Qual modalidade de natação é sua preferida? Há quem goste mais dos revezamentos, enquanto outros não perdem as provas mais rápidas.

Independentemente de sua preferência, se você gosta de natação, está no lugar certo.

Aqui, vamos apresentar todas as provas que estão no programa olímpico e também aquelas que não são disputadas em Olimpíadas.

Além disso, você poderá conferir todos os recordes mundiais tanto de piscina longa quanto de piscina curta. Verá também as melhores marcas da história das Olimpíadas e as registradas  por atletas brasileiros.

Vale destacar que muitos recordes da natação foram registrados no período em que era permitido usar os “super trajes”. Essas vestimentas, feitas à base de poliuretano, ajudavam na flutuação e na compressão do corpo. Os trajes que geravam tanta polêmica foram banidos em 2010.

Para começar, que tal saber quais são as provas de natação disputadas nas Olimpíadas? A gente te conta logo abaixo!

Modalidades olímpicas da natação

  • 50 metros livre
  • 100 metros livre
  • 200 metros livre
  • 400 metros livre
  • 800 metros livre
  • 1500 metros livre
  • 100 metros costas
  • 200 metros costas
  • 100 metros peito
  • 200 metros peito
  • 100 metros borboleta
  • 200 metros borboleta
  • 100 metros medley
  • 200 metros medley
  • 400 metros medley
  • 4×100 metros livre
  • 4×200 metros livre
  • 4×100 metros medley
  • 4×100 metros medley misto
  • Maratona 10 km

50 metros livre

César Cielo campeão olímpico na natação
César Cielo foi campeão olímpico ao vencer os 50 metros livre em Pequim

Os 50 metros livre são a prova mais rápida da natação. 

Sua estreia em Olimpíadas aconteceu em 1904, nos Jogos de Olímpicos de Saint Louis. Porém, depois daquela participação, a modalidade ficou fora do calendário olímpico da natação até 1988, quando retornou em Seul. 

A prova está na história do esporte brasileiro. Foi nos 50 metros livres que o Brasil ganhou sua única medalha de ouro na natação em Olimpíadas até aqui. César Cielo foi campeão olímpico em Pequim’2008 com o tempo de 21s30.

Cielo é também o recordista mundial da prova em piscina longa, com 20s91, tempo registrado em 18 de dezembro de 2009.

O francês Florent Manaudou tem a melhor marca da história em piscina curta, com 20s26, registrado no Mundial de 2014.

Entre as mulheres, a sueca Sarah Sjöström é a recordista mundial dos 50 metros livre em piscina longa, com o tempo de 23s67. Já a holandesa Ranomi Kromowidjojo tem a melhor marca em piscina curta, com 22s93.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: César Cielo (Brasil), com 20s91 (2009)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Caeleb Dressei (Estados Unidos), com 20s16 (2020)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Sarah Sjöström (Suécia), com 23s61 (2023)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Ranomi Kromowidjojo (Holanda), com 22s93 (2017)
  • Recorde Olímpico masculino: Caeleb Dressel (Estados Unidos), com 21s07 (Tóquio 2020)
  • Recorde Olímpico feminino: Emma Mckeon (Austrália), com 23s81 (Tóqui 2020)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: César Cielo, com 20s91 (2009)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Etiene Medeiros, com 24s45 (2016)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: César Cielo, com 20s51 (2010)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Etiene Medeiros, com 23s76 (2018)

100 metros livre

Ranomi Kromowidjojo foi campeã em Londres 2012 e estabeleceu recorde olímpico dos 100 metros livre
Ranomi Kromowidjojo foi campeã em Londres 2012 com recorde olímpico dos 100 metros livre

Os 100 metros livre são a única prova disputada na primeira edição dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, em 1896, que ainda segue no calendário olímpico da natação. Também foi a primeira modalidade praticada por mulheres nas Olimpíadas, na edição de 1912.

Considerada a prova mais tradicional da natação, os 100 metros livre foram por muito tempo a prova que determinava os nadadores mais rápidas — os 50 metros livre voltaram às Olimpíadas somente em 1988.

O romeno David Popovici é o recordista da prova em piscina longa, com marca registrada em 2022.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: David Popovici (Romênia), com 46s86 (2022)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Amaury Leveaux (França), com 44s94 (2008)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Sarah Sjöström (Suécia), com 51s71 (2017)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Cate Campbell (Austrália), com 50s25 (2017)
  • Recorde Olímpico masculino: Caeleb Dressel (Estados Unidos), com 47s02 (Tóquio 2020)
  • Recorde Olímpico feminino: Emma Mckeon (Austrália), com 51s96 (Tóquio 2020)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: César Cielo, com 46s91 (2009)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Larissa Oliveira, com 54s03 (2016)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: César Cielo, com 45s74 (2010)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Larissa Oliveira, com 52s45 (2018)

200 metros livre

Nadadora italiana Federica Pellergini
Federica Pellegrini foi a recordista mundial dos 200 metros livre até 2023

Os 200 metros livre foram disputados pela primeira vez nas Olimpíadas em 1900 e seguiram no programa olímpico na edição seguinte. 

Depois de um longo período de ausência, a prova retornou às Olimpíadas em 1968, na Cidade do México.

Grandes nadadores da história, como Mark Spitz, Ian Thorpe e Michael Phelps já foram detentores do recorde mundial dos 200 metros livres. 

Entre as mulheres, a italiana Federica Pellegrini quebrou sua própria marca seguidas vezes no fim da primeira década deste século.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Paul Biedermann (Alemanha), com 1min42s00 (2009)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Paul Biedermann (Alemanha), com 1min39s37 (2009)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Mollie O'Callaghan (Austrália), com 1min52s85 (2023)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Siobhán Haughey (Hong Kong), com 1min50s31 (2021)
  • Recorde Olímpico masculino: Michael Phelps (Estados Unidos), com 1min42s96 (Pequim 2008)
  • Recorde Olímpico feminino: Ariarne Titmus (Austrália), com 1min53s50 (Tóquio 2020)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Fernando Scheffer, com 1min44s66 (2021)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Manuella Lyrio, com 1min57s50 (2016)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Fernando Scheffer, com 1min41s32 (2022)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Larissa Oliveira, com 1min54s50 (2018)

400 metros livre

Alemão Paul Biedermann é recordista mundial dos 400 metros livre
Alemão Paul Biedermann é recordista mundial dos 400 metros livre

Os 400 metros livre são uma modalidade olímpica da natação desde os Jogos de 1904 para os homens e 1920 para as mulheres.

Em piscina longa, o australiano Ian Thorpe foi o dono do recorde mundial por quase 10 anos, até ser superado pelo alemão Paul Biedermann. A australiana Ariarne Titmus estabeleceu o recorde feminino em 2023.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Paul Biedermann (Alemanha), com 3min40s07 (2009)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Yannick Agnel (França), com 3min32s25 (2012)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Ariarne Titmus (Austrália), com 3min55s38 (2023)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Li Bingjie (China), com 3min51s30 (2022)
  • Recorde Olímpico masculino: Sun Yang (China), com 3min40s14 (Londres 2012)
  • Recorde Olímpico feminino: Katie Ledecky (Estados Unidos), com 3min56s46 (Rio 2016)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Guilherme Costa, com 3min43s31 (2022)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Gabrielle Roncatto, com 4min08s91 (2022)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Fernando Scheffer, com 3min40s87 (2018)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Maria Heitmann, com 4min03s45 (2022)

800 metros livre

Nadadora Katie Ledecky
Katie Ledecky estabeleceu o recorde mundial dos 800 metros livre na Olimpíada do Rio

O 800 metros livre era uma modalidade olímpica exclusivamente feminina até os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Essa era a maior distância entre as provas femininas. A Olimpíada de Tóquio marca o início também da disputa dos 1500 metros livres para mulheres.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Zhang Lin (China), com 7min32s12 (2009)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Daniel Wiffen (Irlanda), com 7min20s46 (2023)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Katie Ledecky (Estados Unidos), com 8min04s79 (2016)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Katie Ledecky (Estados Unidos), com 7min57s42 (2022)
  • Recorde Olímpico masculino: Mykhailo Romanchuk (Ucrânia), com 7min41s28 (Tóquio 2020)
  • Recorde Olímpico feminino: Katie Ledecky (Estados Unidos), com 8min04s79 (Rio 2016)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Guilherme Costa, com 7min45s48 (2022)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Viviane Jungblut, com 8min29s30
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Guilherme Costa, com 7min41s23 (2022)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Viviane Jungblut, com 8min19s57 (2016)

1500 metros livre

Nadador Sun Yang
Sun Yang é o recordista mundial dos 1500 metros em piscina longa

Os 1500 metros livre são a modalidade de natação mais longa entre aquelas disputadas em piscina. 

Nas Olimpíadas, essa era uma prova exclusivamente masculina até os Jogos de Tóquio 2020.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Sun Yang (China), com 14min31s02 (2012)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Florian Wellbrock (Alemanha), com 14min06s88 (2021)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Katie Ledecky (Estados Unidos), com 15min20s48 (2018)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Katie Ledecky (Estados Unidos), com 15min08s24 (2022)
  • Recorde Olímpico masculino: Sun Yang (China), com 14min31s02 (Londres 2012)
  • Recorde Olímpico feminino: Katie Ledecky (Estados Unidos), com 15min35s35 (Tóquio 2020)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Guilherme Costa, com 14min48s52 (2022)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Beatriz Dizioti, com 16min05s25 (2022)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Guilherme Costa, com 14min39s42 (2022)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Beatriz Dizioti, com 15min48s82 (2022)

100 metros costas

Nadador Ryan Murphy recordista mundial dos 100 metros costa
Campeão olímpico no Rio, Ryan Murphy foi recordista mundial dos 100 metros costas

Entre as modalidades olímpicas de natação, os 100 metros é a mais rápida do estilo costas.

A prova faz parte do programa olímpico desde 1904 para os homens e 1924 para as mulheres

O norte-americano Aaron Peirsol quebrou o recorde mundial dos 100 metros costas em piscina longa seguidas vezes. Mas o dono do recorde atual é o italiano Thomas Ceccon.

Na prova feminina de piscina longa, a russa Anastasia Zueva estabeleceu o recorde mundial em 27 de julho de 2009. Um dia depois, sua marca foi derrubada pela britânica Gemma Spofforth, recordista até hoje.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Thomas Ceccon (Itália), com 51s60 (2022)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Coleman Stewart (Estados Unidos), com 48s33 (2021) 
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Kaylee McKeown (Austrália), com 57s33 (2023)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Minna Atherton (Austrália), com 54s89 (2019)
  • Recorde Olímpico masculino: Ryan Murphy (Estados Unidos), com 51s85 (Rio 2016)
  • Recorde Olímpico feminino: Kaylee McKeown (Austrália), com 57s47 (Tóquio 2020)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Guilherme Guido, com 52s95 (2019)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Etiene Medeiros, com 59s61 (2015)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Guilherme Guido, com 48s95 (2021)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Etiene Medeiros, com 57s13 (2014)

200 metros costas

Missy Franklin campeã olímpica em Londres 2012
Missy Franklin foi campeã olímpica em Londres 2012 com recorde olímpico dos 200 metros costas

Entre as provas de costas na natação, os 200 metros são a mais longa. 

Os recordes masculinos em piscina longa são dominados por nadadores norte-americanos desde o fim da década de 1990.

Mas, entre as mulheres, a melhor marca em piscinas de 50 metros não é mais de uma atleta dos Estados Unidos.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Aaron Peirsol (Estados Unidos), com 1min51s92 (2009)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Mitch Larkin (Austrália), com 1min45s63 (2015)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Kaylee McKeown (Austrália), com 2min03s14 (2023)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Kaylee McKeown (Austrália), com 1min58s94 (2020)
  • Recorde Olímpico masculino: Evgeny Rylov (Comitê Olímpico Russo), com 1min53s27 (Tóquio 2020)
  • Recorde Olímpico feminino: Missy Franklin (Estados Unidos), com 2min04s06 (Londres 2012)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Leonardo de Deus, com 1min57s00 (2016)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Fernanda Goeij, com 2min11s95 (2019)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Leonardo de Deus, com 1min51s51 (2016)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Alexia Assunção, com 2min07s30 (2022)

100 metros peito

Adam Peaty venceu os 100 metros costas no Rio e estabeleceu o recorde mundial
Adam Peaty venceu os 100 metros costas no Rio e também estabeleceu o recorde mundial

Pode ser curioso falarmos em rapidez no estilo peito, mas os 100 metros é a prova mais veloz desse nado em Jogos Olímpicos.

Já que falamos em curiosidade, você sabia que os 100 metros peito foram disputados primeiro pelas mulheres e depois por homens em Olimpíadas? 

A estreia da modalidade foi em 1968, somente com a prova feminina. A versão masculina veio quatro anos depois.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Adam Peaty (Grã-Bretanha), com 56s88 (2019)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Ilya Shymanovich (Bielorrússia), com 55s28 (2021)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Lilly King (Estados Unidos), com 1min04s13 (2017)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Ruta Meilutyte (Lituânia) e Alia Atkinson (x2 Jamaica), com 1min02s36 (2013, 2014 e 2016, respectivamente)
  • Recorde Olímpico masculino: Adam Peaty (Grã-Bretanha), com 57s13 (Rio 2016)
  • Recorde Olímpico feminino: Tatjana Smith (África do Sul), com 1min04s82 (Tóquio 2020)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Felipe França, com 59s01 (2016)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Jhennifer Conceição, com 1min07s12 (2022)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Felipe França, com 56s25 (2014)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Jhenifer Conceição, com 1min05s69 (2018)

200 metros peito

Brasileira Maria Lenk foi recordista mundial dos 200 metros peito no fim dos anos 1930
Brasileira Maria Lenk foi recordista mundial dos 200 metros peito no fim dos anos 1930

Os 200 metros peito são a prova mais longa desse estilo na natação. Entre as mulheres, a brasileira Maria Lenk chegou a ser recordista mundial dos 200 metros peito entre 1939 e 1941, com a marca de 2 minutos e 56 segundos.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Haiyang Qin (China), com 2min05s48 (2023)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Kirill Prigoda (Rússia), com 2min00s16 (2018)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Evgeniia Chikunova (Rússia), com 2min17s55 (2023)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Rebecca Soni (Estados Unidos), com 2min14s57 (2009)
  • Recorde Olímpico masculino: Zac Stubblety-Cook (Austrália), com 2min06s38 (Tóquio 2020)
  • Recorde Olímpico feminino: Tatjana Smith (África do Sul), com 2min18s95 (Tóquio 2020)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Henrique Barbosa, com 2min08s44 (2009)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Carolina Mussi, com 2min27s42 (2009)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Thiago Simon, com 2min02s58 (2016)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Gabrielle Assis, com 2min22s56 (2022)

100 metros borboleta

Sarah Sjöström recordista mundial e olímpica dos 100 metros borboleta
Sarah Sjöström é recordista mundial e olímpica dos 100 metros borboleta

Os 100 metros borboleta são a modalidade de natação mais rápida desse estilo nas Olimpíadas.

A prova faz parte do programa olímpico desde 1956 com sua versão feminina. Três edições depois, foi a estreia dos homens.

A sueca Sarah Sjöström, com ótimos resultados em provas de curta distância no nado livre, é a dona dos recordes mundiais de 100 metros borboleta tanto em piscina curta quanto longa.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Caeleb Dressel (Estados Unidos), com 49s45 (2021)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Caeleb Dressel (Estados Unidos), com 47s78 (2020)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Sarah Sjöström (Suécia), com 55s48 (2016)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Margaret MacNeil (Canadá), com 54s05 (2022)
  • Recorde Olímpico masculino: Caeleb Dressel (Estados Unidos), com 49s45 (Tóquio 2020)
  • Recorde Olímpico feminino: Sarah Sjöström (Suécia), com 55s48 (Rio 2016)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Gabriel Mangabeira, com 51s02 (2009)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Gabriella Silva, com 56s94 (2009)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Kaio Márcio de Almeida, com 49s44 (2009)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Daiene Dias, com 56s31 (2018)

200 metros borboleta

Michael Phelps
Nadador Michael Phelps foi um recordista olímpico dos 200 metros borboleta

Prova mais longa entre as disputas do nado borboleta, os 200 metros são disputados nos Jogos Olímpicos desde 1956, quando houve a estreia entre os homens. A disputa feminina começou 12 anos depois.

Maior nadador de todos os tempos, Michael Phelps foi um dos recordista olímpico dos 200 metros borboleta. Durante 18 anos, ele teve também o recorde mundial em piscina longa, até ser ultrapassado pelo húngaro Kristóf Milak.

Em piscina curta, o brasileiro Kaio Márcio de Almeida estabeleceu o recorde mundial dos 200 metros borboleta em 2009. Atualmente, a marca é do japonês Tomoru Honda.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Kristóf Milak (Hungria), com 1min50s34 (2022)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Tomoru Honda (Japão), com 1min46s85 (2022)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Zig Liu (China), com 2min01s81 (2009)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Mireia Belmonte (Espanha), com 1min59s61 (2014)
  • Recorde Olímpico masculino: Kristof Milak, com 1min51s25 (Tóquio 2020)
  • Recorde Olímpico feminino: Yufei Zhang (China), com 2min03s86 (Tóquio 2020)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Kaio Márcio de Almeida, com 1min53s92 (2009)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Joanna Maranhão, com 2min09s22 (2017)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Kaio Márcio de Almeida, com 1min49s11 (2009)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Joanna Maranhão, com 2min04s01 (2009)

200 metros medley

Ryan Lochte recordista 200 metros medley
Ryan Lochte é recordista mundial dos 200 metros medley em piscina longa

Os 200 metros medley é a modalidade de natação mais curta entre aquelas que envolvem todos os quatro estilos nas Olimpíadas. O atleta nada cada estilo por 50 metros, seguindo a ordem: borboleta, costas, peito e livre.

O brasileiro Thiago Pereira chegou a ser o dono do recorde mundial dos 200 metros medley em piscina curta entre novembro e dezembro de 2007. Entre as mulheres, a húngara Katinka Hosszu domina todos os principais recordes.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Ryan Lochte (Estados Unidos), com 1min54s00 (2011)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Ryan Lochte (Estados Unidos), com 1min49s63 (2012)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Katinka Hosszu (Hungria), com 2min06s12 (2015)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Katinka Hosszu (Hungria), com 2min01s86 (2014)
  • Recorde Olímpico masculino: Michael Phelps (Estados Unidos), com 1min54s23 (Pequim 2008)
  • Recorde Olímpico feminino: Katinka Hosszu (Hungria), com 2min06s58 (Rio 2016)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Thiago Pereira, com 1min55s55 (2009)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Joanna Maranhão, com 2min11s24 (2017)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Leonardo Coelho Santos, com 1min52s06 (2020)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Joanna Maranhão, com 2min09s03 (2009)

400 metros medley

Thiago Pereira ganhou medalha de prata nos 400 metros medley em Londres 2012
Thiago Pereira ganhou medalha de prata nos 400 metros medley em Londres 2012

Os 400 metros medley são a modalidade mais longa da natação entre aquela em que os nadadores passam por todos os estilos. Cada atleta precisa nadar 100 metros de borboleta, peito, costas e livre.

Maior medalhista da história dos Jogos Pan-Americanos, Thiago Pereira conquistou sua única medalha em Olimpíadas nos 400 metros medley. O brasileiro ficou com a prata em Londres 2012, superando Michael Phelps.

Foi também nos 400 metros medley que o brasileiro Ricardo Prado estabeleceu o recorde mundial em piscina longa em 1982. A marca durou até 1984.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Leon Marchand (França), com 4min02s50 (2023)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Daiya Seto (Japão), com 3min54s81 (2019)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Summer McIntosh (Canadá), com 4min25s87 (2023)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Mireia Belmonte (Espanha), com 4min18s94 (2017)
  • Recorde Olímpico masculino: Michael Phelps (Estados Unidos), com 4min03s84 (Pequim 2008)
  • Recorde Olímpico feminino: Katinka Hosszu (Hungria), com 4min26s36 (Rio 2016)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Thiago Pereira, com 4min08s46 (2009 e 2012)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Joanna Maranhão, com 4min38s07 (2015)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Thiago Pereira, com 4min00s63 (2007)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Joanna Maranhão, com 4min26s98 (2009)

4×100 metros livre

Brasil medalha de bronze em Sydney no revezamento 4 x 100 metros livre
Brasil conquistou medalha de bronze em Sydney no revezamento 4×100 metros livre

Quer saber qual país tem a equipe de nadadores mais rápidos do mundo? A resposta para essa pergunta passa pelo revezamento 4x100 metros livre.

Nessa disputa, cada equipe tem quatro nadadores, que competem por 100 metros. 

Um ponto muito importante é um que nadador só deve cair na água quando seu companheiro tocou a parede. Uma precipitação gera a eliminação de toda a equipe.

Em piscina longa, os Estados Unidos mantiveram o recorde mundial masculino por incríveis 37 anos, entre 1963 e 2000. Os responsáveis por derrubar essa hegemonia foram os australianos.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Estados Unidos, com 3min08s24 (2008)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Itália, com 3min02s75 (2022)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Austrália, com 3min27s96 (2023)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Austrália, com 3min25s43 (2022)
  • Recorde Olímpico masculino: Estados Unidos, com 3min08s24 (Pequim 2008)
  • Recorde Olímpico feminino: Austrália, com 3min29s69 (Tóquio 2021)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Gabriel Santos, Marcelo Chierighini, César Cielo e Bruno Fratus, com 3min10s34 (2017)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Larissa Oliveira, Graciele Herrmann, Etiene Medeiros e Daynara de Paula, com 3min37s39 (2015)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Matheus Santana, Marcelo Chierighini, César Cielo e Breno Correia, com 3min05s15 (2018)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Larissa Oliveira, Daynara de Paula, Daiane Oliveira e Alessandra Marchioro, com 3min33s93 (2014)

4×200 metros livre

Brasil campeão no revezamento 4 x 200 metros livre no Mundial de Piscina Curta de 2018
Brasil foi campeão no revezamento 4×200 metros livre no Mundial de Piscina Curta de 2018

No revezamento 4×200 metros livres, cada nadador de uma equipe deve competir por 200 metros. O recorde brasileiro feminino em piscina curta é do Minas Tênis Clube, e não da Seleção Brasileira.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Estados Unidos, com 6min58s55 (2009)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Estados Unidos, com 6min44s12 (2022)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Austrália, com 7min37s50 (2023)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Holanda, com 7min30s87 (2022)
  • Recorde Olímpico masculino: Estados Unidos, com 6min58s56 (Pequim 2008)
  • Recorde Olímpico feminino: Estados Unidos, com 7min40s33 (Tóquio 2020)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Fernando Scheffer, Vinícius Assunção, Murilo Sartori e Breno Correia, com 7min04s69 (2022)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Manuella Lyrio, Jéssica Cavalheiro, Gabrielle Roncatto e Larissa Oliveira, com 7min55s68 (2016)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Luiz Altamir Melo, Fernando Scheffer, Leonardo Coelho Santos e Breno Correia, com 6min46s81 (2018)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Ana Carolina Vieira, Camila Mello, Andressa Cholodovsks e Maria Heitmann, com 7min50s57 (2018)

4×100 metros medley

Revezamento 4 x 100 metros medley
Estados Unidos dominam o revezamento 4×100 metros medley masculino

O revezamento 4×100 metros medley é a modalidade de natação em que quatro nadadores competem em equipe, cada um nadando um estilo por 100 metros.

Na prova masculina em piscina longa, os Estados Unidos dominam os recordes mundiais desde 1971. Apenas equipes de norte-americanos quebraram a melhor marca desde então.

  • Recorde Mundial masculino em piscina longa: Estados Unidos, com 3min26s78 (2021)
  • Recorde Mundial masculino em piscina curta: Austrália e Estados Unidos, com 3min18s98 (ambos em 2022)
  • Recorde Mundial feminino em piscina longa: Estados Unidos, com 3min50s40 (2019)
  • Recorde Mundial feminino em piscina curta: Estados Unidos, com 3min44s35 (2022)
  • Recorde Olímpico masculino: Estados Unidos, com 3min26s78 (Tóquio 2020)
  • Recorde Olímpico feminino: Austrália, com 3min51s60 (Tóquio 2020)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina longa: Guilherme Guido, Henrique Barbosa, Gabriel Mangabeira e César Cielo, com 3min29s16 (2009)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina longa: Fabíola Molina, Carolina Mussi, Gabriella Silva e Tatiana Lemos, com 3min58s49 (2009)
  • Recorde Brasileiro masculino em piscina curta: Guilherme Guido, Felipe França, Marcos Macedo e César Cielo, com 3min21s14 (2014)
  • Recorde Brasileiro feminino em piscina curta: Fabíola Molina, Beatriz Travalon, Daynara de Paula e Larissa Oliveira, com 3min57s66 (2012)

4×100 metros medley misto

Revezamento 4 x 100 metros medley misto
Revezamento 4×100 metros medley é primeira modalidade mista da natação em Olimpíadas

Os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020, são os primeiros da história em que homens e mulheres competem juntos em uma modalidade de natação. A Olimpíada na capital japonesa tem a estreia do revezamento 4×100 metros medley misto.

Não há uma ordem obrigatória para a entrada de homens ou mulheres. Há equipes que preferem começar com dois homens e encerrar com duas mulheres. Já outros times preferem intercalar os nadadores dos dois sexos.

Obrigatoriamente, as equipes devem apenas seguir a ordem dos estilos: borboleta, peito, costas e livre. A prova é realizada somente em piscinas longas.

  • Recorde Mundial: Grã-Bretanha, com 3min37s58 (2020)
  • Recorde Olímpico: Grã-Bretanha, com 3min37s58 (Tóquio 2020)
  • Recorde Brasileiro: Guilherme Basseto, Felipe Lima, Giovanna Diamante e Larissa Oliveira, com 3min45s51 (2021)  

Maratona 10 km

Maratona 10 km é única prova olímpica da natação fora das piscinas
Maratona 10 km é única prova olímpica da natação fora das piscinas

A maratona aquática de 10 km é a prova mais longa da natação olímpica. Ao contrário de todas as demais, que são disputadas em piscinas, essa modalidade é, geralmente, disputada em mar aberto.

Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, as disputas masculina e feminina aconteceram no Forte de Copacabana. A distância de 10 km é a única entre maratonas aquáticas que faz parte do programa olímpico. 

Em 2019, a brasileira Ana Marcela se tornou a maior medalhista em provas de águas abertas nos Mundiais de Esportes Aquáticos. Ela foi campeã da maratona de 5 km, prova que não é disputada nas Olimpíadas.

Confira, a seguir, quais outras modalidades de natação não estão nos Jogos Olímpicos!

Modalidades de natação que não estão nas Olimpíadas

  • 50 metros peito
  • 50 metros costas
  • 50 metros borboleta
  • 4×50 metros (em todos os estilos e medley)
  • 4×100 metros livre misto

Algumas modalidades da natação não fazem parte do programa dos Jogos Olímpicos, embora sejam disputadas em campeonatos mundiais e nas principais competições do esporte em todo o mundo.

Isso acontece com as provas de 50 metros peito, costas, borboleta, além dos revezamentos 4×50 metros. A disputa do revezamento 4×100 metros livre misto também não está nas Olimpíadas.

Agora que você sabe tudo sobre as modalidades de natação e conhece os recordes de todas as provas olímpicas, aproveite para expandir seus conhecimentos de esportes com outros conteúdos: