCLUSÃO

Tanto os gamers profissionais quanto os jogadores de pôquer, jogam várias horas por dia e cada decisão é importante, e ambos os esportes são altamente baseados em estratégia. Assim, diante dessas similaridades é mais fácil de entender porque alguns jogadores migraram de esporte e também obtiveram sucesso.

Salvar