O primeiro ouro olímpico do Brasil na ginástica artística veio nas mãos de Arthur Zanetti. Especialista em argolas, o paulista de São Caetano do Sul marcou seu nome na história!

O ginasta é simplesmente fenomenal na modalidade. Está sempre nos pódios dos torneios mais importantes do mundo e certamente está sonhando em participar dos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Quer saber tudo sobre Arthur Zanetti? Como ele começou no esporte? Quais são suas principais conquistas? Então continue por aqui!

Quem é Arthur Zanetti?

Biografia de Arthur Zanetti
Zanetti é um ginasta profissional brasileiro

Arthur Nabarrete Zanetti é um ginasta profissional brasileiro especialista em argolas. Ele nasceu em São Caetano do Sul, São Paulo, no dia 16 de abril de 1990.

Na modalidade, é campeão olímpico, mundial, pan-americano e sul-americano. Sua medalha de ouro na Olimpíada de Londres em 2012 foi a primeira do Brasil na ginástica.

O esportista é bacharel em Educação Física pela Universidade de São Caetano do Sul e terceiro sargento da Aeronáutica brasileira.

Como Arthur Zanetti começou na ginástica

Arthur Zanetti
Arthur começou a treinar ginástica com sete anos

Arthur gostava de jogar futebol quando criança, mas não conseguia mandar bem nas quadras. O garoto, entretanto, tinha físico para se destacar em outras modalidades, já que era baixinho, rápido e forte. Quem enxergou seu potencial na ginástica foi Sérgio Oliveira, professor de Educação Física do Colégio Metodista.

Sérgio recomendou que os pais de Zanetti o levassem para um teste na Sociedade Esportiva Recreativa e Cultural Santa Maria. Chegando lá, o menino realmente mostrou que levava jeito para a ginástica artística e, com apenas sete anos de idade, começou a treinar.

Nos primeiros meses, sua mentora foi Cláudia Cobo. Pouco tempo depois, começou a ser treinado por Marcos Goto, com quem mantém parceria até hoje. A rotina era intensa e Arthur quase chegou a desistir do esporte.

Sua vó Neide foi um importante pilar durante as cansativas sessões de ginástica. Era ela quem acompanhava o pequeno atleta no ginásio e o prometia guloseimas na padaria após os treinos. Ele ia direto nas bombas de chocolate!

História de Arthur Zanetti

quem é arthur zanetti
Brasileiro tem mais de 200 medalhas na carreira

Arthur Zanetti se destacou nos treinamentos e foi escolhido para compor um grupo de jovens ginastas selecionados por Marcos Goto. O professor via futuro nos pupilos e decidiu lapidá-los visando grandes competições internacionais.

Em 2007, o monstro das argolas ganhou sua primeira convocação para a Seleção Brasileira de Ginástica. A partir daí, virou figurinha carimbada nos principais torneios do mundo, sempre obtendo resultados satisfatórios na sua especialidade.

As primeiras medalhas expressivas como atleta sênior vieram em 2010. Naquele ano, o brasileiro faturou o ouro no Jogos Sul-Americanos e a prata na etapa de Stuttgart da Copa do Mundo. Ali foi dada a largada de uma brilhante trajetória nas argolas.

Zanetti já acumula mais de 200 medalhas divididas em campeonatos nacionais, continentais e mundiais. Os destaques, claro, ficam por conta do ouro na Olimpíada de Londres (2012) e a prata na Olimpíada do Rio (2016).

Além das argolas, o paulista também costuma empilhar conquistas na categoria equipe, como, por exemplo, o ouro nos Pan-Americanos de Guadalajara (2011) e Lima (2019).

Leia mais sobre ginástica artística:

Arthur Zanetti nas Olimpíadas

medalhas de arthur zanetti
Zanetti faturou o primeiro ouro da ginástica brasileira

Embalado pelas ótimas performances na Copa do Mundo de Ginástica em 2012, evento no qual conquistou três ouros nas etapas de Osijek, Maribor e Ghent, Arthur Zanetti chegou como esperança de medalha brasileira na Olimpíada de Londres.

O atleta classificou-se sem dificuldades para a final das argolas e se apresentou de forma impecável na última prova. Arthur faturou o primeiro lugar com nota 15.900 – superando os rivais Yibing Chen (15.800) e Matteo Morandi (15.733), prata e bronze, respectivamente.

O ginasta voltou a arrebentar nos Jogos Olímpicos do Rio em 2016, a segunda Olimpíada de sua carreira. Desta vez, com o apoio da torcida na Arena Olímpica, Zanetti impressionou nas argolas, anotou nota 15.766 e ficou com a prata. Quem levou o ouro foi o grego Eleftherios Petrounias, com nota máxima.

Nas Olimpíadas de Tóquio 2020, Arthur Zanetti chegou motivado após o bom desempenho na Rio 2016. No entanto, sabendo do altíssimo nível da disputa por medalha nas argolas, o ginasta brasileiro arriscou um triplo mortal, falhando a execução final, ficando na 8ª posição.

Medalhas de Arthur Zanetti

Jogos Olímpicos

  • Ouro – Londres 2012 (argolas)
  • Prata – Rio 2016 (argolas)

Campeonato Mundiais

  • Ouro – Antuérpia 2013 (argolas)
  • Prata – Tóquio 2011 (argolas)
  • Prata – Nanning 2014 (argolas)
  • Prata – Doha 2018 (argolas)

Jogos Pan-Americanos

  • Ouro – Guadalajara 2011 (equipe)
  • Ouro – Toronto 2015 (argolas)
  • Ouro –  Lima 2019 (equipe)
  • Prata – Guadalajara 2011 (argolas)
  • Prata –  Toronto 2015 (argolas)
  • Prata – Lima 2019 (argolas)

Jogos Sul-Americanos

  • Ouro – Medellin 2010 (argolas)
  • Ouro – Medellin 2010 (equipe)
  • Ouro –  Santiago 2014 (argolas)
  • Ouro – Cochabamba 2018 (equipe)
  • Ouro – Cochabamba 2018 (argolas)
  • Ouro – Cochabamba 2018  (salto)
  • Prata –  Santiago 2024 (equipe)

Curiosidades sobre Arthur Zanetti

História de Arthur Zanetti
Confira algumas curiosidades sobre o esportista
  • Arthur Zanetti mede 1,56m e pesa 62kg.
  • Gosta de filmes de comédia, carnes, massas, bombas de chocolate, petit gateau, praias, sair para jantar, ir ao cinema e acompanhar outros esportes como handebol e vôlei.
  • Seu ídolo na ginástica é o holandês Yuri van Gelder. Já no esporte em geral, seu ídolo máximo é o norte-americano Michael Jordan, o melhor jogador de basquete da história.
  • Torce para o São Paulo, é eclético na música (curte sertanejo, pop, eletrônica, etc) e seu livro predileto é Transformando Suor em Ouro, de Bernardinho.

Agora que você saber tudo sobre Arthur Zanetti, que tal dar uma conferida em outros textos sobre esporte? Se liga nessas sugestões: