Você sabia que a maior goleada do Brasileirão aconteceu em 1983? Veja também outros placares elásticos da história do torneio

A maior goleada do Brasileirão rolou em 1983, sabia disso? Hoje é dia aprofundarmos nessa partida e descobrir outros cinco placares elásticos da história do torneio!

Levamos em consideração o período que compreende o início da Taça Brasil (1959) até os dias atuais – o Campeonato Brasileiro que, de fato, conhecemos.

Garimpamos informações como data, estádio, quem marcou os gols e curiosidades que talvez você nunca ouviu falar. Bora ver tudo isso?

Qual é a maior goleada do Brasileirão?

maior goleada do brasileirão
Corinthians 10×1 Tiradentes é a maior goleada do Brasileirão

A maior goleada do Brasileirão aconteceu em 1983, quando o Corinthians aplicou um sonoro 10×1 no Tiradentes, do Piauí. A famosa equipe da Democracia Corinthiana, que marcou época no início dos anos 80, era liderada por Doutor Sócrates.

Se levarmos em conta apenas a diferença de gols, existe outro resultado que pode ser enquadrado como maior goleada do Brasileirão. O jogo em questão foi o 9×0 do Vasco na Tuna Luso, do Pará, em 1984, com direito a quatro gols de Arturzinho.

Maiores goleadas do Brasileirão

  • Corinthians 10×1 Tiradentes (1983)
  • Vasco 9×0 Tuna Luso (1984)
  • Fluminense 8×0 Fonseca (1960)
  • Grêmio 8×0 Perdigão (1967)
  • Flamengo 8×0 Fortaleza (1981)
  • Guarani 8×0 River (1982)

Corinthians 10×1 Tiradentes (1983)

maiores goleadas do brasileirão
O golaço de Wladimir na maior goleada do Brasileirão
  • Data: 9 de fevereiro de 1983
  • Estádio: Canindé
  • Gols: Sócrates (4), Paulo Egídio (2), Biro-Biro, Ataliba, Wladimir, Vidotti e Sabará

Corinthians foi o único time da história a marcar dez gols em uma mesma partida de Brasileirão. A Democracia Corinthiana bateu o Tiradentes, do Piauí, em 1983, com cinco tentos em cada tempo. E olha que o Timão ainda saiu atrás do placar!

Sócrates foi o grande destaque do confronto disputado no Canindé. Doutor converteu duas penalidades máximas e ainda anotou outros dois gols. Wladimir também ficou marcado pelo golaço de bicicleta aos 8 minutos da segunda etapa.

Vasco 9×0 Tuna Luso (1984)

qual é a maior goleada do brasileirao
Arturzinho foi o nome da segunda maior goleada do Brasileirão
  • Data: 19 de fevereiro de 1984
  • Estádio: São Januário
  • Gols: Arturzinho (4), Marcelo (3), Geovani e Aírton

Vasco 9×0 Tuna Luso é considerada a segunda maior goleada do Brasileirão. O Cruzmaltino não tomou conhecimento da equipe paraense e venceu a partida em São Januário com um show particular de Arturzinho, autor de quatro gols.

Curioso ressaltar que o grande líder do clube carioca naquela época, Roberto Dinamite, sequer pisou em campo. O centroavante ficou fora por problemas físicos, mas ainda foi o artilheiro da competição com 16 tentos acumulados.

Fluminense 8×0 Fonseca (1960)

goleadas brasileirão
Jair Marinho, lateral-direito do Flu em 1960
  • Data: 31 de agosto de 1960
  • Estádio: Laranjeiras
  • Gols: Jair Francisco (3), Maurinho (2), Waldo (2) e Paulinho

No terceiro lugar do pódio temos quatro goleadas por 8×0. Falaremos primeiro de Fluminense x Fonseca, partida disputada em 1960, pela Taça Brasil. Jair Francisco (não confundir com Jair Marinho) foi o grande destaque do duelo com um hat-trick.

Curiosidade: Fonseca Atlético Clube é um tradicional clube de Niterói, fundado em 1917. A temporada disputada na Taça Brasil de 1960 foi uma de suas três participações na elite nacional. O setor de futebol foi desativado em 1965 após problemas financeiros.

banner fifa

Confira mais textos sobre futebol:

Grêmio 8×0 Perdigão (1967)

melhores laterais esquerdos do brasil everaldo
Everaldo, lateral-esquerdo do Grêmio em 1967
  • Data: 19 de novembro de 1967
  • Estádio: Olímpico
  • Gols: Alcindo (3), Joãozinho (2), Sérgio Lopes, Babá

Continuamos a lista de maiores goleadas do Brasileirão com Grêmio 8×0 Perdigão, no Estádio Olímpico, em 1967. Antes que me pergunte: não, não é um time gerenciado pela empresa de frios que conhecemos (e consumimos) tanto!

A Sociedade Esportiva Perdigão, da cidade de Videira, venceu o Campeonato Catarinense em 1966 e ganhou a chance de disputar a Taça Brasil no ano seguinte. O clube somou apenas um pontinho e ainda tomou esse histórico atropelo do tricolor gaúcho.

Flamengo 8×0 Fortaleza (1981)

maiores goleadas do campeonato brasileiro
Nunes marcou cinco gols contra o Fortaleza
  • Data: 04 de fevereiro de 1981
  • Estádio: Maracanã
  • Gols: Nunes (5), Peu (2) e Vítor

Não poderia falta Flamengo, né? Nossa lista continua com a goleada aplicada pelo Rubro-Negro em cima do Fortaleza em 1981, no Maracanã.

O Urubu tinha um time imbatível naquela época. E olha que interessante: Zico e Júnior não estavam em campo. Os cariocas não precisaram da dupla para despachar o Leão na sexta rodada da Taça Ouro. Nunes foi o grande destaque do cotejo com cinco tentos.

Guarani 8×0 River (1982)

melhores atacantes do brasil careca
Careca, ídolo eterno do Guarani
  • Data: 4 de fevereiro de 1982
  • Estádio: Brinco de Ouro da Princesa
  • Gols: Careca (3), Éderson (2), Capitão, Banana e Jorge Mendonça

Hora de avançar a lista com Guarani 8×0 River (não o da Argentina, o do Piauí). A partida aconteceu em 1982 no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

Quem teve a oportunidade de assistir o Bugre entre a virada das décadas de 70 e 80 sabe como era. O time jogava bonito – e quem regia a orquestra era Careca. O centroavante da Seleção Brasileira deixou três contra o River.

Gostou do texto? Agora você conhece as maiores goleadas do Brasileirão, incluindo Taça Brasil e as temporadas de 1970 em diante. Deixe seu feedback nos comentários e parta para outros conteúdos interessantes aqui na Esportelândia!

*Última atualização feita em 8 de março de 2021

Salvar