Reconhecido como um dos melhores defensores do mundo, Éder Militão é elogiado por suas habilidades de desarme, marcação e presença no jogo aéreo. Sua história como notável defensor brasileiro é digna de destaque.

História de Éder Militão

Divulgação/Read Football
Divulgação/Read Football

Éder Gabriel Militão, nascido em 18 de janeiro de 1998, é um jogador de futebol brasileiro que atualmente defende o Real Madrid na La Liga e representa a seleção nacional do Brasil.

Militão é conhecido por sua versatilidade, atuando principalmente como zagueiro central, mas também capaz de jogar como lateral direito ou volante defensivo.

Ele iniciou sua carreira no São Paulo, onde disputou 57 partidas ao longo de dois anos antes de se transferir para o Porto.

Atualmente, é uma peça importante tanto no Real Madrid quanto na Seleção Brasileira, sendo reconhecido como um dos melhores em sua posição em todo o mundo.

São Paulo

Divulgação/ESPN
Divulgação/ESPN

Éder Militão, nascido em Sertãozinho, São Paulo, começou sua jornada nas categorias de base do São Paulo FC em 2010. Sua estreia pela equipe principal ocorreu durante a Copa Paulista de 2016, em 2 de julho, em um jogo contra o Ituano, que resultou em derrota por 2 a 1.

Em 14 de maio de 2017, Militão fez sua estreia como jogador profissional em uma partida de abertura do Campeonato Brasileiro Série A de 2017, onde o São Paulo FC perdeu por 1 a 0 para o Cruzeiro, atuando como visitante. Durante essa temporada, ele acumulou 22 aparições, contribuindo para que o clube alcançasse a 13ª posição na tabela.

Sua despedida do São Paulo FC ocorreu em 5 de agosto de 2018, em uma partida na qual o Tricolor derrotou o Vasco por 2 a 1, assumindo a liderança no torneio nacional daquele ano.

Porto

Divulgação/Goal
Divulgação/Goal

Em 7 de agosto de 2018, Éder Militão firmou um contrato de cinco anos com o Porto, que, na época, ostentava o título de campeão português.

Ele fez sua estreia na Primeira Liga em 2 de setembro, iniciando na vitória por 3 a 0 sobre o Moreirense em casa e contribuindo com uma assistência para o primeiro gol do Porto, marcado pelo capitão Héctor Herrera.

Nos jogos subsequentes, Éder Militão rapidamente se estabeleceu como zagueiro titular, formando uma sólida dupla defensiva com seu colega de equipe Felipe.

Em 28 de novembro, Militão marcou seu primeiro gol pelo clube em uma vitória em casa por 3 a 1 contra o Schalke 04, durante a fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA 2018-19.

Em 3 de janeiro de 2019, Éder Militão marcou seu primeiro gol na liga, que se tornou o único da partida, garantindo a vitória sobre o Desportivo das Aves.

Real Madrid

Divulgação/The Real Champs
Divulgação/The Real Champs

Em 14 de março de 2019, o Real Madrid anunciou a contratação de Éder Militão em um contrato de seis anos com vigência a partir de 1º de julho de 2019, após desembolsar uma taxa de transferência de €50 milhões ao Porto.

Sua estreia aconteceu em 14 de setembro, quando substituiu Sergio Ramos nos últimos 30 minutos de uma vitória em casa por 3 a 2 sobre o Levante. Durante a temporada da liga, ele fez 15 aparições, contribuindo para a conquista da La Liga 2019-20 pelo Real Madrid.

Éder Militão registrou seu primeiro gol pelo Real Madrid em 20 de janeiro de 2021, ao cabecear um cruzamento de Marcelo na partida da Copa do Rei contra o Alcoyano, um time da terceira divisão, embora sua equipe tenha sido surpreendentemente derrotada por 2 a 1. Seu primeiro gol na liga aconteceu em 1º de maio, na vitória por 2 a 0 sobre o Osasuna.

Na temporada 2021-22, Éder Militão finalmente se tornou um titular regular após as saídas dos veteranos Sergio Ramos e Raphaël Varane da defesa do Real Madrid. Ele fez parceria com o reforço austríaco David Alaba, sob o comando de Carlo Ancelotti.

Militão marcou um gol na campanha vitoriosa da equipe na liga, garantindo um empate em casa por 2 a 2 com o Elche em 23 de janeiro.

Poucos dias antes, a equipe conquistou a Supercopa da Espanha com uma vitória na final por 2 a 0 sobre o Athletic Bilbao na Arábia Saudita, embora tenha sido expulso por cometer um pênalti com a mão.

Ele fez 12 aparições na campanha vitoriosa da Liga dos Campeões, incluindo a vitória por 1 a 0 na final sobre o Liverpool no Stade de France.

Carreira internacional

Divulgação/UOL
Divulgação/UOL

Em setembro de 2018, Tite, o treinador da seleção brasileira, convocou Éder Militão para os amistosos nos Estados Unidos contra os anfitriões e El Salvador, depois que Fagner se retirou devido a uma lesão. Sua estreia ocorreu em 11 de setembro contra El Salvador no FedExField, jogando a partida completa na vitória por 5 a 0.

Em maio de 2019, Éder Militão foi selecionado como parte dos 23 jogadores representando o Brasil na Copa América de 2019. Na final contra o Peru, realizada em 7 de julho no Estádio do Maracanã, ele fez uma aparição como substituto, entrando no lugar de Philippe Coutinho no segundo tempo, quando sua equipe venceu por 3 a 1.

Éder Militão foi convocado novamente para a Copa América de 2021, que foi disputada no Brasil. Ele iniciou em três partidas da fase de grupos, e no último jogo contra o Equador em Goiânia em 27 de junho, ele marcou seu primeiro gol internacional, abrindo o placar em um empate de 1 a 1.

Em 7 de novembro de 2022, Éder Militão foi convocado para a Copa do Mundo FIFA de 2022. Ele não atuou na estreia contra a Sérvia, mas jogou como lateral-direito no lugar do lesionado Danilo na vitória por 1 a 0 sobre a Suíça no segundo jogo do grupo, mantendo sua posição pelo resto da campanha até as quartas de final, quando Danilo se recuperou e assumiu a lateral esquerda.

Com a classificação já assegurada, ele começou como defensor central ao lado de Bremer em uma derrota por 1 a 0 para Camarões no último jogo da fase de grupos.

Lesão

Éder Militão - História, títulos e Seleção Brasileira
Divulgação/Real Madrid

Éder Militão enfrentou um desafio difícil em sua carreira quando, em 12 de agosto de 2023, durante um confronto contra o Athletic de Bilbao pela La Liga, ele sofreu uma lesão grave.

O zagueiro rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo, um golpe que o obrigou a sair de campo com menos de cinco minutos do segundo tempo, visivelmente emocionado. Ele teve que passar por uma cirurgia para tratar a lesão.

Éder Militão - História, títulos e Seleção Brasileira
@Twitter / MrAncelotti

Após um período de sete meses de reabilitação, Militão conseguiu retornar aos gramados em 31 de março, em um jogo contra o próprio Athletic Bilbao, realizado no Santiago Bernabéu.

Sua volta foi marcada por uma vitória por 2 a 0 para o Real Madrid, uma conquista significativa tanto para ele quanto para sua equipe.

Títulos

Reprodução
Reprodução

Real Madrid

  • La Liga: 2019-20 e 2021-22
  • Copa do Rei: 2022-23
  • Supercopa da Espanha: 2019-20 e 2021-22
  • Liga dos Campeões da UEFA: 2021-22
  • Supercopa da UEFA: 2022
  • Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2022

Seleção Brasileira

  • Copa América: 2019
  • Superclássico das Américas: 2018

Você ama outros esportes? Aqui no Esportelândia também falamos sobre:

*Última atualização em 06/04/2024.