Tudo sobre a Copa do Nordeste: desde quando é disputada, regulamento, todos os vencedores, goleadores, recordes e curiosidades

A Copa do Nordeste é a principal competição regional do futebol brasileiro e reúne todos os anos os principais clubes nordestinos na busca pelo tão sonhado título da Lampions League!

Em 2020, depois da paralisação causada pela pandemia de Covid-19, o Ceará se sagrou bicampeão ao vencer o Bahia. Você sabe qual é o time com mais títulos da Copa do Nordeste?

A resposta para essa pergunta e mais detalhes do Nordestão serão contados a seguir. Você conhecerá todos os campeões, os artilheiros e treinadores que levaram os títulos do torneio.

Continue com a gente e saiba tudo sobre a Copa do Nordeste!

História da Copa do Nordeste

Embora outros torneios entre clubes nordestinos tenham sido realizados nas décadas anteriores, a primeira Copa do Nordeste reconhecida pela CBF foi disputada em 1994.

Naquele ano, 16 clubes participaram do torneio regional. O primeiro campeão foi o Sport, que derrotou o CRB na disputa de pênaltis depois de um empate sem gols no tempo normal.

Apelidada de “Lampions League” em uma alusão à Champions League, a competição regional voltou a ser disputada em 1997, ano em que o Vitória foi campeão ao vencer o Ba-Vi na decisão.

A Copa do Nordeste seguiu sendo disputada anualmente até 2003. Já nas nove temporadas seguintes, o torneio voltou a não ser realizado por faltas de datas disponíveis no calendário.

O Nordestão ressurgiu em 2013 e, desde então, consolidou-se como a principal competição regional do futebol brasileiro.

Para participar do torneio, os times devem ficar entre os primeiros colocados dos seus respectivos campeonatos estaduais. Atualmente, as vagas da Copa do Nordeste são divididas da seguinte forma:

  • Pernambuco e Bahia – 3 vagas cada
  • Ceará, Alagoas, Sergipe, Paraíba, Rio Grande do Norte, Maranhão e Piauí – 2 vagas cada

Quem é o maior campeão da Copa do Nordeste?

Vitória é maior campeão da Copa do Nordeste
Tetracampeão, Vitória é o maior vencedor da Copa do Nordeste

O Vitória é o maior campeão da história da Copa do Nordeste. O time baiano conquistou quatro títulos, com as vitórias nas edições de 1997, 1999, 2003 e 2010.

Na sequência de maiores vencedores do Nordestão, vêm Sport e Bahia, ambos com três títulos. Já o Ceará conquistou, em 2019, o bicampeonato da Copa do Nordeste. Curiosamente, os dois títulos do Vozão foram alcançados de forma invicta.

Outros cinco clubes têm um título da Copa do Nordeste em suas histórias: América-RN, Campinense, Sampaio Corrêa, Santa Cruz e Fortaleza.

Maiores campeões da Copa do Nordeste

  • Vitória – 4 títulos (1997, 1999, 2003 e 2010)
  • Sport – 3 títulos (1994, 2000 e 2014)
  • Bahia – 3 títulos (2001, 2002 e 2017)
  • Ceará – 2 títulos (2015 e 2020)
  • América-RN – 1 título 1 (1998)
  • Campinense – 1 título (2013)
  • Santa Cruz – 1 título (2016)
  • Sampaio Corrêa – 1 título (2018)
  • Fortaleza – 1 título (2019)

Todos os campeões da Copa do Nordeste

  • 1994 – Sport (vice-campeão: CRB)
  • 1997 – Vitória (vice-campeão: Bahia)
  • 1998 – América-RN (vice-campeão: Vitória)
  • 1999 – Vitória (vice-campeão: Bahia)
  • 2000 – Sport (vice-campeão: Vitória)
  • 2001 – Bahia (vice-campeão: Sport)
  • 2002 – Bahia (vice-campeão: Vitória)
  • 2003 – Vitória (vice-campeão: Fluminense de Feira)
  • 2010 – Vitória (vice-campeão: ABC)
  • 2013 – Campinense (vice-campeão: ASA)
  • 2014 – Sport (vice-campeão: Ceará)
  • 2015 – Ceará (vice-campeão: Bahia)
  • 2016 – Santa Cruz (vice-campeão: Campinense)
  • 2017 – Bahia (vice-campeão: Sport)
  • 2018 – Sampaio Corrêa (vice-campeão: Bahia)
  • 2019 – Fortaleza (vice-campeão: Botafogo-PB)
  • 2020 – Ceará (vice-campeão: Bahia)

Estados com mais títulos da Copa do Nordeste

  • Bahia – 7 títulos
  • Pernambuco – 4 títulos
  • Ceará – 3 títulos
  • Paraíba – 1 título
  • Rio Grande do Norte – 1 título
  • Maranhão – 1 título

Vá além do Futebol! Confira também:

Maior artilheiro da Copa do Nordeste

Sérgio Alves maior artilheiro da Copa do Nordeste
Sérgio Alves foi artilheiro e campeão da Copa do Nordeste pelo Bahia (Imagem: Tribuna do Ceará)

O ex-atacante Sérgio Alves é o maior artilheiro de uma edição da Copa do Nordeste. Em 2002, jogando pelo Bahia, ele marcou 13 gols, ajudando o Tricolor a ser campeão nordestino.

Curiosamente, Sérgio Alves quebrou o recorde que havia sido estabelecido na edição anterior. Em 2001, Kuki marcou 12 gols no Nordestão com a camisa do Náutico.

Todos os artilheiros da Copa do Nordeste

  • 1994 – Fábio (Sport), 5 gols
  • 1997 – Nildo (Ceará), 6 gols
  • 1998 – Paulinho Kobayashi (América-RN), 9 gols
  • 1999 – Uéslei (Bahia), 10 gols
  • 2000 – Leonardo (ABC) e Pedro Costa (Sergipe), 6 gols
  • 2001 – Kuki (Náutico), 12 gols
  • 2002 – Sérgio Alves (Bahia), 13 gols
  • 2003 – Nadson (Vitória), 5 gols
  • 2010 – Cristiano Alagoano (Confiança), 10 gols
  • 2013 – Marcelo Nicácio (Vitória) e Rodrigo Silva (ABC), 5 gols
  • 2014 – Magno Alves (Ceará), 8 gols
  • 2015 – Max (América-RN), 6 gols
  • 2016 – Rodrigão (Campinense), 9 gols
  • 2017 – Régis (Bahia), 6 gols
  • 2018 – Yago (Vitória) e Arthur (Ceará), 5 gols
  • 2019 – Gilberto (Bahia) e Júnior Santos (Fortaleza), 8 gols
  • 2020 – Vinícius (Ceará), 5 gols

Técnico com mais títulos da Copa do Nordeste

Guto Ferreira técnico com mais títulos da Copa do Nordeste
Guto Ferreira, o Gordiola, foi campeão da Copa do Nordeste por Bahia e Ceará

Campeão da Copa do Nordeste de 2020 à frente do Ceará, Guto Ferreira se tornou o treinador com mais títulos da competição regional, ao lado de Arturzinho. Os dois técnicos foram campeões em duas edições.

Arturzinho foi bicampeão em 1997 e 1998, comandando Vitória e América-RN. Já Guto Ferreira, apelidado de “Gordiola”, foi campeão pelo Bahia em 2017, antes de chegar ao bi três anos depois com o Ceará.

Todos os outros treinadores que já venceram a “Lampions League” conquistaram apenas um título. Confira quem são eles!

Técnicos campeões da Copa do Nordeste

  • 1994 – Givanildo Oliveira (Sport)
  • 1997 – Arturzinho (Vitória)
  • 1998 – Arturzinho (América-RN)
  • 1999 – Ricardo Gomes (Vitória)
  • 2000 – Celso Roth (Sport)
  • 2001 – Evaristo de Macedo (Bahia)
  • 2002 – Bobô (Bahia)
  • 2003 – Joel Santana (Vitória)
  • 2010 – Ricardo Silva (Vitória)
  • 2013 – Oliveira Candindé (Campinense)
  • 2014 – Eduardo Baptista (Sport)
  • 2015 – Silas (Ceará)
  • 2016 – Milton Mendes (Santa Cruz)
  • 2017 – Guto Ferreira (Bahia)
  • 2018 – Roberto Fonseca (Sampaio Corrêa)
  • 2019 – Rogério Ceni (Fortaleza)
  • 2020 – Guto Ferreira (Ceará)

Regulamento da Copa do Nordeste

Troféu da Copa do Nordeste
Copa do Nordeste reúne equipes de nove estados

A Copa do Nordeste é dividido em quatro fases. O regulamento prevê uma fase de grupos, seguida por três etapas de confrontos em mata-mata.

Os 16 times da fase de grupos são divididos em dois grupos de oito. Nesta etapa, as equipes do Grupo A enfrentam as do Grupo B em turno único. Portanto, são oito rodadas de fase classificatória.

Os quatro melhores de cada grupo avançam para as quartas de final. Como as equipes que estavam na mesma chave não se enfrentaram na fase de grupos, o primeiro colocado do Grupo A enfrenta o quarto colocado da mesma chave, enquanto o segundo encara o terceiro. O mesmo acontece no Grupo B.

Os quatro classificados se enfrentam na semifinal, também em jogos mata-mata. Os dois vencedores disputam o título da Copa do Nordeste.

Tanto as quartas de final quanto as semifinais são disputadas em jogo único. Já a final acontece no formato de ida e volta.

Na decisão, a equipe com melhor pontuação até a final tem o direito de jogar o segundo duelo em casa. Em caso de igualdade na decisão, o campeão é definido em cobranças de pênaltis – sem prorrogação.

Premiação da Copa do Nordeste

A Copa do Nordeste de 2020 distribuiu R$ 3,8 milhões em prêmios para os seus participantes. Os valores são ofertados a partir da venda dos direitos de transmissão do torneio.

As cotas recebidas por cada clube não são divididas exatamente nos mesmos valores. Bahia, Ceará, Sport e Vitória recebem valor maior, enquanto Fortaleza, Náutico, Santa Cruz e CRB embolsam uma quantia um pouco menor.

As equipes que disputaram apenas a fase preliminar do Nordestão em 2020 receberam R$ 50 mil.

  • Campeão: R$ 1 milhão
  • Vice-campeão: R$ 500 mil
  • Classificados para a semifinal: R$ 375 mil
  • Classificados para as quartas de final: R$ 300 mil
  • Times do Pote 1 (Bahia, Ceará, Sport e Vitória): R$ 2,2 milhões pela disputa na fase de grupos.
  • Pote 2 (Fortaleza, Náutico, Santa Cruz e CRB): R$ 1,7 milhão.
  • Pote 3 (Botafogo-PB, ABC, CSA e América-RN): R$ 1,5 milhão
  • Pote 4 (River, Freipaulistano, Confiança e Imperatriz): R$ 775 mil.
  • Times que disputaram a fase preliminar (CRB-AL, Juazeirense-BA, Sampaio Corrêa-MA, Campinense-PB, Náutico-PE, Altos-PI, ABC-RN e Confiança-SE): R$ 50 mil

Onde assistir à Copa do Nordeste

Você pode assistir aos jogos da Copa do Nordeste nos canais Disney. Desde 2019, a Fox Sports é a responsável por transmitir os jogos do Nordestão. Os direitos de transmissão da emissora seguirão pelo menos até 2021.

A Fox Sports passou a transmitir a Copa do Nordeste depois que o Esporte Interativo encerrou suas atividades em TV fechada em 2018. Desde então, as transmissões de competições que seguem com o EI, como a Liga dos Campeões, acontecem pelo EI Plus ou por meio dos canais do grupo Turner, TNT e Space.

Uma vez que houve a Disney comprou a Fox Sports, é possível que os direitos da Copa do Nordeste em 2021 sejam compartilhados com a ESPN.

Depois do título do Ceará em 2020, teremos que aguardar mais um pouco para ver quem será coroado o novo campeão da Copa do Nordeste.

Agora que você já sabe tudo sobre o Nordestão, aproveite para ficar por dentro de mais assuntos do esporte mais popular do mundo:

*Última atualização em 5 de agosto de 2020

Comentários

Salvar
Compartilhar
Twittar
Compartilhar
WhatsApp
Pin