Sua reputação é forjada em sua notável precisão nos passes e habilidades técnicas, o que o coloca entre os melhores meio-campistas de sua geração.

Confira a história do maestro Thiago Alcântara.

História de Thiago Alcântara

Divulgação
Divulgação

Thiago Alcântara do Nascimento, conhecido simplesmente como Thiago, é um renomado jogador de futebol nascido na Itália de pais brasileiros. Ele atua como meio-campista central tanto no Liverpool, clube da Premier League, quanto na seleção nacional da Espanha.

A trajetória de Thiago Alcântara começou na Itália, onde nasceu enquanto seu pai, Mazinho, jogava pelo U.S. Lecce.

Aos cinco anos, ele se mudou para a Espanha com sua família, onde iniciou sua jornada no futebol, passando por times como o Flamengo no Brasil e o Kelme CF enquanto seu pai jogava no Elche CF.

Sua ligação com o FC Barcelona foi estabelecida em 2005, quando ele assinou com o clube catalão, marcando o início de uma carreira brilhante.

No Barcelona, ingressou aos 14 anos e fez sua estreia no time principal em 2009. No Barcelona, conquistou diversos títulos, incluindo quatro La Liga, a Liga dos Campeões da UEFA e a Copa do Mundo de Clubes da FIFA.

Em 2013, ele foi transferido para o Bayern de Munique por €25 milhões. Na Alemanha, colecionou 16 troféus, destacando-se com sete títulos consecutivos da Bundesliga e uma tríplice coroa continental, que incluiu a Liga dos Campeões da UEFA, em seu último ano no clube bávaro.

Em 2020, assinou contrato com o Liverpool por um valor inicial de £20 milhões e contribuiu para a conquista da Copa da Inglaterra em 2022.

Além de seu sucesso em clubes, Thiago Alcântara representou a Espanha, estreando na seleção principal em 2011. Ele integrou o elenco espanhol na Euro 2016, na Copa do Mundo de 2018 e na Euro 2020.

Barcelona

Divulgação
Divulgação

Em 17 de maio de 2009, aos 18 anos, Thiago Alcântara fez sua estreia no time principal ao entrar como substituto de Eiður Guðjohnsen aos 74 minutos no jogo contra o RCD Mallorca, em sua única aparição naquela temporada.

Em 20 de fevereiro de 2010, Thiago marcou seu primeiro gol pelo Barcelona após entrar como substituto de Yaya Touré aos 76 minutos, contribuindo para a vitória em casa por 4 a 0 sobre o Racing de Santander.

Ao final da temporada 2010-11, Thiago Alcântara acumulou 17 jogos, três gols e três assistências.

Na temporada 2011-12, Thiago teve seu início com a participação no primeiro jogo da Supercopa Espanhola contra o arquirrival Real Madrid, sendo substituído por Xavi após 58 minutos.

Ele também foi suplente não utilizado na vitória sobre o FC Porto na Supercopa da UEFA de 2011. Além disso, Thiago marcou o primeiro gol do Barcelona na La Liga daquela temporada, contribuindo para uma vitória por 5 a 0 sobre o Villarreal CF.

Destaque para sua atuação como titular na conquista do Barcelona na Final da Copa do Mundo de Clubes, onde venceram por 4 a 0 no Estádio Internacional de Yokohama em 18 de dezembro.

No dia 29 de abril, Thiago Alcântara acrescentou mais um gol à sua conta, marcando o quinto gol do Barcelona na vitória por 7 a 0 sobre o Rayo Vallecano com um cabeceio de curta distância.

Bayern de Munique

Divulgação
Divulgação

O debut de Thiago Alcântara pelo Bayern aconteceu em uma derrota por 4 a 2 para o Borussia Dortmund na DFL-Supercup de 2013 em 27 de julho. Ele fez sua estreia na Bundesliga em uma vitória por 1 a 0 sobre o Eintracht Frankfurt em 11 de agosto de 2013.

Em 21 de dezembro de 2013, ele marcou seu primeiro gol em competições pelo Bayern de Munique, na Final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2013 contra o Raja Casablanca, do Marrocos, garantindo a vitória do clube alemão por 2 a 0.

Em 29 de janeiro de 2014, ele marcou seu primeiro gol na Bundesliga, o famoso gol de bicicleta no último minuto contra o VfB Stuttgart, que foi eleito o Gol do Mês. Além disso, ele deu uma assistência para Claudio Pizarro no primeiro gol do Bayern na vitória por 2 a 1.

Em 27 de agosto de 2015, Thiago Alcântara assinou um novo contrato de quatro anos com o Bayern. Em 10 de fevereiro de 2016, ele marcou um gol na vitória por 3 a 0 sobre o VfL Bochum nas quartas de final da DFB-Pokal.

Em 17 de março, Thiago marcou um gol em uma incrível reviravolta contra a Juventus, quando sua equipe saiu de uma desvantagem de 2 a 0 para vencer por 4 a 2 nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Ele encerrou a temporada com quatro gols e sete assistências.

Em 12 de agosto de 2018, Thiago Alcântara disputou a primeira partida competitiva da temporada sob o novo treinador do clube, Niko Kovač, e marcou um gol na vitória por 5 a 0 sobre o Eintracht Frankfurt, enquanto o Bayern venceu a DFL-Supercup de 2018.

Em 18 de maio de 2019, Thiago conquistou seu sexto título consecutivo da Bundesliga, já que o Bayern terminou dois pontos acima do Dortmund, com 78 pontos. Uma semana depois, Thiago venceu sua terceira DFB-Pokal quando o Bayern derrotou o RB Leipzig por 3 a 0 na Final da DFB-Pokal de 2019.

Em meio a intensas especulações na mídia sobre sua possível transferência para o Liverpool, Thiago Alcântara jogou pelo Bayern nas quartas de final da Liga dos Campeões contra seu ex-time Barcelona, participando da vitória por 8 a 2 sobre a equipe catalã.

Thiago Alcântara foi titular pelo Bayern na final da Liga dos Campeões de 2020 contra o Paris Saint-Germain, jogando 86 minutos antes de ser substituído, enquanto o Bayern conquistou sua sexta Liga dos Campeões e completou a tríplice coroa, tendo vencido também a Bundesliga naquela temporada e derrotado o Bayer Leverkusen na final da DFB-Pokal.

Liverpool

Divulgação
Divulgação

Thiago Alcântara estreou pelo Liverpool em 20 de setembro, entrando no segundo tempo durante a vitória por 2 a 0 contra o Chelsea em Stamford Bridge.

Nessa partida, ele estabeleceu um novo recorde de passes em 45 minutos como substituto, com 75 passes bem-sucedidos, marcando a maior quantidade de passes completados por um jogador que jogou no máximo 45 minutos na Premier League desde que a Opta começou a produzir estatísticas de passes em 2003.

No entanto, em 29 de setembro, o Liverpool confirmou que Thiago Alcântara testou positivo para COVID-19.

Em 17 de outubro de 2020, Thiago fez sua segunda partida pelo Liverpool, em um empate por 2 a 2 fora de casa contra o rival local Everton.

Infelizmente, ele sofreu uma lesão no joelho no final da partida devido a um carrinho de Richarlison que resultou em um cartão vermelho direto. Em 8 de maio de 2021, Thiago marcou seu primeiro gol pelo Liverpool, selando uma vitória em casa por 2 a 0 na liga sobre o Southampton.

Em 30 de julho de 2022, Thiago fez parte do elenco do Liverpool que venceu a FA Community Shield. Durante a temporada 2022–23, ele esteve em campo em 28 partidas em todas as competições.

No entanto, em 3 de maio de 2023, diversos importantes veículos de mídia britânicos relataram que ele perderia o restante da temporada após passar por uma cirurgia no quadril.

No desfecho da temporada 2022–23, o Liverpool ficou por pouco fora da qualificação para a Liga dos Campeões da UEFA.

Carreira internacional

Divulgação
Divulgação

Devido à sua origem brasileira, nascimento na Itália e criação na Espanha, Thiago Alcântara tinha a elegibilidade para representar o Brasil, a Itália e a Espanha. No final, escolheu representar a Espanha.

Sua estreia na seleção principal da Espanha ocorreu em um amistoso contra a Itália em 10 de agosto de 2011, enquanto seu primeiro jogo competitivo aconteceu em 6 de setembro de 2011, em uma partida de qualificação para a Euro 2012, na qual a Espanha venceu Liechtenstein por 6 a 0.

Em maio de 2014, Thiago foi inicialmente convocado para a lista provisória de 30 jogadores da Espanha para a Copa do Mundo, mas pouco depois teve que se retirar devido a uma lesão nos ligamentos do joelho sofrida enquanto jogava pelo Bayern em março.

Em outubro de 2015, após sua recuperação e com a classificação da equipe garantida, Thiago foi convocado novamente por Vicente del Bosque. Ele fez seu retorno à equipe nacional em uma vitória por 1 a 0 sobre a Ucrânia nas eliminatórias da Euro 2016.

Em outubro de 2017, marcou seu primeiro gol pela seleção no jogo de classificação para a Copa do Mundo contra a Albânia.

Thiago Alcântara também integrou a lista de 24 jogadores da Espanha para os jogos de preparação da Copa do Mundo de 2018 na Rússia e foi selecionado na lista final de 23 jogadores para o torneio. Durante a competição, ele atuou em dois jogos, contra Portugal e Marrocos.

Em maio de 2021, Thiago foi novamente chamado para representar a Espanha, desta vez na lista de 24 jogadores para a Euro 2020. No entanto, não foi incluído na convocação final para a Copa do Mundo de 2022.

Estilo de jogo

Divulgação
Divulgação

Thiago Alcântara é reconhecido por sua exímia criatividade e talento técnico, apresentando habilidades de dribles e controle de bola notáveis que o habilitam para desempenhar com eficiência tanto como meio-campista central recuado quanto em uma função mais avançada como meio-campista ofensivo.

Em 2013, Xavi o descreveu como “um jogador extraordinário”. Seu domínio se estende à distribuição precisa da bola, com técnica de passe impressionante e visão de jogo aguçada, resultando em uma notável taxa de sucesso de passes de 90,2% ao longo da temporada 2016-17 da Bundesliga, a mais elevada entre todos os jogadores na Alemanha.

Até Neymar, em certa ocasião, incluiu Thiago Alcântara em uma seleção de cinco jogadores que ele acreditava serem mais técnicos do que ele. Apesar de ser amplamente aclamado como um meio-campista de classe mundial pela mídia, Thiago enfrenta lesões recorrentes ao longo de sua carreira.

Curiosidades

Divulgação
Divulgação

Thiago Alcântara é filho de Mazinho, ex-jogador de futebol brasileiro e campeão da Copa do Mundo de 1994.

Sua mãe, Valéria Alcântara, é uma ex-jogadora de vôlei brasileira. Seu irmão mais novo, Rafinha, atua pelo Al-Arabi SC e integra a seleção brasileira.

É importante destacar que Rodrigo, um amigo de longa data, também jogou pela Espanha, e não é seu primo, como erroneamente relatado.

Em 27 de junho de 2015, Thiago Alcântara casou-se com Júlia Vigas em uma cerimônia realizada em Sant Climent de Peralta, na Catalunha, Espanha.

Ele ostenta dupla cidadania, sendo tanto brasileiro quanto espanhol. Um poliglota, Thiago é fluente em cinco idiomas: espanhol, português, catalão, alemão e inglês.

Títulos

Divulgação
Divulgação

Barcelona

  • La Liga: 2008–09, 2009–10, 2010–11, 2012–13
  • Copa del Rey: 2011–12
  • Supercopa de España: 2010, 2011
  • UEFA Champions League: 2010–11
  • Supercopa da UEFA: 2011
  • Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2011

Bayern de Munique

  • Bundesliga: 2013–14, 2014–15, 2015–16, 2016–17, 2017–18, 2018–19, 2019–20
  • DFB-Pokal: 2013–14, 2015–16, 2018–19, 2019–20
  • DFL-Supercup: 2016, 2018
  • UEFA Champions League: 2019–20
  • Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2013

Liverpool

  • FA Cup: 2021–22
  • FA Community Shield: 2022

Prêmios individuais

  • Equipe do Ano da UEFA: 2020
  • Gol do Mês na Alemanha: Janeiro de 2014
  • FIFA FIFPro World11: 2020
  • Equipe da Temporada da Bundesliga: 2016–17
  • Equipe do Torneio da UEFA Champions League: 2019–20
  • Equipe Mundial Masculina da IFFHS: 2020
  • Equipe do Ano da Premier League da PFA: 2021–22

Você ama outros esportes? Aqui no Esportelândia também falamos sobre:

*Última atualização em 04/11/2023.