Para o torcedor do Flamengo, quando se pensa em meio-campo, carismático e cheio de histórias com a camisa do time carioca, muitos pensam em Arrascaeta, o uruguaio mais amado pela torcida rubro-negra.

Mas, além do Fla, o atleta também fez sucesso pelo Cruzeiro e ainda faz na seleção uruguaia, sendo muito convocado e um dos principais jogadores do país.

Maestro do meio-campo do Flamengo e da seleção uruguaia, Arrascaeta é tido pela torcida do Fla como um dos maiores jogadores da era recente do time, sendo bi campeão da Copa Libertadores da América, além de outros vários títulos.

Com isso, veja a trajetória do uruguaio mais querido pela nação rubro-negra.

História de Arrascaeta

O jogador fez sua base inteira no Defensor, time considerado médio para grande no Uruguai. Após se destacar pelo clube uruguaio, foi comprado pelo Cruzeiro, custando cerca de € 4 milhões de euros aos cofres do time.

Então, pelo time mineiro o jogador conquistou duas copas do Brasil, sendo um dos principais nomes do time durante um bom tempo, o que chamou a atenção do Flamengo em 2019, onde em uma das maiores contratações da história do time carioca, Arrascaeta chegou ao Fla custando € 15 milhões de euros.

Arrascaeta no Cruzeiro

O uruguaio chegou ao futebol brasileiro tido como uma das grandes apostas do Cruzeiro, time que vinha investindo pesado em ter um elenco competitivo para seguir lutando por títulos após conquistar um bi campeonato brasileiro.

Pela equipe mineira, o meio-campo mostrou seu excelente futebol, sendo um dos líderes em campo e principal atleta nos títulos da Copa do Brasil de 2017 e 2018, sendo em 2017 em cima do Flamengo, equipe na qual ele viria a fazer história no futuro.

Porém, com diversos problemas financeiros, o Cruzeiro não conseguiu segurar o jogador em seu time e se viu quase que obrigado a vendê-lo ao Flamengo em 2019.

Arrascaeta no Flamengo

 

Apresentação de Arrascaeta no Flamengo
Divulgação: Marcelo Cortes/Flamengo

Após uma longa negociação entre os times, Arrascaeta chegou ao Flamengo com status de grande estrela e também de uma das maiores contratações da história do Fla e do futebol brasileiro.

Custando cerca de € 15 milhões de euros aos cofres do time carioca, que vinha de um tempo de poucas contratações, mas estava pronto para gastar muito dinheiro para conquistar títulos.

Então, ao lado de Bruno Henrique, Everton Ribeiro e Gabriel Barbosa, em 2019 fez o que é chamado pelo torcedor do Flamengo até hoje de quarteto mágico.

Na temporada, o atleta foi o maestro do que é considerado por muitos como o melhor time do século 21 do futebol brasileiro e o segundo melhor Fla da história, ficando atrás somente da geração da década de 80.

Naquele ano, Arrascaeta e seus companheiros fizeram uma campanha quase que impecável no Campeonato Brasileiro, quebrando o recorde de pontos conquistados, sendo campeão com 90 pontos, tendo em 38 jogos, 28 vitórias, seis empates e apenas quatro derrotas.

Além disso, conquistou a Copa Libertadores da América, titulo inédito em sua carreira, tendo as duas conquistas sido no mesmo final de semana.

Individualmente, o uruguaio ainda fez um gol que concorreu o prêmio Puskas de gol mais bonito, marcado contra o Ceará, onde acertou um chute de bicicleta de fora da área no ângulo. Mas, mesmo chegando na grande final do prêmio, perdeu para o sul-coreano, Son, do Tottenham da Inglaterra.

Nos anos seguintes, Arrascaeta continuou sendo um dos principais jogadores do Flamengo, conquistando ainda mais títulos, como mais um Campeonato Brasileiro em 2020, Recopa Sul-americana em 2020, Supercopa do Brasil em 2020 e 21.

Ainda teve mais dois grandes títulos, sendo os dois últimos até o momento, o da Copa do Brasil 2022 e novamente da Copa Libertadores da América 2022.

Por fim, Arrascaeta segue sendo um dos principais jogadores do Flamengo, considerado por muitos como um dos maiores estrangeiros que já vestiu a camisa do time carioca.

Trajetória de Arrascaeta na seleção uruguaia

Arrascaeta no Uruguai
Icon Sports

o uruguaio defendeu boa parte da seleção de base do seu país, principalmente a sub-20, onde mesmo com idade a baixo conseguiu atuar em 20 partida, marcando quatro gols. Já na seleção principal, começou a ser chamado quando ainda estava no Defensor, em 2014, logo após a Copa do Mundo disputada no Brasil.

Então, esteve presente na Copa América de 2015 e seguiu sendo chamado por diversas vezes, jogando também a Copa América de 2019, além das eliminatórias da Copa de 2018, onde também jogou. Com isso, logo que chegou ao Flamengo, o jogador seguiu sendo convocado, sendo titular do Uruguai em boa parte das partidas.

Então, disputou a Copa América de 2021 e a última Copa do Mundo, a de 2022, onde foi muito pedido para ser titular, mas atuou somente contra Portugal e Gana, onde marcou dois gols do Uruguai na partida, que foi também a única vitória da sua seleção na competição.

Por fim, Arrascaeta tem 29 anos e ainda pode render muito, tanto para o Flamengo, quanto para o Uruguai, já que é um atleta de grande qualidade que encanta não só os flamenguistas e uruguaios, mas também os adeptos de outros times.

Times de Arrascaeta

  • Defensor (2012-2015)
  • Cruzeiro (2015-2019)
  • Flamengo (2019-atualmente)

Títulos de Arrascaeta

Defensor

  • Campeonato Uruguaio clausura 2012/13

Cruzeiro

  • Copa do Brasil 2017 e 2018
  • Campeonato Mineiro 2018

Flamengo

  • Copa Libertadores da América: 2019 e 2022
  • Recopa Sul-americana: 2020
  • Campeonato Brasileiro: 2019 e 2020
  • Copa do Brasil: 2022
  • Supercopa do Brasil: 2020 e 2021
  • Campeonato Carioca: 2019, 2020 e 2021

Vale destacar também alguns prêmios individuais do meio-campo, como o do gol mais bonito do Brasileirão 2019, melhor jogador da Copa do Brasil 2022, além também de estar no time dos melhores da Libertadores 2019 e da Copa do Brasil de 22.

Após conhecer a história de um dos maiores jogadores estrangeiros do futebol brasileiro, veja a seguir como foi a carreira de outros grandes atletas do futebol mundial.