Amplamente conhecido como um dos maiores cobradores de falta da história do futebol mundial, Juninho Pernambucano nasceu no dia 30 de janeiro de 1975, em Recife, Pernambuco. Referência técnica em todos os clubes que defendeu durante a carreira, o meio-campista também disputou a Copa do Mundo de 2006 pela Seleção Brasileira.

Revelado nas categorias de base do Sport, Juninho Pernambucano marcou o seu nome na história do Vasco da Gama, sendo um dos principais ídolos do Gigante da Colina. Conquistando inúmeros títulos marcantes pela equipe cruzmaltina, o meia foi o grande protagonista durante a campanha da Copa Libertadores da América de 1998, marcando um memorável gol de falta na semifinal da competição contra o River Plate.

Agora, aqui no Esportelândia, vamos relembrar bela trajetória de Juninho Pernambucano no futebol!

História de Juninho Pernambucano

Juninho Pernambucano iniciou sua trajetória no futebol profissional em 1993. O ex-meio-campista chegou as categorias de base do Sport aos 16 anos de idade. Chamando a atenção de alguns clubes brasileiros, o meio-campista foi contratado pelo Vasco da Gama em 1995. Brilhando pelo Gigante da Colina, o jogador ganhou notoriedade por sua habilidade em cobrar faltas e chutes de longa distância.

Após deixar o seu nome na história na história do Vasco conquistando inúmeros títulos importantes entre fim da década de 90 e o início dos anos 2000, Juninho Pernambucano optou por se aventurar no futebol europeu. Contratado pelo Lyon em 2001, o meio-campista se tornou um dos jogadores mais emblemáticos do clube francês.

Passando a maior parte de sua carreira no Lyon, Juninho desempenhou um papel fundamental para o sucesso da equipe francesa. Assim como no Vasco da Gama, o habilidoso meio-campista se tornou um dos maiores jogadores da história do clube, vencendo títulos importantíssimos.

Além do sucesso no futebol europeu, Juninho Pernambucano também teve passagens pelo Al-Gharafa, do Qtar, e pelo New York Red Bulls, na Major League Soccer (MLS), antes de encerrar sua carreira no Vasco da Gama em 2013.

Vale mencionar que ao longo da sua carreira, Juninho Pernambucano também representou a Seleção Brasileira em algumas ocasiões, participando da Copa do Mundo e a Copa das Confederações.

Idolatria de Juninho Pernambucano no Vasco da Gama

A idolatria de Juninho Pernambucano vai além das conquistas marcantes do meia pelo clube carioca. Conhecido pela sua dedicação, paixão e comprometimento pelo Gigante da Colina, o jogador é uma das grandes referências para os jovens atletas da categoria de base cruzmaltina.

Em 295 partidas pelo Vasco da Gama, o Reizinho da Colina marcou 55 gols. Conquistando dez títulos pela equipe, o ex-jogador é considerado um dos três maiores ídolos do clube, ao lado de Roberto Dinamite e Edmundo.

Juninho Pernambucano: história, títulos, gols marcados e curiosidades
Divulgação/Vasco da Gama

Curiosidades sobre Juninho Pernambucano

Após se aposentar como jogador profissional em 2013, Juninho Pernambucano continuou sua ligação com o futebol, trabalhando como diretor no Lyon. O Reizinho também chegou a atuar comentarista esportivo, compartilhando sua experiência e conhecimento sobre o esporte que mobiliza milhões de telespectadores.

Times de Juninho Pernambucano

  • Sport (1993 a 1995)
  • Vasco da Gama (1995 a 2001)
  • Lyon (2001 a 2009)
  • Al-Gharafa (2009 a 2011)
  • York Red Bulls (2013)
  • Vasco da Gama (2013)

Títulos de Juninho Pernambucano

Sport

  • Campeonato Pernambucano (1994)
  • Copa do Nordeste (1994)

Vasco da Gama

  • Campeonato Brasileiro (1997 e 2000)
  •  Campeonato Carioca (1998)
  • Taça Guanabara (1998 e 2000)
  • Taça Rio (1998 e 1999)
  • Copa Libertadores da América (1998)
  • Torneio Rio-São Paulo (1999)
  • Copa Mercosul (2000)
  • Troféu Bortolotti (1997)
  • Troféu Palma de Mallorca (1995)

Lyon

  • Campeonato Francês (2001–02, 2002–03, 2003–04, 2004–05, 2005–06, 2006–07 e 2007–08)
  • Supercopa da França (2002, 2003, 2004, 2005, 2006 e 2007)
  • Copa da França (2007–08)

Al-Gharafa

  • Qatari Stars Cup (2009)
  • Liga do Qatar (2009–10)
  • Qatar Crown Prince Cup (2010 e 2011)

Seleção Brasileira

  • Copa das Confederações (2005)

Pela Seleção Brasileira, Juninho Pernambucano vestiu a camisa amarelinha em 38 oportunidades na carreira. Ao todo, somando todos os jogos oficiais, o meio-campista balançou a rede em seis oportunidades diferentes.

Após lembrar a história do talentoso meio-campista, multicampeão pelo Vasco da Gama, aproveite para saber um pouco mais sobre a carreira vitoriosa de inúmeros craques do futebol brasileiro e internacional: