Embora seja uma das favoritas para a Copa do Mundo de 2022, Seleção Brasileira comandada por Tite não é tão querida pelos torcedores

A Seleção Brasileira vai para a Copa do Mundo do Catar de 2022 como uma das favoritas conforme uma das casas de apostas mais importantes do mundo, a Betway. As eliminatórias ainda estão sendo disputadas e a nossa seleção vai jogar paralelamente a Copa América. Será um excelente teste para que o técnico Tite possa montar a espinha dorsal do selecionado brasileiro.

Mas a canarinho ainda encanta os torcedores brasileiros? Essa é uma boa pergunta e não é nada fácil encontrar as respostas. Nos dias de hoje, a admiração do público nacional pela seleção não é nem de perto o que era antigamente.

Há alguns anos, os jogos do selecionado nacional paravam o país. Também não era para menos, quando no esquadrão canarinho tínhamos Pelé, Rivelino, Tostão, Jairzinho, Zico, Sócrates, Romário, Rivaldo, Ronaldinho, o fenômeno Ronaldo e tantos outros craques.

Um dos principais problemas do público ter se afastado da Seleção é que os jogadores são vendidos muito cedo para Europa. Alguns nem mesmo chegam a disputar os campeonatos nacionais. Desse modo, não existem praticamente laços entre os torcedores e os atletas.

Outra explicação dada pelos especialistas é a queda da qualidade no futebol apresentado, a falta do que o torcedor mais gosta no futebol, o drible. Com tantos jogadores indo para a Europa tão cedo e com nossos técnicos optando por jogar no sistema europeu de antigamente, pouco a pouco a graça e a beleza que predominavam no nosso futebol foi desaparecendo e seu lugar foi ocupado pelo “futebol-força”, muito tático e não tão brilhante.

Mesmo assim, o Brasil continua bem-visto para levantar a taça em Doha e hoje lidera a lista de favoritos segundo a casa de apostas Betway.

Por que isso acontece?

A explicação é muito simples: temos uma história invejável no futebol mundial. Nós somos a única seleção que participou de todas as edições da Copa do Mundo e somos os maiores campeões desse torneio. São cinco taças, portanto os únicos pentacampeões.

Depois do favoritismo do Brasil a Betway também coloca as grandes seleções europeias como a França, Alemanha, Inglaterra, Croácia, Itália, Bélgica, Espanha e a tradicional Argentina como bem cotados.

A Copa do Catar

A novidade da Copa do Mundo do Catar de 2022 é o calendário que precisou ser alterado, devido às altas temperaturas daquele país nos meses de junho e julho, época tradicional das Copas do Mundo.

Desta vez ela será realizada em novembro e dezembro. Mais precisamente o jogo de abertura sendo em 21 de novembro e a final em 18 de dezembro.

No total participarão 32 seleções que jogarão em oito estádios ultra-modernos. No momento as obras estão aceleradas e já há cinco deles completamente prontos.

A abertura da Copa de 2022 ocorrerá no Estádio Al Bayt. Ele será um dos mais importantes da Copa. O Al Bayt tem capacidade de abrigar 60 mil torcedores e convidados sob sua cobertura inspirada nas tendas das tribos beduínas. A partida final ocorrerá no estádio de Lusail em cidade do mesmo nome. A capacidade dessa Arena é de 80 mil lugares.

As eliminatórias para Copa do Catar

A Seleção Brasileira enfrenta no próximo dia 4 de junho a seleção do Equador no Beira Rio. A partida é válida pela sétima rodada das eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2022. Em seguida a Seleção Canarinho vai a Assunção enfrentar a seleção do Paraguai.

A Copa América

O Brasil antes da Copa do Mundo do Catar tem um torneio importante pela frente. Com certeza servirá e muito para a escolha da equipe titular imaginada pelo técnico Tite.

O primeiro jogo da seleção é no dia 14 de junho a Venezuela em Medellín, Colômbia.

Disputada em dois países, Argentina e Colômbia, a competição terá sua final em Barranquilla, também na Colômbia, no dia 14 de julho. O maior campeão da Copa América é o Uruguai, com 15 títulos, e logo depois tem a Argentina com 14. O Brasil é o terceiro com 9 conquistas.

Mas nem por isso a nossa Seleção deixa de ser uma das grandes favoritas nessa competição, ainda mais porque é a atual campeã.

Salvar