Para quem deseja explorar profundamente a modalidade, é crucial compreender os principais conceitos e o dicionário da ginástica.

É relevante ressaltar que cada disciplina da ginástica apresenta um vocabulário próprio, assim como estilos e acrobacias distintas.

Dicionário da Ginástica

Ginástica Artística

Dicionário da Ginástica [auto_last_update format=[Y]] – Conheça todos os termos do esporte
Rebeca Andrade em ação no Mundial de Ginástica Artística 2023 – Icon Sport

Amplitude

Extensão e altura dos movimentos realizados, demonstrando controle e técnica.

Aparelho

Equipamento utilizado nas competições de ginástica artística, como a trave, barras assimétricas, solo, argolas, etc.

Apoio

Sustentação do corpo com as mãos ou pés, fundamental em muitos movimentos e posições.

Aquecimento

Período antes da competição onde os ginastas se preparam fisicamente, praticando algumas atividades, além de aquecer os músculos.

Arco

Movimento em que o atleta curva o corpo para trás, formando um arco com a coluna vertebral.

Argolas

Aparelho onde os ginastas realizam movimentos de força, equilíbrio e transições.

Aterrissagem

Ação de tocar o solo após realizar um salto ou elemento acrobático, devendo ser controlada e estável.

Avaliação

Processo de pontuação de uma apresentação baseada na execução, dificuldade e composição dos elementos.

Avião

Posição em que o ginasta mantém o corpo horizontal com uma perna levantada para trás, geralmente usada na trave.

Bailarina

Movimentações simples nas apresentações de solo e trave, que combinam dança e elementos acrobáticos.

Barra fixa

Aparelho masculino onde os competidores realizam movimentos de impulso, giros e rotações contínuas.

Barras assimétricas

Aparelho que possui dois postes horizontais de diferentes alturas, onde as ginastas realizam transições, balanços e giros.

Barras paralelas

Aparelho composto de dois postes horizontais, onde os ginastas executam balanços, saltos e movimentos de força.

Cavalo com alças

Aparelho utilizado para realizar movimentos de perna em círculos, apoios e transições entre as alças.

Chapéu de Ferro

Equipamento de proteção usado para proteger a cabeça dos ginastas durante o treinamento de elementos difíceis.

Código de Pontuação

Conjunto de regras e critérios usados para julgar as rotinas de ginástica, incluindo notas de dificuldade e execução.

Cruz

Posição nos anéis onde o corpo está em linha reta, na horizontal, com os braços estendidos lateralmente, exigindo muita força.

Dedução

Penalização aplicada pelos juízes por erros de execução/técnica ou por não cumprir os requisitos da apresentação.

Desmontagem

Elemento final de uma série de movimentos, geralmente um salto ou acrobacia usada para sair do aparelho.

Dificuldade (D-Score)

Nota baseada no nível de dificuldade dos elementos executados em uma prova, somando os valores atribuídos a cada elemento.

Eixo

Linha imaginária em torno da qual o corpo gira ou se move durante a execução de elementos.

Execução (E-Score)

Nota baseada na precisão, técnica e estética da execução dos elementos, descontando pontos por erros.

Final individual geral

Competição onde os ginastas competem em todos os aparelhos, somando as notas para determinar o vencedor geral.

Final por aparelhos

Competição onde os ginastas competem em um aparelho específico, determinando o vencedor para cada aparelho.

Flair

Movimento em que o ginasta balança as pernas em círculos alternados enquanto mantém as mãos no solo, comum no cavalo com alças.

Flic-Flac

Movimento onde o atleta gira para trás com os braços estendidos, mais comum na ginástica artística, mas às vezes usado no trampolim.

Giro

Rotação do corpo em torno de seu eixo vertical ou horizontal, presente em muitos elementos de ginástica.

Lançamento

Movimento em que o competidor se projeta no ar, geralmente para iniciar ou finalizar um elemento acrobático.

Mortal

Salto em que o ginasta realiza uma rotação completa no ar, pode ser para frente, para trás ou de lado.

Parada de mãos

Posição de equilíbrio invertido com o corpo reto e sustentado pelas mãos, uma habilidade básica em ginástica.

Pirueta

Giro completo do corpo em torno do eixo vertical, comum em saltos, movimentos de solo e trave.

Planche

Posição de um competidor onde o corpo é mantido reto e paralelo ao solo, sustentado apenas pelas mãos.

Sequência

Conjunto de movimentos realizados sem interrupção, compondo uma parte da apresentação.

Solo

Área onde as atletas realizam rotinas coreografadas combinando acrobacias, saltos e elementos de dança.

Trave

Aparelho estreito onde as ginastas executam movimentos de equilíbrio, além de acrobacias.

Tsukahara

Salto acrobático realizado no cavalo com alças ou no salto, onde o ginasta salta de costas e realiza uma rotação no ar.

Ginástica Rítmica

Dicionário da Ginástica [auto_last_update format=[Y]] – Conheça todos os termos do esporte
Linoy Ashram conquistou a medalha de ouro na Ginástica Rítmica em Tóquio – Icon Sport

Aparato

Os aparatos são os equipamentos usados na Ginástica Rítmica: arco, bola, maças, fita e corda.

Artística

Elementos que realçam a expressão corporal, além da originalidade na coreografia do atleta.

Balanço

Movimento pendular do corpo ou do aparelho, utilizado para criar impulso.

Base

Posição que serve de apoio para a realização de outros movimentos.

Bola

Um dos principais elementos da ginástica rítmica, utilizado para realizar movimentos ao longo da apresentação.

Caminhada

Deslocamento simples usado como preparação para movimentos mais complexos.

Círculos

Movimentos circulares realizados com o objeto.

Corda

Um dos elementos mais importantes durante a apresentação, utilizado para saltos e manobras.

Dificuldade

Elemento técnico que contribui para a pontuação total da apresentação.

Deslocamento

Movimentos do ginasta pelo espaço, envolvendo passos, corridas e saltos.

Elemento corporal

Movimento realizado pelo corpo do ginasta, como saltos, giros e equilíbrios.

Expressão

Capacidade de transmitir emoções e sentimentos durante a apresentação.

Figura

Posição específica do corpo ou do aparelho, usada para criar formas artísticas durante a prova.

Grupo

Apresentação realizada por várias ginastas simultaneamente.

Lançamento

Ação de arremessar o aparelho ao ar durante a prova.

Linha corporal

Linha imaginária que define a postura e a forma do corpo do ginasta.

Maças

Aparelho utilizado em pares, semelhante a pequenos bastões, para executar movimentos de manipulação e equilíbrio.

Movimento combinado

Combinação de diferentes movimentos corporais e de aparelho em uma sequência.

Pivô

Movimento de rotação sobre um pé, com o corpo em equilíbrio.

Queda

Perda de controle do aparelho ou do corpo, resultando em contato involuntário com o solo.

Rotação

Movimento de giro do corpo ou do aparelho em torno de um eixo.

Ritmo

Sincronização dos movimentos com a música.

Ginástica de Trampolim

Dicionário da Ginástica [auto_last_update format=[Y]] – Conheça todos os termos do esporte
Dylan Schmidt competindo nos Jogos Olímpicos de Tóquio – Icon Sport

Altura

Distância vertical que o competidor alcança ao realizar saltos, medida a partir do ponto mais baixo até o ponto mais alto do movimento.

Amplitude

Extensão dos movimentos dos braços e pernas durante a execução dos elementos, indicando a abertura dos movimentos.

Báscula

Movimento em que o ginasta passa por uma posição horizontal antes de completar a rotação, frequentemente usado para transições suaves entre elementos.

Bloco

Atividades realizadas sem interrupções, formando uma sequência durante a prova.

Conjunto

Sequência de movimentos realizados sem interrupção, formando uma rotina ou série completa.

Cavado

Posição em que o ginasta curva o corpo, com a barriga para cima, criando uma curva pronunciada.

Giro triplo

Três rotações completas durante um salto, demonstrando alto nível de habilidade e controle.

Horizontal

Posição do corpo paralela ao chão durante um salto, geralmente durante transições entre movimentos.

Joelho fletido

Posição em que os joelhos estão dobrados, o que pode ser parte de certos movimentos ou posturas.

Meia-volta

Rotação de 180 graus durante um salto, comumente usada para transições rápidas entre movimentos.

Mortais

Saltos em que o ginasta realiza uma ou mais rotações completas ao redor do eixo horizontal, podendo ser simples, duplos ou triplos.

Pique

Posição do corpo com as pernas juntas e estendidas e os braços ao lado do corpo, geralmente usada para saltos retos.

Pirueta

Rotação ao longo do eixo longitudinal, geralmente combinada com saltos, aumentando a dificuldade do movimento.

Agora que você conhece o dicionário da ginástica, aproveite para conferir outros conteúdos sobre o glossário de outras modalidades: