Saiba tudo sobre a carreira de Ruiter Silva, nadador paralímpico brasileiro! Início no esporte, títulos, curiosidades e muito mais

Medalhista mundial, paralímpico e parapan-americano. Ruiter Silva é um dos grandes nomes da natação brasileira na atualidade! E não para por aí.

O atleta de Catalão disputará as eliminatórias para os Jogos Paralímpicos de Tóquio em 2020 e tem tudo para representar o país em mais uma edição da competição.

Em entrevista à Esportelândia, o nadador nos contou um pouco de sua história no esporte: início nas piscinas, dificuldades na carreira, campeonatos disputados e principais medalhistas conquistas. Ficou curioso? Então segue o fio!

Quem é Ruiter Silva?

quem é ruiter silva
Ruiter Silva é um nadador paralímpico brasileiro

Ruiter Silva é um nadador paralímpico com má formação congênita na mão e no pulso esquerdo. Ele nasceu na cidade de Catalão, Goiás, em 15 de dezembro de 1992.

Até o momento, o brasileiro já faturou 111 ouros, 67 pratas e 18 bronzes em todas as competições que disputou na carreira.

Sua conquista de maior destaque foi uma prata na categoria 4x100m livre alcançada nos Jogos Paralímpicos do Rio em 2016. Ruiter também possui medalhas nos Jogos Parapanamericanos e nos Campeonatos Mundiais.

É o atual recordista das Américas em duas provas: revezamento 4x100m livre e 100m livre. Já nos 50m livre, é o recordista brasileiro.

Como Ruiter Silva começou na natação

historia ruiter silva
Atleta começou a “nadar” com seis meses de vida

Ruiter Silva nadou pela primeira vez na vida com apenas seis meses de idade. Os exercícios na água tinham como principal objetivo fortalecer a musculatura do seu braço. “Eu fazia natação no colo da minha mãe”, revelou o atleta.

O nadador conta que cresceu amando os esportes, muito em função da influência do seu pai. Ele frequentava escolinhas de futebol, basquete e natação, mas não pensava em seguir carreira como atleta.

Em dezembro de 2008, entretanto, uma viagem para Belo Horizonte mudou a sua vida. Ruiter se inscreveu para uma peneira de basquete no Minas Tênis Clube. A partir daí, começou a estudar os esportes paralímpicos com mais afinco.

História de Ruiter Silva

Ruiter Silva conheceu o medalhista olímpico José Afonso Medeiros, também conhecido como Caco, e foi convencido a treinar de maneira mais séria para uma competição de natação que aconteceria em Brasília, em 2009.

O nadador conquistou o bronze na prova 100m peito – a primeira da sua carreira – e atingiu o índice para disputar o campeonato nacional.

“Após o torneio eu falei com o meu pai que queria tentar alguma coisa na natação”, contou o atleta. Ruiter começou a treinar em Uberlândia sob a tutela do técnico Gustavo Maciel, que na época era coordenador da seleção, e entrou de vez na profissão.

De Catalão para o mundo

ruiter silva natação
Nadador conquistou 111 ouros, 67 pratas e 18 bronzes na carreira

Em 2010, Ruiter Silva foi convocado para a seleção brasileira de natação pela primeira vez na carreira. Um ano depois, disputou o Open Paralímpico.

Já em 2012, o nadador quase conseguiu uma vaga para disputar a Paralimpíada de Londres. Ele ficou de fora da competição por apenas 14 centésimos. “Foi uma das fases mais difíceis da minha carreira. A gente sempre acha que tá fazendo tudo o que dá”, desabafou.

No ano seguinte, todavia, Ruiter mostrou o seu cartão de visitas para o mundo. Ele disputou o seu primeiro Mundial em Montreal, no Canadá, e faturou a prata no 4x100m livre. “Além disso bati cinco recordes brasileiros e melhorei todos os meus tempos”, contou.

Desempenho em competições internacionais

O nadador orgulha-se de ter participado de quatro Mundiais até hoje: 2013 (Canadá), 2015 (Escócia), 2017 (México) e 2019 (Inglaterra). Foram três pratas e um ouro no total.

Nos jogos Parapan-Americanos, o atleta disputou duas edições: Canadá (2015) e Peru (2019). Ele faturou seis medalhas de ouro e cinco medalhas de prata.

Por fim, Ruiter Silva possui uma participação em Jogos Paralímpicos. Junto com os companheiros André Brasil, Daniel Dias e Phelipe Rodrigues, ele faturou a medalha de prata no revezamento 4x100m livre em 2016, no Rio de Janeiro.

Amplie seu conhecimento sobre natação:

Medalhas de Ruiter Silva

ruiter silva rio 2016
Atleta foi prata no 4x100m livre na Paralimpíada 2016

Ruiter Silva já acumulou 111 ouros, 67 pratas e 18 bronzes na carreira como nadador profissional. Abaixo, citaremos as conquistas mais importantes do atleta:

Medalhas de Ruiter Silva em Mundiais

  • 4x100m livre – prata (Montreal, 2013)
  • 4x100m livre – prata (Glasgow, 2015)
  • 4x100m livre – ouro (Cidade do México, 2015)
  • 200m medley – prata (Cidade do México, 2015)

Medalhas de Ruiter Silva em Parapan-Americanos

  • 400m livre – ouro (Toronto, 2015)
  • 200m medley – ouro (Toronto, 2015)
  • 4x100m livre – ouro (Toronto, 2015)
  • 50m livre – bronze (Toronto, 2015)
  • 100m livre – prata (Toronto, 2015)
  • 50m livre – ouro (Lima, 2019)
  • 100m livre – ouro (Lima, 2019)
  • 4x100m livre – ouro (Lima, 2019)
  • 100m borboleta – prata (Lima, 2019)
  • 200m medley – prata (Lima, 2019)
  • 400m livre – prata (Lima, 2019)

Medalhas de Ruiter Silva em Paralimpíadas

  • 4x100m livre – prata (Rio, 2016)

Curiosidades sobre Ruiter Silva

ruiter silva paralimpiadas
Confira algumas curiosidades sobre Ruiter Silva

Além da natação, Ruiter Silva é apaixonado por basquete. Ele praticou o esporte durante um bom tempo na sua adolescência e nunca deixou de acompanhar as ligas profissionais.

O nadador se inspira em vários colegas de trabalho para melhorar cada vez mais nas piscinas: Daniel Dias, André Brasil, Phelipe Rodrigues e Maria Carolina Santiago. “Eu tento absorver o que vejo nas pessoas que me ajuda a tirar o melhor de mim”, explicou.

Além dos atletas com quem compartilha treinamentos e competições, Ruiter também se inspira no seu técnico Leonardo Tomaselli: “As pessoas que a gente admira não são necessariamente aquelas que estão executando a atividade”, completou.

Para Ruiter Silva, a natação vai além de uma mera profissão. Trata-se de autoconhecimento: “Através do esporte eu consigo atualizar a minha mente a ponto de saber lidar cada vez melhor com as tensões da vida. Isso me motiva muito”.

Recordes de Ruiter Silva

  • Recorde das Américas no 4x100m livre
  • Recorde das Américas no 100m livre
  • Recorde do Brasil no 50m livre

Palestra de Ruiter Silva

palestra ruiter silva
Ruiter Silva compartilha a sua história de vida em palestras

“Por meio da minha história no esporte, eu gosto de inspirar outras pessoas”, explicou Ruiter Silva. O nadador costuma dar palestras para diversas empresas contando a sua superação como esportista de alto rendimento.

O atleta já participou de conversas com multinacionais, escolas e diversos eventos espalhados pelo país. “É fantástico poder falar que eu vivo da natação”.

Leia mais:

*Última atualização em 25 de fevereiro de 2020

Comentários

Salvar