Veja o emparelhamento das quartas de final da Euro 2021, depois de várias surpresas nas oitavas.

Suíça x Espanha

Esse será o jogo que vai abrir as quartas de final da Eurocopa de 2021. Suíça e Espanha viveram as oitavas de forma bastante emotiva e apaixonante, com jogos muito semelhantes em vários pontos de vista. Nos 90 minutos, ambas as seleções fizeram o mesmo resultado de 3 a 3, e apenas a sequência da eliminatória foi diferente.

A Espanha foi a primeira das duas a entrar em campo, frente à vice-campeã mundial Croácia. Um emocionante 3×3 fechou os 90 minutos, depois da Espanha estar no comando em 1×3 até o minuto 85, quando os croatas começaram a reagir até conseguirem empatar. Na prorrogação, os espanhóis não se deixaram abater pela desilusão dos 90 minutos e fizeram mais 2 gols, ficando o placar em 3×5.

Por sua vez, a Suíça teve 90 minutos bastante semelhantes, talvez ainda piores do ponto de vista emocional. Pela frente, tinha a super-favorita França, atual campeã mundial e vice da Europa. Os suíços fizeram o primeiro e controlavam bem o jogo, ganhando até um pênalti que poderia ter definido a partida, mas falharam. A França virou o jogo, com placar de 3 a 1, até ao minuto 81, quando os helvéticos acordaram. Apenas os pênaltis desempataram. Mbappé falhou o quinto, e a Suíça nenhum.

O que esperar da confrontação entre suíços e espanhóis? Segundo as melhores casas de apostas, a Roja é a grande favorita e na verdade, o time espanhol parece melhorar de jogo para jogo. Com cota de 1.76 nas melhores casas de apostas online, a Espanha parece obrigada a vencer, a menos que a Suíça, com cota por volta de 5.5 consiga fazer outra gracinha, do jeito daquela que fez com a França.

Bélgica x Itália

Este é o grande jogo da eliminatória entre duas das quatro maiores favoritas. Ambas tiveram 100% de vitórias na fase de grupos, que superaram com 9 pontos. Ambas tinham feito 7 gols em 3 partidas e chegaram nas oitavas como as duas melhores zagas. A Itália foi imaculada, sem sofrer gols, enquanto que os belgas tomaram apenas um. Porém, ambas sofreram nas oitavas para passar, apesar do caso da Bélgica se justificar melhor.

A Itália impressionou na fase de grupos, com 3 vitórias, praticando um bom futebol. Os anos anteriores também foram difíceis para os italianos, mas desde a chegada de Roberto Mancini, a Squadra Azzurra não parou de evoluir. O sorteio das oitavas até deixou o país sorrindo, pois encarariam a Áustria. Mas a eliminatória seria mais difícil que esperado. 0x0 foi o placar nos 90 minutos e os austríacos ainda fizeram gol, anulado pelo VAR. Somente na prorrogação os transalpinos fizeram 2 gols, apesar do gol austríaco no final (2×1). Itália levou um susto.

Por sua vez, a Bélgica encarava o Campeão da Europa em título, e sentiu bastante dificuldade durante boa parte do jogo, já que o domínio de Portugal foi quase total. Porém, um gol que chegou quase do nada, através de um chute de fora da área de Thorgan Hazard, que ainda fez um efeito estranho, traiu o goleiro português. O gol surgiu no final do primeiro tempo, mas no segundo, os belgas se limitaram a ver Portugal jogar. Apesar das várias chances, os belgas resistiram às investidas lusas e seguraram o 1×0.

Esta partida das quartas de finais promete muito e vai concentrar todas as atenções, com grande equilíbrio. A Itália entra com ligeiro favoritismo, com a melhor cota sendo de 2.33. A Bélgica, com 3.54, conta também com jogadores lesionados e amarelados da intensa batalha contra a Seleção das Quinas de Cristiano Ronaldo.

República Tcheca x Dinamarca

No dia seguinte, em 3 de Julho, teremos um duelo de outsiders, que vão tentar ser a grande surpresa da Eurocopa de 2021. As duas seleções também tiveram uma fase de grupos parecida, com passagens através da máquina de calcular, passando com apenas 3 pontos, e até mesmo as oitavas foram bastante tranquilas para ambas as seleções.

A Dinamarca literalmente dinamitou o País de Gales com 4 gols sem qualquer resposta. Chegaram ao segundo tempo com apenas 1 gol de vantagem, mas a partir do segundo gol, os companheiros de Gareth Bale quebraram. Essa Dinamarca já tinha se qualificado milagrosamente, tornando-se o primeiro time a se classificar em segundo, apenas com uma vitória na fase de grupos. Os daneses marcaram essa primeira fase com a tragédia de Eriksen, e tal como ele, fizeram o impossível para chegar às oitavas. Um time miraculado!

A República Tcheca também foi bastante competente nas oitavas, e impressionou do mesmo jeito. Apesar da vitória mais curta (0x2), o adversário também foi de outro calibre. Os tchecos aproveitaram perfeitamente o cartão vermelho de De Light, ao minuto 55. Um feito que virou completamente o rumo do jogo, com a República Tcheca marcando os dois gols depois. A classificação foi muito mais tranquila do que se esperava!

Na verdade, a Dinamarca até é favorita nesse duelo das quartas de final. Segundo a SOSapostas, a melhor cota para a vitória danesa é de 2.14 na 1xBet. A mesma casa oferece 3.98 por um triunfo da República Tcheca. Pode haver equilíbrio, mas este jogo promete bastante espetáculo.

Ucrânia x Inglaterra

Na teoria, esse seria o jogo mais desequilibrado, com dois times fazendo percursos bastante opostos. Apesar da Inglaterra não ter impressionado na fase de grupos, com apenas 2 gols marcados – mas que valeram duas vitórias e um empate sem gols –  ficou na primeira posição do Grupo D. Já a Ucrânia passou como terceira do Grupo C, e esteve prestes a retornar para casa.

Nas oitavas, a Inglaterra tinha um jogo muito interessante com a poderosa Alemanha. Um jogo com muita tensão entre duas candidatas ao título europeu, mas os ingleses foram muito mais realistas. Apesar do respeito que mostravam para com a seleção germânica, Sterling e Kane mostraram que queriam mais perante sua torcida. O fato de ser jogado em Londres também foi uma vantagem aos ingleses, que certamente aproveitaram da vantagem para ter uma partida mais tranquila.

A Ucrânia, por sua vez, teve que suar muito a camisa para conseguir se classificar para as quartas de final. Frente à Suécia, o jogo foi bastante fechado e no intervalo, o placar era de 1 a 1. No segundo tempo, o jogo foi ainda mais fechado, com dois times bastante parecidos, não apenas nas cores das respectivas bandeiras. Porém, no minuto 99, já na prorrogação, tudo mudou com o vermelho de Danielsson, jogador da seleção sueca. A Ucrânia comandada por Shevchenko pressionou a Suécia e no último lance do jogo, antes de serem declaradas as grandes penalidades, Dovbyk fez a diferença no minuto 120. A Ucrânia fez história.

Depois de eliminar a Alemanha, a Inglaterra consolidou seu estatuto de favorita a vencer a competição. Estatuto também justificado pelo fato de Londres acolher a Final Four da Euro 2020. O desgaste físico e emocional dos suecos não vai ajudá-los, e os britânicos são os grandes favoritos desse duelo das quartas, com cota de 1.47 apenas, contra a cota de 8.5 pela vitória ucraniana.

O favorito da competição

Antes das quartas de final se iniciarem, a Inglaterra conquistou o estatuto de grande favorita, nomeadamente com as eliminações de França, Alemanha, que vinham na frente e com Portugal e Holanda fora, já não podendo contestar a superioridade inglesa. Apenas restam Espanha e Itália/Bélgica como seleções capazes. De qualquer jeito, apostar no favorito não é fácil e seria mais pertinente  se beneficiar de um dos melhores bônus de apostas, segundo a SOSapostas. Esta Euro 2020 está tendo muitas surpresas e nada parece certo neste torneio.